Vai viajar no verão, quer ir para uma belíssima praia brasileira mas ainda não sabe qual? Se você está com essa dúvida, veio ao lugar certo!

Vamos te mostrar aqui uma lista com as eleitas melhores praias brasileiras para viajar nessa época do ano. Tem para todos os gostos e bolsos, vamos ver?

Separa a sua melhor roupa de banho, não se esquece do protetor solar e boa viagem!

 viajar no verão

Linda praia com areia branca, água azul claro e coqueiros. Crédito da foto: Freepik

Publicidade

Veja as melhores praias brasileiras para viajar no verão 2021/2022

1. Bombinhas, Santa Catarina

Nossa segunda sugestão para viajar no verão é Bombinhas, no litoral de Santa Catarina. Afinal, essa área conta com algumas das mais belas e diversas praias brasileiras e não é exagero dizer isso!

Por exemplo, as praias do Ribeiro, do Embrulho e da Sepultura são bastante indicadas para quem viaja com criança, pois são menos movimentadas, contam com mar calmo e presença de piscinas naturais para flutuação.

Já as praias de Bombinhas, do Mariscal e de Bombas são justamente o oposto. Ou seja, são mais agitadas, têm uma enorme quantidade de bares e barracas à beira-mar, contam com uma orla com grande infraestrutura turística que vai de lojas e cantinas até restaurantes e casas noturnas e, para completar, ainda figuram entre as queridinhas dos surfistas catarinenses.

Além disso, devido à proximidade com a Ilha do Arvoredo, Bombinhas conta com passeios frequentes de barco que levam os visitantes até a Baía das Tartarugas, a Baía dos Engenhos e a Ponta do Farol.

Esses três lugares são pontos de mergulho bem conhecidos no sul, onde você pode nadar com tartarugas, estrelas-do-mar, siris, moluscos, peixes, arraias, entre muitas outras espécies marinhas.

Algumas, inclusive, ameaçadas de extinção e mantidas sob cuidados da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. Consegue imaginar como é viver essa experiência única? É incrível!

Publicidade

Devido à proximidade de Bombinhas com Navegantes (cerca de 69 km) e Florianópolis (cerca de 77 km), o mais indicado é comprar as suas passagens para um desses dois destinos e de lá seguir de carro ou ônibus até a cidade.

2. Búzios, Rio de Janeiro

Ainda no estado do Rio de Janeiro há outro dos destinos para o verão que está em nossa lista: Búzios. Isso porque o local conta com praias para surfar (como a de Geribá e Tucuns), para curtir com os pequenos (como a Azeda, a Azedinha e a da Ferradura), para fazer mergulho com snorkel e praticar stand up paddle (como a da Ferradurinha, João Fernandes e João Fernandinho) e muito mais.

Além disso, por ser uma região com muitas ilhas, os passeios de barco, lancha e escuna são praticamente obrigatórios para quem quer conhecer máximo possível de ilhas, como a Feia, a do Caboclo, a Branca e a Ilha de Âncora.

Já à noite, não deixe de ir com os seus parentes à Rua das Pedras, pois é lá que se concentram os principais restaurantes, bistrôs, cafés e bares do município, o que faz a rua ficar constantemente movimentada, com pessoas de diferentes partes do mundo.

Como Búzios é uma região sem infraestrutura para aeroportos, é indicado que você desembarque na cidade maravilhosa (Rio de Janeiro) e siga caminho até o município de carro ou ônibus. O trajeto tem, ao todo, 170 km.

3. Trancoso, Bahia

Saindo do Sudeste e indo direto para o Nordeste, há o charmoso vilarejo de Trancoso, no sul da Bahia. O local ficou conhecido nacionalmente por ter se tornado um verdadeiro refúgio de quem deseja desacelerar da rotina corrida das cidades grandes.

Publicidade

Ou seja, esse é um daqueles destinos para o verão para quem quer reunir a família e ter momentos para conversar e desfrutar da companhia do outro e é fácil entender o porquê.

A praça central da vila, que é chamada de Quadrado, mostra bem como é o clima da área. São casinhas pequenas, coloridas e com um estilo arquitetônico que remete ao colonial, uma única igreja para os poucos moradores e ruas sem asfalto algum. Ao contrário, só há pedras e gramas.

Para completar, basta caminhar um pouco com os pés na areia para chegar ao litoral e desfrutar de praias mais isoladas, com grandes falésias e águas calmas durante a maior parte do ano. Alguns exemplos são as praias dos Nativos, do Rio Verde, dos Coqueiros, da Barra e a de Itapororoca.

Como chegar? A forma mais prática é você e sua família viajarem para Porto Seguro, que é a cidade com aeroporto mais próxima de Trancoso, e de lá terminarem o percurso de carro, traslado ou ônibus (aproximadamente 76 km).

 viajar no verão

Linda praia. Crédito da foto: Freepik

Veja as melhores praias brasileiras para viajar no verão

4. Maragogi, Alagoas

Uma segunda alternativa para quem quer viajar para o Nordeste é embarcar rumo à pacata Maragogi, no interior alagoano.

Afinal de contas, é difícil encontrar um local como esse município para relaxar o corpo e, em especial, a mente. Quem já o visitou sabe do que a gente está falando!

Não há engarrafamentos, grandes arranha-céus ou mesmo aquele vai e vem apressado de pessoas que querem chegar a algum lugar. Ao contrário, o tempo parece ter um ritmo mais lento, o clima é caloroso e convidativo e a orla paradisíaca.

Aliás, belas praias é algo que não falta na cidade, como a de Antunes, a do Xaréu, Barra Grande, Peroba e principalmente a praia do Mangues, conhecida pelas águas cristalinas e areia extremamente branca.

Já para quem adora fazer flutuação, há as piscinas naturais que se formam nos corais de Galés.

Nelas, inclusive, é muito comum ver pequenos peixes que nadam entre os humanos e rendem momentos inusitados e divertidos graças à essa aproximação do homem com a natureza.

Vale mencionar, ainda, que em uma colina a poucos quilômetros da orla de Maragogi se encontram as Ruínas do Mosteiro de São Bento, uma construção do período colonial que hoje é um atrativo local por conta da degradação natural que a destruiu quase por completo.

Atualmente, restam apenas alguns muros, passagens e escadas com um visual diferente de tudo o que você já viu.

Maragogi é um destino ímpar, pois você pode fazer um trecho aéreo para Maceió, em Alagoas, ou Recife, em Pernambuco, e a partir daí concluir o trajeto restante até a pequena cidade, seja de carro, seja de ônibus.

Para se ter ideia, as duas capitais têm quase a mesma distância para o município: 124 km e 130 km, respectivamente.

viajar no verão

Vista de cima da praia, no Ceará, Brasil. Crédito da foto: Freepik

5. Canoa Quebrada, Ceará

Já no Ceará, temos a bela e famosa praia de Canoa Quebrada, com as longas falésias de cor laranja-avermelhado e as diversas jangadas paradas em vários pontos da orla que contrastam com as barracas de praia e são responsáveis por dar um visual único ao lugar.

No município, são comuns os passeios de buggy que percorrem as dezenas de dunas locais, levando os visitantes para conhecer as pequenas lagoas que se formam na imensidão de areia branca (como oásis) e, em especial, os pontos de tirolesa, um programa que mistura adrenalina e emoção na medida certa!

Aliás, por falar em adrenalina, a região é um ótimo local para a prática de esportes de aventura, principalmente pelos fortes ventos que são constantes.

Por isso, é comum ver vários praticantes de parapente, windsurf e kitesurf em Canoa Quebrada. Quem sabe você não arruma coragem e também experimenta alguma dessas modalidades, hein?

Além disso, para quem quer explorar e ter a oportunidade de nadar em alto mar sem todo o aparato de barcos e lanchas, há diversos jangadeiros que alugam as próprias jangadas e levam os turistas para voltas ao redor do perímetro das praias.

Já ao entardecer, a duna do Pôr do Sol, que é a maior da área, se torna parada obrigatória para ver o astro-rei se pôr na linha do horizonte.

Diariamente, centenas de pessoas se reúnem a partir das 17 horas para assistir esse lindo espetáculo da natureza.

De noite, existem diversos bares, restaurantes, boates e casas de show ao vivo que atraem verdadeiras multidões, especialmente na alta estação. Ou seja, tem bastante movimento!

E se engana quem acha que forró é o único ritmo que embala os estabelecimentos locais, viu? Fora o tradicional pé de serra, há muitos espaços destinados ao reggae, à música eletrônica e à MPB. Ou seja, como diz o ditado, eles agradam a gregos e troianos!

A maneira mais simples é pegar um voo até a capital do estado, Fortaleza, e de lá fazer o restante do percurso até Canoa Quebrada de carro ou ônibus (cerca de 166 km de distância).

6. Porto de Galinhas, Pernambuco

Fora Trancoso, Maragogi e Canoa Quebrada, excelentes destinos para o verão, o Nordeste ainda conta um município que mistura a tradição de um artesanato autoral e criativo com a paixão dos nativos pelas belas praias: Porto de Galinhas.

Para se ter ideia, em diversos bairros é possível encontrar galinhas (que são o símbolo da região) em forma de desenhos, grafites, pinturas, esculturas e o que mais a sua imaginação permitir! Uma prova disso é que até os orelhões foram adaptados e receberam diversos formatos dessa ave. Acredita?

Porém, é no Calçadão da Vila, a principal rua da cidade, que elas conquistam de vez os turistas, visto que aparecem nos mais diferentes utensílios domésticos e objetos decorativos vendidos em lojas e ateliês. Acredite: é difícil resistir à tentação de não comprar algo! xD

Já em contraste com as cores chamativas desse pássaro tão querido pelos moradores locais, há o azul infinito do mar a se perder de vista, pois não faltam praias de água morna e areia branca para serem visitadas (como a de Muro Alto, dos Carneiros e do Cupe). Além disso, ao longo do litoral pernambucano é fácil encontrar piscinas naturais que se formam pela ação dos corais.

Vale mencionar também que os rios locais costumam reunir inúmeros turistas. O motivo disso é que se tornaram bastante populares os passeios de jangada por eles, em especial o de Maracaípe, visto que há uma grande diversidade de espécie de cavalos-marinhos.

Porto de Galinhas fica a uma distância de 59 km de Recife. Portanto, o sugerido é viajar para a capital pernambucana e de lá seguir até o município vizinho de carro, ônibus, táxi ou traslado.

viajar no verão

Linda praia com coqueiros, no por do sol. Crédito da foto: Freepik

7. Vai viajar no verão? Vá para Belém, Pará

Por fim, não podia faltar um destino no Norte do Brasil, não é verdade? Por isso, para fechar com chave de ouro, há a cidade de Belém, no Pará.

Aqui, além de se deliciar com a culinária local, que é um atrativo à parte graças aos pratos típicos da região, como o tacacá, a maniçoba e a caldeirada, você e os seus familiares vão curtir (e muito) os passeios de barco que circulam a capital paraense.

Afinal, o município é cercado pela Baía do Guajará e banhado por rios que levam os turistas até pequenas ilhas onde é possível fazer trilhas, ver de perto espécies nativas da Amazônia, admirar o pôr do sol e provar diversos pratos em restaurantes à beira-rio.

Como existem várias ilhas e é a indecisão sobre qual visitar é comum, reunimos as principais para você conhecer:

Ilha de Marajó

Conhecida pela diversidade da fauna (como jacarés, arraias, guarás etc.), a Ilha de Marajó é um grande reduto de búfalos no norte do país.

Além disso, atrai curiosos que querem ver de perto as ruínas de uma antiga igreja jesuíta na praia de Joanes. O motivo? Simples: o lugar mais parece um cenário medieval daqueles de cinema!

Ilha dos Papagaios

A Ilha dos Papagaios não recebeu esse nome à toa. O local concentra inúmeras espécies de papagaios, além de outras aves, que diariamente fazem revoadas sincronizadas ao amanhecer e ao entardecer.

Um espetáculo visual que dura poucos minutos, mas que mostra a beleza e a imponência da natureza.

Ilha do Combu

A Ilha do Combu, por sua vez, é o point preferido de quem quer tomar banho de rio, ver de perto como é o dia a dia dos ribeirinhos (e suas casas grafitadas pelo projeto Street River) e provar as delícias feitas por produtores artesanais.

Não é para menos que alguns estabelecimentos ganharam uma grande fama gastronômica, como é o caso da Saldosa Maloca, do Chalé da Ilha e do Filha do Combu.

Não há muito mistério para chegar! Por se tratar da capital, você pode ir de qualquer lugar do país até Belém de avião em algumas horas.

Escolha uma das praias para viajar no verão

Como você viu, não faltam opções de destinos para o verão. Por isso, além de analisar nossas sugestões, leve em conta o que a sua família deseja fazer, conhecer e experimentar nesse período.

Assim, vai ser mais fácil decidir qual o lugar perfeito para todos. A partir daí é só seguir com o planejamento de viagem e aguardar o momento de embarcar para as melhores férias da sua vida!

Jovem relaxando na praia, deitada na areia de frente para o mar, usando chapéu. Crédito da foto: Freepik

Viajar no verão – 10 itens indispensáveis para levar

Outra coisa importante é ver o que levar, por isso nossa dica é fazer uma listinha com tudo o que será necessário para viajar com tranquilidade. Veja só!

