Quem tem ou já teve um cãozinho de estimação, sabe bem que o título de melhor amigo do homem dado ao animal não é à toa! E quando o pet convive com uma criança então? É até de se emocionar com a amizade, cumplicidade e companheirismo estabelecidos entre os pequenos e esses bichinhos tão especiais! E foi vendo tudo isso em casa que a fotógrafa Robin Pederson Brazill decidiu registrar os momentos únicos entre a filha Raven e Jack, o cachorrinho da família.

Em depoimento redigido no site Bored Panda, Robin revelou que desde que chegou em casa da maternidade com Raven, Jack não desgruda da pequena. E que, assim como durante toda a gravidez o animalzinho a seguia por toda casa, assim ele se mantém ao lado da filha.

A companhia vale para as sonecas, as brincadeiras e até mesmo para as refeições. Enfim, não importa o que Raven está fazendo, Jack sempre está por perto. E Robin, com seu olhar atento de fotógrafa (inclusive de famílias e pets), viu o quanto essa linda relação poderia se transformar em um ensaio incrível. E o resultado mostrou que ela não estava errada, veja só:

Foto: Robin Brazill

Publicidade

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

Publicidade

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

Foto: Robin Brazill

O fofo ensaio chama a atenção para mais um tema muito importante: a adoção de animais abandonados. Robin e sua família costumavam passear com os cães de um abrigo, e um dia foi Jack o escolhido para o passeio. A fotógrafa conta que o animalzinho “fingiu uma perna quebrada para que nós o pegássemos e o carregássemos como um bebê para sua caminhada”. Depois do passeio, lá foi ele trancado novamente em sua gaiola – e então o coração de Robin sinalizou que havia algo de especial em Jack.

“Enquanto eu estava na recepção com dois dos meus meninos para perguntar sobre Jack, dois trabalhadores do abrigo vieram correndo. Jack aparentemente havia batido no portão com seu corpo minúsculo e conseguido escapar em uma tentativa desesperada de nos encontrar”, escreveu Robin. Conclusão: encontraram o bichinho em disparada, correndo em direção a eles, e daí não teve jeito: o cachorro foi adotado.

E não é que de uma adoção pode surgir uma grande amizade? Hoje Jack é o mascote da família de Robin e o fiel escudeiro de sua filha Raven, como as fotos revelam. Portanto, se estiver pensando em trazer um companheiro de quatro patas para casa, não deixe de conhecer os bichinhos disponíveis para adoção – pode ser no canil da sua cidade ou mesmo por aplicativos e sites de ONGs. Quem sabe o novo membro da família está só aguardando você encontrá-lo?

Publicidade