Quando eu estava grávida de minha filha Catarina, comecei a me informar sobre os detalhes dos cuidados diários com o bebê. Uma das orientações que mudou da época de nossas mães para os dias de hoje é o que consideramos a melhor posição para o bebê dormir. Há alguns anos, a maioria das mães colocava seu bebê para dormir de lado ou de bruços. Entretanto, hoje está mais do que provado que a melhor posição para o bebê dormir não é essa, e sim com a barriguinha para cima. Apenas com essa ação foi diminui o risco de seu filho ser acometido pela Síndrome da Morte Súbita, uma das principais causas de morte no primeiro ano de vida do bebê.

Imagem: Flickr - Creative Commons

Imagem: Flickr – Creative Commons

Mesmo que você fique com medo do bebê regurgitar leite enquanto dorme, acredite: colocar o bebê para dormir com a barriguinha para cima é a melhor opção. De bruços, só com o bebê acordado e um adulto supervisionando, por períodos curtos, para estimular a musculatura do bebê (eu acredito, pelo que vivi com minha filha, que deitado de bruços o bebê também libera bastante gases, o que diminui o risco de cólica no pequenino). Se seu bebê tem um refluxo intenso, peça a orientação do seu pediatra e pergunte sua opinião sobre os berços com estrado reclináveis (chamados de anti-refluxo). Eles podem ser bem interessante para seu filho. Alguns pediatras ainda recomendam colocar o bebê para dormir de lado, bem amparado por suportes (para que ele não vire de bruços, que é a posição de maior perigo para a Morte Súbita), se ele é do tipo que regurgita bastante.

Outro detalhe interessante sobre a forma de colocar o bebê para dormir é que apoiar seus pezinhos nos pés do berço ou moisés poderá deixar o bebê muito mais calmo. Catarina ficava desesperada sem apoio nos pezinhos. É fácil entender o porquê: dentro do útero era bem apertadinho, e os bebês sentem necessidade de contato para se sentirem seguros. Pelo mesmo motivo, enrolar o bebê é uma das formas mais eficazes de acalmá-lo.

Publicidade

Por fim vale a pena lembrar: os pediatras recomendam que você não coloque seu bebê para dormir na mesma cama, para evitar risco de sufocamento. Ao invés disso, coloque o berço portátil, carrinho ou moisés no seu quarto, se sua opção for por manter o bebê mais perto nos primeiros meses.