Dicas práticas para limpar os acessórios do bebê (cadeirão, cadeirinha, carrinho, brinquedos)

Por 0 Comentários


Nos últimos dias, recebi a mensagem de uma leitora com uma sugestão muito bacana: que eu fizesse um post sobre a limpeza dos principais acessórios do bebê (cadeirão, bebê conforto, carrinho, brinquedos…). E não é que eu achei uma excelente ideia? Lembrei-me da época em que Catarina era mais novinha, e de como eu tinha dúvidas sobre a melhor forma de fazer essa higienização, e imaginei que muitas mães que acompanham o blog também gostariam de saber mais sobre o assunto.

Uma vez que os filhotes levam as mãos constantemente à boca, depois de mexerem em tudo, ficamos preocupadas em oferecer a eles um ambiente limpinho, não é verdade? A seguir você confere algumas sugestões de como higienizar os itens do filhote de forma segura, usando produtos que limpam, sem fazer mal ao bebê:

 

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Cadeirão

Talvez esse seja o acessório do bebê que mais cause dúvidas quanto à sua limpeza, afinal, é o local onde o bebê come (e um dos locais que ele mais suja!). Mas não tem muito segredo: como a bandeja é feita de plástico, basta limpá-la usando uma esponja com água e sabão neutro (o mesmo vale para as cadeiras que são revestidas de plástico). Antes, para facilitar, retire os restos de alimentos que possam ter ficado ali, com um pano seco (que não solte fiapos, tipo flanela) ou papel toalha (em um movimento de cima para baixo, para remover totalmente).

Se a sujeira não sair por meio desses procedimentos, esfregue no local um pano com álcool 70% (e use sem preocupação, pois o álcool evapora rapidamente; mais uma vantagem do produto é que ele tira cheiros específicos, como de vômito). Ainda vale lembrar que, como o cadeirão é o local onde o bebê come, o acessório deve ser limpo diariamente (até porque restos de comida colaboram para a proliferação de fungos e atração de insetos, como formigas).

 

Carrinho do bebê

Muita gente esquece, mas uma das partes mais importantes de se limpar em um carrinho são as rodinhas (uma vez que é por meio delas que a sujeira da rua entra em casa). Para higienizá-las, use um pano de chão com álcool 70%. Com o mesmo líquido, mas com um novo pano, aproveite para limpar as demais partes de metal do carrinho, como o puxador. Já o restante deve ser limpo com um paninho com água e sabão. Hoje em dia, muitos carrinhos disponíveis no mercado possuem peças removíveis, o que facilita a limpeza. Para secar, seja o carrinho inteiro ou as peças separadamente, prefira a sombra. Se não houver sujeiras evidentes (como possíveis pedaços de comida ou o leitinho que o bebê regurgitou), o carrinho pode ser limpo uma vez por semana.

 

Cadeirinha do carro

Assim como os assentos do veículo, a cadeirinha pode ser limpa com aspirador de pó. Após esse procedimento, no entanto, é importante limpar o tecido com água e sabão neutro, para garantir uma limpeza mais eficaz (e não só a remoção de poeiras e resíduos). Algumas cadeirinhas possuem o tecido removível ou, ainda, é possível adquirir uma capa para revesti-la (nesse caso, é só retirá-la para lavar com água e sabão, e deixar secar à sombra). Não se esqueça ainda da base de plástico e das fivelas, que também devem ser limpas com um pano úmido (ou esponja), usando detergente neutro e água. O acessório deve ser limpo a cada duas semanas.

 

Bebê-conforto

Mais uma vez, opte pela limpeza do tecido com sabão neutro e água, e as demais partes do bebê conforto com álcool 70%. Esse acessório deve ser limpo uma vez por semana.

 

Brinquedos

A limpeza adequada de cada brinquedo depende do material de que a peça é feita. No caso da maioria das pelúcias e brinquedos feitos em tecido, eles podem ser colocados na máquina de lavar (para verificar essa informação, consulte a etiqueta dos produtos). Aqui em casa acabo usando muito a máquina para essa higienização, uma vez que ela tem um ciclo de esterilização, que eleva a temperatura a seco para matar os micro-organismos (adoro! Super prático!). Já os de madeira e eletrônicos devem ser limpos com pano seco, e os de plástico e borracha com álcool ou pano umedecido. A frequência de higienização também varia de acordo com as peças: mordedores (e outros itens que o pequeno leve à boca) devem ser limpos diariamente, os de tecido semanalmente, e aqueles com os quais o bebê não tem muito contato quinzenalmente (pois acumulam poeira e resíduos).

Mais um cuidado importante é se certificar de que os acessórios estejam completamente secos antes do bebê utilizá-los. Se não der tempo de esperar uma secagem natural, à sombra, você pode agilizar o processo com um pano seco (que não solte fiapos).




Arquivado em: Cuidados diários Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail