Seu sonho é viajar sozinha, mas você não se sente muito segura para isso? Calma, vamos te ajudar com dicas de destinos seguros para ir desacompanhada.

Sim, sabemos que viajar sozinha em si já é um enorme desafio, ainda mais sendo mulher, porque porque, infelizmente, temos casos recorrentes de assédios e até violência contra a mulheres em várias partes do mundo.

Pensando nisso, fizemos uma lista especial de 14 lugares seguros para viajar sozinha, sem medo e sendo livre pelo mundo!

Também daremos várias dicas ótimas e motivos do porque viajar sozinha pode sim ser uma experiência incrível!

Publicidade

Quer ver? Confira abaixo!

Vai viajar sozinha? Conheça os 10 melhores destinos para ir

 viajar sozinha

Mulher viajando sozinha, caminhando na natureza com mochila e chapéu. Crédito da foto: Freepik

Vai viajar sozinha? Confira esses destinos internacionais seguros!

1. Austrália

A Austrália é um país muito seguro, tem uma taxa de crimes quase nula. Melbourne já foi eleita diversas vezes como uma das melhores cidades para se viver.

Além disso, o povo australiano é muito receptivo com os turistas e imigrantes. E você não vai precisar se preocupar com o assédio nas ruas ou nas festas, pois os australianos são muito respeitosos com as mulheres.

É o destino ideal para curtir as praias, a natureza e a vida noturna agitada das cidades do país, e o melhor: sem o medo de estar insegura em um lugar desconhecido.

viajar sozinha

Vista de Sydney, na Austrália. Crédito da foto: Freepik

Publicidade

2. Nova Zelândia

Vizinha da Austrália, a Nova Zelândia não é muito diferente no quesito segurança. O país está em quarto lugar no índice global da paz.

Imagine visitar as paisagens mais lindas do mundo sem se preocupar e aproveitar as praias do país na maior tranquilidade? Nesse país é possível!

Uma opção é a cidade Collingwood, que é aquele típico cenário de sonhos: belas paisagens, um pôr do sol incrível e pessoas felizes.

Além de muita natureza para explorar e se envolver, você terá a chance de conhecer vários lugares que se tornaram icônicos graças a alguns filmes e seriados importantes.

Ainda por cima, é muito fácil e seguro se locomover pela Nova Zelândia, você pode visitar várias cidades no período em que estiver por lá.

Resumindo, a Nova Zelândia é considerada um dos melhores lugares para se viver com máxima qualidade de vida.

Publicidade

3. Dublin (Irlanda)

Se você quer fazer uma viagem fugindo um pouco das praias e do calor, a Irlanda é o país ideal para ir. Lá, não é nada estranho ver mulheres viajando sozinhas.

Além disso, os irlandeses são receptivos e amigáveis. Você vai poder ir sozinha nos vários pubs do país e voltar cheia de amigos!

Vai dar para curtir o friozinho e as paisagens irlandesas com muita tranquilidade e na maior segurança.

4. Costa Rica

Pensado em fazer uma viagem pela América Latina? A Costa Rica é o país da América Central que mais recebe mulheres viajando sozinhas por ser o país mais seguro da parte central do continente americano.

Não há ninguém que não fale do país com um sorriso no rosto. Isso porque o povo local é muito hospitaleiro e descontraído, cumprimentando a todos com sua saudação oficial: “Pura Vida!”.

Por conta da economia do país vir, principalmente, do turismo, os costarriquenhos se importam muito com o bem-estar de suas visitantes para que elas voltem sempre. O que não é difícil de acontecer, pois as belezas naturais da Costa Rica são simplesmente incríveis!

Visão do vulcão em Costa Rica. Crédito da foto: Freepik

5. Escandinávia

A Escandinávia abrange a Suécia, a Noruega e a Dinamarca. A Noruega e Dinamarca, por exemplo, já foram eleitas diversas vezes como os lugares mais felizes para se viver. São países extremamente desenvolvidos e seguros, com uma excelente qualidade de vida.

O povo pode não ser tão animado que nem nós, latinos, estamos acostumados, mas eles são muito solícitos, agradáveis e, principalmente, respeitosos com as mulheres. Além disso, eles sabem fazer uma boa festa!

Outra coisa que se destaca na região da Escandinávia são as paisagens e o colorido das cidades. Atrações perfeitas para as viajantes que procuram um lugar inspirador!

6. Vietnã

E, falando em lugares inspiradores, você sabia que o Vietnã é um dos destinos mais seguros do Sudeste Asiático para mulheres viajarem sozinhas?

É possível viajar para lá (e para qualquer outro país do sudeste da Ásia) saindo da Austrália ou da Nova Zelândia.

E dependendo de onde você estiver nesses países, pode sair mais barato viajar para a Ásia do que para outros estados dentro desses países.

Os vietnamitas são muito amigáveis e receptivos com os turistas. O país possui uma cultura muito bacana e interessante, além de possuir belezas naturais incríveis.

Resumindo, é um lugar realmente muito encantador para se conhecer, se divertir, comer bem e, principalmente, aprender sobre os costumes asiáticos.

7. Finlândia

Um dos países mais calmos e amigáveis do mundo, a Finlândia é o destino perfeito para as viajantes que curtem frio e neve.

O país, que no começo do século 20 era um dos países europeus mais insignificantes, virou uma extensão do estado de bem estar social da Escandinávia: próspero, incorruptível e moderno.

É o lugar ideal para conhecer suas belezas naturais e arquitetônicas, com casas elegantes com design funcional. Além disso, as cidades do país possuem diversas opções de passeios diurnos e agitação na vida noturna.

Indo para a Finlândia, você vai ter a oportunidade de assistir as luzes da Aurora Boreal e de se hospedar em iglus ou hotéis de gelo. Uma experiência única!

8. Canadá

Dos países do continente americano, o Canadá é o mais seguro, ocupando o oitavo lugar no Índice Mundial da Paz. Com isso, ele se torna um dos melhores destinos para as mulheres que gostam de viajar sozinhas.

O país possui uma grande variedade de passeios, que vão desde conhecer vilarejos no meio de belas e montanhosas paisagens naturais até as mais modernas e cosmopolitas cidades.

O povo canadense é considerado o povo mais receptivo do mundo, ou seja, mais um motivo que torna o destino seguro e ideal para mulheres.

Além disso, a cena cultural do país é enorme, abrigando grandes museus e festivais. Pensando em viajar para um país que tenha tudo? O Canadá é o lugar perfeito para você!

Paisagem do Canadá. Crédito da foto: Freepik

Os 14 melhores destinos para viajar sozinha

9. Bélgica

Se você gosta de história, vai se apaixonar pela Bélgica. O país entra para lista de países mais seguros e pacíficos da Europa, sendo um destino imperdível para as mulheres que desejam viajar sozinhas.

As cidades da Bélgica possuem construções, como castelos e praças, feitas na Idade Média e muito bem conservadas até hoje. É impossível não se encantar com toda a história que passou pelo país.

A Bélgica ainda possui uma das melhores gastronomias da Europa, com a melhor batata frita do mundo e chocolates e cervejas incríveis.

É uma viagem que possui o pacote completo: história, lindas paisagens e boa comida. Imperdível, não é mesmo?

10. Islândia

De todos os países da lista, a Islândia é o país mais seguro para se viajar sozinha. É o primeiro lugar no Índice Mundial da Paz e seu povo é muito receptivo e educado com os turistas.

Sendo a segunda maior ilha europeia, o país fica na parte mais polar da Europa, ou seja, gostar de frio é um dos pré-requisitos para visitar o país. Com fenômenos como o Sol da Meia-Noite no verão e a Aurora Boreal no inverno, a Islândia possui belíssimas atrações naturais como cachoeiras, vulcões, gêiseres e piscinas térmicas.

Sua capital, Reykjavik, é o destino mais descolado do momento, famoso por sua calmaria bucólica durante o dia e sua agitada vida social noturna. Imagina que lugar maravilhoso para se conhecer!

11. Tailândia

Se você é fã da cultura oriental, saiba que existem muitas opções seguras para mulheres viajantes solo, e uma delas é Chiang Mai, na Tailândia.

A cidade é um polo turístico e vem crescendo a cada ano graças ao baixo custo de vida e as facilidades promovidas para quem tem interesse em passar uma temporada por ali.

Por isso Chiang Mai é conhecida como o paraíso dos nômades digitais, além disso, suas centenas de cafeterias especializadas em receber clientes que passam o dia trabalhando ajudam a cidade a merecer ainda mais o título.

12. Kenya

Se você procura um sentido  na vida e se esse sentido está relacionado a ajudar pessoas, sem dúvida o Kenya será um destino perfeito.

Na Worldpackers você encontra várias ONGs onde pode voluntariar nas mais diversas áreas, seja ensinando seu idioma para crianças ou ajudando a construir livrarias para populações carentes.

Com certeza você será outra pessoa depois de experiências como esta, que é transformadora e muito gratificante!

Porém, a recomendação é não fazer trilhas, dirigir ou andar nas ruas sozinha!

Vista do Big Ben e Ponte de Westminster no por do sol, em Londres, Inglaterra. Crédito da foto: Freepik

Vai viajar sozinha? Conheça os melhores destinos!

13. Londres (Inglaterra)

O Reino Unido no geral é muito tranquilo para viajar sozinha, a maioria das pessoas é educada e prestativa e o transporte funciona muito bem.

Londres tem várias opções legais em atrações, regiões bem badaladas como Camden Town e diversos hostels onde você faz amizade para explorar a cidade, sem contar que tem vários brasileiros.

É um destino caro, porém tem várias coisas grátis para fazer na cidade (como os famosos museus), ou gastar logo seu dinheiro em compras em Londres!

14. Itália

A Itália sempre encanta, não importa a região que vá conhecer cada vez, é sempre uma surpresa!

Roma é uma cidade que todo mundo deve ir uma vez na vida e aproveita pra conhecer mais um país, o Vaticano!

Já Veneza encanta por seus barcos e possui um charme próprio indescritível, sem falar nas ilhas próximas como Burano, Torcello e Murano.

E como não se encantar com as belezas da Toscana como Florença ou Siena? Outras opções legais são Milão, Lago di Garda e Cinque Terre. Vale muito a pena!

Mulher viajando sozinha. Crédito da foto: Freepik

Vai viajar sozinha? Siga nossas dicas!

Sabemos que viajar sozinha pode proporcionar vivências incríveis e diferenciadas.

Desse modo, confira nossas dicas práticas e fundamentais para sua viagem ocorrer com segurança e garantir experiências maravilhosas!

1. Acerte na escolha do destino

Certamente você tem um objetivo em mente ao decidir viajar e para isso a escolha certa se dá a partir das opções que cada destino pode oferecer.

Se a viajante for uma adolescente e o intuito for lazer e estudo de idioma, alguns destinos são mais recomendados, como Estados Unidos, com os parques de diversões ou até mesmo high schools para estudo de idiomas.

Além disso, o Canadá também tem boas opções de escolas e por um preço até mais acessível.

Se o intuito for vida cultural bem agitada, alguns países da Europa são os mais recomendados. Londres, Berlim, Paris, Amsterdam, apesar de serem cidades grandes, a locomoção é muito simples e todas falam inglês. Mesmo Paris, que, embora mais resistente ao inglês, a comunicação é possível.

Para a escolha do destino, portanto, é primordial que a mulher trace seus objetivos e escolha o destino que mais oferecer vantagens.

2. Planeje alguns detalhes com antecedência

Depois de decidido o destino, alguns detalhes podem ser planejados. Como em qualquer viagem, se a intenção é economizar, quanto antes as passagens aéreas forem compradas maior a chance de conseguir tarifas baixas.

O mesmo vale para reservas de hotéis, caso você decida ficar em um. O ideal seria procurar, em média, com dois meses de antecedência.

Continuando, outra dica é procurar saber se a época desejada para a viagem é alta temporada para aquele destino. Caso seja, pode ser necessário que o planejamento comece ainda mais cedo.

3. Não esqueça seus documentos

Primeiramente, verifique com antecedência quais são os documentos necessários para o destino escolhido, tais como passaporte e visto.

É importante também sempre andar com seus documentos para evitar possíveis confusões por estar sem eles, principalmente em destinos internacionais.

