Conheça um novo monitor… de bebês!

Por 6 Comentários


Acompanhando as novidades sobre bebês que estão sendo lançadas no exterior, eu me deparei com uma que promete ser a sensação entre as compras feitas pelas mães de recém-nascidos: um novo monitor de bebês. O Sproutling é um pequeno dispositivo fixo em uma faixa, que fica presa ao tornozelo do pequeno e que envia diversas informações para o smartphone da mãe.

sproutling

O monitor avalia frequência cardíaca, temperatura da pele e informa a posição e a movimentação do bebê. Dessa forma, consegue avisar a mãe sobre o momento em que ele acordou, se está em situação de estresse (quando o ritmo do coração e a temperatura corporal se modificam) ou mesmo se está com frio ou calor. Ah, e funciona também para gêmeos, trigêmeos e até quadrigêmeos!

Como os dados são enviados para o celular da mãe, ela pode monitorar o que está acontecendo à distância – até mesmo em seu trabalho (eu adoraria ter isso!). Mas, na minha opinião, a informação mais bacana que ele dá é uma previsão de quanto tempo falta para que o bebê acorde (assim é possível se programar para terminar uma outra atividade enquanto o pequeno dorme profundamente).

Não há previsão de chegada do monitor no Brasil, mas ele pode ser comprado pelas mães que vão aos EUA para fazer o enxoval do bebê. O pedido é feito diretamente no site do fabricante.

Achei muito interessante!




Arquivado em: Cuidados diários Tags:

Comentários (6)

Trackback URL

  1. Lulu disse:

    Meu Deus… será mesmo que isso é necessário?

  2. Heli disse:

    não echo que seja necessario, porem é uma otima ferramenta pra otimizar o tempo da mamae 🙂

  3. Anna Carolina Bruschetta disse:

    Olá. Olha… A ideia de termos controle sobre tudo e, ainda mais, poder fazer isto por mais um dos milhares de aplicativos de celular que preenchem nossos celulares (e nossas vidas) parece ser realmente tentador. Mas, eu não usaria. Não só pela questão de ter que manter o bebê o tempo todo com uma tornozeleira (que, deve ser extremamente desconfortável) mas principalmente porque eu acredito que a maternidade é o momento mais mágico e maravilhoso para resgatarmos a verdadeira essência feminina. É, através da maternidade que damos vazão a nossa intuição, ao resgate das conexões de alma. E, sim, tudo isto que este aplicativo faz, nós fazemos intuitivamente quando nos conectamos emocionalmente com nossos bebês. Com o tempo, aprendemos a decifrar cada choro, sabemos se a febre vai subir ou não, se a inquietação representa algo mais grave ou não e, sim! Também sabemos quando nosso bebê vai acordar. Esse aprendizado não nasce junto com o bebê mas cresce junto com a maternidade. Demanda contato, demanda entrega, demanda conexão e demanda amor, muito amor. Vamos sair um pouco do celular e brincar e amar e ficar mais com nossos filhos?

  4. Erika Sadats disse:

    Alguém já perdeu um filho pela Síndrome da Morte Súbita ou Sids em inglês??? ou sempre coloca o bebê para arrotar após mamar??? (mamães sabem o que eu digo, pois dar de mamar dá um sonoooo), acho que quando aparece uma tecnologia que pode ajudar em termos de segurança tudo é válido. Ou será Melhor que dar um tablet para seu filho ficar quieto na mesa do que educá-lo firmemente?

  5. Fabio disse:

    Alguem conseguiu comprar? Meu filho está tendo Crise Convulsiva Febril, preciso monitorar a temperatura dele ou então fazer tratamento com medicamento controlado. Não gostaria de dar a medicação, pois possui apenas 1 ano e 8 meses… Prefiro gastar muito caro para ter o controle da temperatura do que entrar com medicamentos controlados. Obrigado!

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail