Invista menos no enxoval e mais nos cuidados com suas emoções

Por 0 Comentários


Leia com carinho: invista menos no enxoval e mais nos cuidados com suas emoções. Se houvesse um só conselho realmente bom para dar a uma grávida de primeira viagem, provavelmente, seria esse.

Acredite: quando você estiver em casa com aquele recém-nascido frágil em seus braços, chorando sem parar por uma hora inteirinha, a manta sofisticada que custou o olho da cara não fará a menor diferença. Já os encontros em rodas de gestantes, nos quais ouviu, falou, trocou ideias e esteve com pessoas que já viveram o tsunami emocional do primeiro filho, serão preciosos.

invista menos no enxoval

Imagem: 123RF

Tenha certeza: na madrugada, com o peito doendo e o bebê mamando de hora em hora, o pijama chique e as lingeries especiais para amamentação serão simplesmente arrancados, porque você não quer ficar ajeitando roupa e sim tentar ajeitar a pega para o bebê mamar melhor. Portanto, poupe esse dinheiro e, se for preciso, contrate os serviços de uma consultora em amamentação, que poderá te acolher e até aplicar laser nas fissuras do seu seio para aliviar a dor.

Pode apostar: nenhum carrinho high tech, cheio de funcionalidades e design moderno, vai sequer competir com o meio de transporte mais amado e desejado por qualquer bebê da face da Terra… Os braços de sua mãe! Esse local seguro, quentinho, com o cheirinho do amor e o conforto que só a pele materna pode dar, é simplesmente viciante e necessário para um recém-nascido. Por isso, compre sem medo o carrinho de segunda mão e use um tiquinho do dinheiro economizado para garantir leituras transformadoras, como as dos livros do pediatra espanhol Carlos González, por exemplo.

Lembre-se: tudo o que seu bebê realmente precisa não é possível comprar. Nossos filhotinhos, no início de suas vidas, só precisam de suas mães – entregues, presentes, em paz. Para dar colo, para dar peito (ou mamadeira, se for o caso), para conversar com eles, para ouvir música juntos, para dar uma volta no parque e tomar um solzinho de manhã. E, para que isso aconteça, é preciso de tempo e suporte.

Poder dar uma pausa no trabalho que recheia a conta para poder trabalhar nos cuidados intensivos que um bebê exige é um ideal que merece ser batalhado e defendido a todo custo. Mostrar ao parceiro a importância disso e garantir a sua cumplicidade nessa fase tão delicada vale muito, muito mais do que qualquer decoração espetacular que ele concorde em investir. Então, não tenha dúvida: troque o berço mega incrível por umas sessões de cinema na sala, grudadinhos, assistindo a toda a série O Começo da Vida, que vocês serão bem mais felizes! Gastar pouco em enxoval e se dedicar aos preparativos emocionais para o maior acontecimento da sua vida, definitivamente, é focar naquilo que realmente importa.


 



Arquivado em: Criação de filhosGravidezPapo de mãe Tags:

Deixe seu comentário