Ah! Mantenha também ao menos uma cópia autenticada para possíveis casos de perda ou furto.

4. Faça sua estadia em um local seguro

Uma ótima maneira de saber se o hotel ou hostel em que você irá se hospedar é confiável, é lendo relatos de pessoas que se hospedaram nesses lugares.

Além disso, fique atenta principalmente aos relatos de mulheres, pois assim você terá uma noção de como será a sua experiência naquele local.

Procure sites na internet que mostram as avaliações e relatos de hóspedes.

5. Saiba o idioma local

Se o seu destino for fora do país, dominar pelo menos o básico do idioma local é de suma importância, visto que você estará sozinha e provavelmente precisará pedir informações aos moradores locais.

Ou seja, se o seu destino é a França, por exemplo, é bom saber que o país é um pouco resistente ao inglês, principalmente nas cidades menores e afastadas de Paris.

Saber um pouco do idioma e ter um dicionário com palavras úteis dentro da bolsa facilitará sua estadia.

Dicas para viajar sozinha – 6. Faça um amigo local

Mesmo os destinos mais conhecidos podem guardar opções de turismo que somente pessoas locais conhecem.

Para aproveitar sua viagem de uma maneira diferenciada, alguns sites como o Rent A Local Friend oferecem a possibilidade de se comunicar com pessoas locais do destino selecionado e combinar passeios.

É como ter um guia turístico que entende tudo sobre aquele lugar e também uma companhia para os momentos em que você se sentir só durante a viagem.

Além disso, outros sites como o Couch Surfing oferecem a possibilidade de se hospedar na casa de nativos.

Geralmente esses e outros sites similares possuem opções de avaliação para que você leia relatos de quem já usou esses serviços e se certifique de estar segura.

7. Para não se sentir sozinha, hospede-se em um hostel

Primordialmente, saiba que viajar sozinha não necessariamente é sinônimo de passar toda a viagem sozinha, ao contrário do que muitos pensam.

Na verdde, a experiência em hostels geralmente permitem que você conheça pessoas de diferentes locais e culturas.

Muitas vezes você pode encontrar pessoas que também estão viajando sozinhas, o que é uma ótima oportunidade para fazer amigos e obter companhias para passeios.

8. Tenha em mãos telefones úteis

Ter alguns telefones úteis como o da embaixada brasileira daquele local ou da polícia turística, em casos de viagens internacionais, podem te ajudar.

Desse modo, não hesite em contatá-los em caso de dificuldades. É útil também ter anotado o telefone de onde você está hospedada.

9. Saiba administrar seu dinheiro

Por fim, lembre-se que você está viajando sozinha, portanto planeje bem quanto vai precisar e mantenha um pouco de dinheiro em papel com você sempre. Nem todos os lugares aceitam cartões e encontrar um banco 24h pode ser uma tarefa árdua.

Em casos de viagens internacionais pode haver a necessidade de desbloquear seus cartões no banco para usá-lo na viagem.

Verifique qual é a moeda local do destino em questão e faça o câmbio. Existe também a opção de adquirir cartões pré-pagos para eventualidades.

Dicas para viajar sozinha – 10. Tente levar o mínimo de coisas possível

A tarefa de fazer a mala pode ser difícil e ter que deixar algumas coisas de lado pode parecer desesperador, mas é importante ser objetiva e levar apenas o que for útil.

Lembre-se que quanto mais coisas você levar, mais difícil será transportar sua mala. Principalmente em casos de viagens estilo mochilão, quanto mais leve a mala, mais prático o transporte.

Enfim, quanto menor a mala, mais fácil também é para guardá-la em hostels, visto que provavelmente os armários oferecidos variam de tamanho pequeno a médio.

 Por que ir viajar sozinha?

1. Não há a necessidade de programar seu calendário com o de outra pessoa

Em primeiro lugar, saiba que os seus dias livres para viajar podem não ser compatíveis com os dos amigos, familiares ou namorado.

Não deixe que isso seja um impedimento para que você desfrute os seus dias livres viajando e se divertindo no destino que escolher.