1. Biquíni, Maiô e Sunga

É um dos primeiros itens lembrados quando se vai viajar no verão ou quando o sol é garantido no destino. Existem modelos de biquínis, maiôs e sungas para todos os corpos e gostos.

Modelos com estampas coloridas, listradas, geométricas, poá (bolinhas), com temática de frutas ou natureza e até mesmo os mais tradicionais de uma cor só.

Algumas mães gostam de comprar o estilo “tal mãe, tal filha”, que são a mesma estampa de biquíni ou maiô para ambas e fazem muito sucesso.

2. Protetor Solar e Bronzeador

O protetor solar é o carro chefe quando o assunto é proteção da pele contra as queimaduras do sol. Para cada tom de pele existe um número de FPS indicado, para pele negra, por exemplo, o mínimo é FPS 30.

Para completar a proteção é importante utilizar o protetor labial e protetor solar para cabelos. São itens importantes na lista de viagem para praia.

3. Loção Pós Sol

Deve-se ter cuidado com a pele também após um dia na praia, piscina, ou seja, depois de um dia de sol, a pele, apesar do cuidado com o protetor solar, necessita de cuidados.

É preciso passar na pele uma loção pós sol que é indicado para acalmar a pele após horas de exposição ao sol.

Outra dica é a água termal que pode ser usada na pele e no cabelo. Ela possui propriedades minerais que hidratam, tonificam, refrescam a pele e tem o poder também de acalmar pele sensível e também ajuda a fixar a maquiagem, ao ser utilizado antes.

Viajar no verão – 4. Óculos de Sol

Se os óculos de sol possuem o formato aviador, redondo, retangular, quadrado ou gatinho não importa.

Independente do modelo, os óculos de sol devem ter proteção contra os raios UVA e UVB, por isso antes de comprar verifique se a lente dos óculos é protegida.

5. Chapéu e Boné

Além dos óculos de sol é importante usar chapéu ou boné para reforçar a proteção contra a queimadura solar.

Viajar no verão – 6. Bolsa de praia

A bolsa de praia é um item indispensável na praia, é uma forma de proteger os seus objetos pessoais contra água e areia.

Existem vários materiais de bolsa de praia, o mais indicado são as bolsas de plástico.

Para uma questão de facilidade e combinação com o biquíni ou maiô, o modelo transparente é mais em conta, pois combina com tudo. A bolsa de praia é um item coringa muito prático.

7. Canga, saída de praia e toalha

A canga dá um toque todo especial em combinação com o biquíni ou maiô, possui modelos coloridos, listrados, estampados e os mais tradicionais de uma cor só.

A canga também pode ser utilizada como saída de praia ou como proteção ao sentar ou deitar na areia.

Para quem gosta de andar na praia ou vai fazer algum passeio após um dia de praia, é interessante investir numa saída de praia.

A toalha não pode faltar na bolsa de praia, é essencial quando você passa água no corpo para retirar a areia e água salgada.

8. Roupas e calçados

A viagem à praia pede roupas leves e confortáveis para curtir os dias ensolarados com comodidade. E também tem a vantagem das peças do verão não pesarem na mala, por isso você pode abusar dos vestidos, saias, shorts, bermudas, camisetas e regatas.

Se for fazer alguma atividade física, inclua na mala a calça legging, blusa ou top, tênis e meias. Não esqueça o chinelo, a sandália rasteirinha e o casaquinho caso esfrie a noite.

Se quiser, você pode incluir na lista de viagem para praia acessórios como: cinto e bijuterias para complementar o seu look.

E por último, separe a roupa de dormir como camisola ou pijama, dê preferência para os modelos de tecidos leves.

Viajar no verão – 9. Cadeira de praia

Para aproveitar ainda mais o dia na praia, a cadeira de praia é muito prática. Sendo leve e portátil a comodidade é garantida.

É a oportunidade de descansar com mais conforto. Existem modelos de cadeira de praia reclinável, com suporte para o copo e até com guarda-sol junto.

As cadeiras de praia de alumínio são as melhores, pois não enferrujam. Antes de comprar é importante verificar o peso que a cadeira de praia suporta.

10. Cooler

O verão pede bebida gelada, ainda mais se estiver na praia. O cooler cumpre com eficiência a permanência da sua bebida gelada por mais tempo, enquanto você aproveita o dia de sol.

Agora que você já sabe para onde vai viajar no verão, veja também alguns destinos para viajar em família.

Esperamos que tenha gostado desse artigo! Até a próxima.