Balançar o bebê para dormir faz mal? Experiência prática responde!

Por 2 Comentários


Uma das perguntas que recebi com maior frequência nesse anos de blog foi se balançar o bebê para dormir faz mal. Se você tem um recém-nascido em casa, talvez seja essa a única forma que tenha encontrado para fazer seu filho dormir, não é mesmo? Bebês com dificuldade para pegar no sono, que choram bastante e se irritam facilmente são os maiores candidatos a aprender a dormir com balanço. Mas conto por experiência própria: eu vivi isso com minha filha, e se pudesse voltar no tempo, faria tudo diferente.

Balançar o bebê para dormir

Imagem: 123RF

Afinal, balançar o bebê para dormir faz mal? Minha experiência sobre o assunto

Lembro-me direitinho de um dia, quando Catarina tinha por volta de 3 meses, e eu a levei ao aniversário da filha de uma amiga. Lá, conversando com uma mãe que acabara de conhecer, com uma filhinha de 4 anos e um bebê de 1 mês no colo, ela me disse que estava fazendo o possível para não balançar o bebê (segunda filha). “Minha primeira filha acostumou a dormir dessa forma e só começou a dormir a noite inteira com quase dois anos; e só com muito custo. Mas ela teve muita cólica, era difícil acalmá-la sem balançar…”, ela me disse. Eu, que balançava Catarina desde que ela nasceu (mesma história: muita cólica, chorava demais, e muitas vezes a forma mais fácil de acalmá-la era dar uma balançadinha), pensei que comigo seria diferente (“imagina, daqui a alguns meses a cólica passa e a Catarina vai dormir como um anjo!”).
Hahaha, até parece! Não, eu não a balançava todas as vezes para fazê-la dormir. Mas eu tinha que deixá-la MUITO cansada, para adormecer mamando, ou passeando no carrinho. De madrugada, ela pedia uma mamadeira (e nas piores noites, em que ficava muito excitada durante o dia, mais um pouquinho de balanço!).
E então eu me lembrava daquele dia, da dica que recebi daquela mãe. E percebi que eu pensava exatamente o que ela pensava: “mas ela teve muita cólica…” Pois é, a gente faz o que é possível, nem sempre o que considera ideal. Mas se eu tivesse um segundo filho, isso eu tentaria fazer diferente.
Não que eu acredite que balançar o bebê para dormir faz mal, pensando no sentido de saúde. Mas que o hábito pode criar uma associação errada de sono, isso acontece (veja mais aqui). Ou seja, o bebê passa a associar balanço a sono, e se falta esse elemento, não consegue adormecer.
Já li na internet algumas matérias que dizem que balançar o bebê para dormir faz mal porque o sono fica leve, sem aprofundar (o que justificaria o fato dele acordar e não dormir novamente). Depois de estudar extensivamente sobre o sono do bebê, vejo que essa afirmação está equivocada: o que acontece é que a criança acorda (depois de um tempo de sono profundo), mas não consegue emendar um novo ciclo, esticando a soneca, porque falta justamente o elemento de associação: o balanço.
Não acredito que TODOS os bebês que são balançados têm problema para dormir a noite inteira, especialmente se você faz isso de forma esporádica. Mas se começou a fazer parte da rotina de sono colocar seu filho para dormir balançando (você com ele no colo, numa cadeira de balanço, por exemplo), fica difícil fazer de outra forma depois, sem que ele reclame bastante (chore). E como eu tinha trauma de choro (porque Cacá chorou demais nos primeiros meses de vida), acabava não querendo passar por essas mudanças, que eram extremamente desgastantes para mim (por isso, já começaria da forma correta com um segundo filho).

Quando balançar o bebê para dormir faz mal realmente?

Infelizmente há relatos de bebês com a Síndrome do bebê sacudido, que pode levar inclusive à morte. Nesse caso não se trata de balançar o bebê como fazemos de forma habitual, e de literalmente sacudir a criança, na tentativa de acalmá-la. Esses movimentos feitos de forma brusca, e sem o apoio da cabeça, podem levar a hemorragias cerebrais, convulsões e sequelas permanentes (como atraso psicomotor e até lesões oftalmológicas). Em casos mais graves há o rompimento de vasos sanguíneos fundamentais para a irrigação cerebral, e o bebê infelizmente vai a óbito.
Portanto, vale lembrar que o balançar deve sempre ser suave.
Quer saber mais sobre outras técnicas para acalmar o bebê (sem balançar!)? Clique aqui!

 



Arquivado em: Cuidados diáriosDicas de mãeSono do bebê Tags:

Comentários (2)

Trackback URL

Sites que possuem links para este Post

  1. Como fazer seu bebê dormir : Mil dicas de mãe | 10 de dezembro de 2013
  1. Renata disse:

    Socorro …. Onde compro essa rede?????

Deixe seu comentário