Ao viajar sozinha não é preciso esperar pela disponibilidade de ninguém além da sua.

2. Não é perigoso viajar sozinha

Muitas vezes a insegurança é um grande empecilho para que a mulher viaje sozinha. Tenha em mente que os riscos existem sim, mas que esses riscos são os mesmos você estando acompanhada ou não.

Além disso, é importante que você mantenha a calma e siga as dicas de segurança que são dadas para qualquer viajante, tais como andar sempre com seus documentos, ter telefones úteis anotados e se hospedar em locais de confiança.

Cuidados todos temos que ter independente do gênero. Alguns países de cultura árabe, por exemplo, exigem comportamentos locais que devem ser obedecidos quando se está lá.

Temos que respeitar a cultura de cada localidade, obedecendo as tradições de ambientes que ainda são mais reclusos para mulheres.

Contudo, isso não deve ser impedimento para se conhecer as belezas daquela região!

3. Você dita o ritmo da viagem

Ao viajar sozinha você é livre para planejar os passeios da forma que preferir.

Deste modo, diferente de viagens acompanhada, você dita o itinerário de acordo com o que for melhor para você e consequentemente aproveita melhor a viagem.

4. Você absorve mais a cultura local

Dando sequência, ao viajar sozinha alguns detalhes que passariam despercebidos se você estivesse acompanhada, tornam-se ricos, já que você presta mais atenção em tudo.

O processo de imersão na cultura local certamente é muito mais profundo quando você está sozinha.

5. Maior probabilidade de fazer amizades

Quando você viaja com um grupo de amigos, familiares ou em casal, geralmente a probabilidade de conhecer pessoas novas é menor.

Ao viajar sozinha, você tem chances maiores de conhecer pessoas locais ou pessoas que também estão viajando sozinhas.

6. É um tempo dedicado totalmente para você

Viajar sozinha é se reencontrar, é um tempo de aprendizado individual e pode servir para repor suas energias gastas na correria do dia-a-dia.

Aproveite esse tempo e dedique-se somente para as suas vontades. Um tempo sozinha e longe de tudo te dará forças para retornar à vida cotidiana exalando disposição e criatividade.

7. Experiências inusitadas

Primeiramente, e você estiver viajando acompanhada e, por exemplo, cogitar comer uma iguaria típica do local, sempre pode haver a chance de alguém te desestimular.

O mesmo vale para passeios inusitados e qualquer coisa que você deseje fazer. Porém, quando você está sozinha, quem dita o que você vai comer ou fazer é apenas você mesma.

8. Você se desprende sem preocupações

O anonimato certamente é uma vantagem ao viajar sozinha. Você pode ter uma noite divertida sem a preocupação de ser lembrada por ela nos dias seguintes.

Uma viagem individual proporciona também mais liberdade para se soltar e literalmente dançar como se ninguém estivesse olhando.

9. Viajar sozinha ajuda a mudar a realidade

Felizmente a tendência é que mais mulheres comecem a adquirir o hábito de viajarem sozinhas. Além das inúmeras vantagens, você ajuda a mudar a realidade de receios que muitas mulheres ainda vivem e assim as inspira a fazerem o mesmo.

A gente só muda uma realidade na prática, então, quanto mais mulheres viajando, mais o mundo se abrirá para que a gente desfrute desse prazer incomparável que é conhecer uma nova cultura!

10. Você pode!

Ainda que te digam que você não pode viajar sozinha porque é uma mulher e mulheres são indefesas, saiba que você pode sim. Aliás, você pode tudo o que quiser.

Mostre ao mundo que você não é menos capaz por conta do seu gênero. Independente do destino escolhido, no Brasil ou em outro país, viajar sozinha é sempre muito inspirador!

Gostou das nossas opções de lugares para viajar sozinha? É importante lembrar que fazer uma viagem sozinha pode ser complicado, mas é uma ótima experiência de autoconhecimento e, é claro, de conhecer o mundo.

Conheça também: 15 cidades brasileiras para passar o inverno

Esperamos que tenha gostado do nosso artigo e escolha um destino incrível para viajar sozinha! Continue acompanhando o Mil Dicas de Mãe para outros conteúdos de qualidade.

Até a próxima!