Sinais de fome no bebê: saiba quais são para evitar o choro!

Por 0 Comentários


O choro é o principal meio de expressão dos bebês. Quando ainda não sabem falar ou balbuciar palavras, é por meio dele que os pequenos demonstram fome, fralda cheia, cólicas ou outros fatores que podem irritá-los. Mas vale saber que o choro não é a única forma que o filhote usa para demonstrar esses desconfortos. E quando o assunto é necessidade de alimento, é muito importante saber reconhecer outros sinais de fome no bebê, que o corpinho dele emite para dar o aviso de que deseja mamar novamente.

Vale conhecer esses outros sinais de fome no bebê porque, quanto menos você esperar que ele chore para dar o peito, maiores são as chances de sucesso na amamentação. Afinal, com o pequeno mais tranquilo, a tendência é que ele vá com “menos sede ao pote” (no caso, no peito), evitando incômodos durante a pega.

sinais de fome no bebê

Imagem: 123RF

E quais são esses outros sinais de fome no bebê?

Quando estão com fome, os bebês costumam emitir sinais com a boca mesmo, como começar a procurar algo para sugar (ou até começar a chupar alguma coisa). Também colocam muito a mão na boca ou a língua para fora, abrem e fecham a boca… Também desconfie se a criança levanta e gira a cabeça repetidamente, é outro sinal de busca pelo peito.

Se já passou meia hora da mamada e o filhote manifestar algum desses indícios, ofereça o peito. Vale saber que o estômago do bebê é pequeno, de modo que a criança não consegue armazenar uma grande quantidade de leite de uma só vez. Assim, de tempos em tempos, ela vai pedir para mamar, pois a fome irá aparecer.

Com o tempo, você vai entender a frequência com que o seu filho prefere ser amamentado. Isso varia de acordo com cada criança. Também deixe que o pequeno determine a duração das mamadas – e quando ele sentir fome novamente, acredite: ele irá “te avisar” de alguma maneira!


 



Arquivado em: Amamentação Tags:

Deixe seu comentário