Coqueluche: 90% dos casos de óbito ocorrem em bebês de até 6 meses

Por 1 Comentário


Você sabe o que é a coqueluche? A coqueluche é uma doença infecciosa, altamente contagiosa, causada pela bactéria Bordetella pertussis, que compromete o aparelho respiratório humano. No período de 2016 a 2017, cerca de 59% dos casos confirmados da doença ocorreram em bebês menores de 1 ano de idade. Desses, aproximadamente, 79% eram menores de 6 meses, grupo mais suscetível à doença, uma vez que ainda não completaram o esquema vacinal primário contra a coqueluche. Infelizmente, 90% dos casos que vão a óbito correspondem justamente aos que ainda não completaram o primeiro semestre de vida.

Imagem: 123RF

Os familiares são a principal fonte de infecção em crianças menores de 6 meses, sendo a mãe a principal transmissora, responsável pela transmissão de 39% dos casos. Uma das formas de proteção contra a coqueluche é vacinação durante a gestação, pois, além de proteger a mãe, também pode ajudar a proteger o bebê através da transferência de anticorpos que acontece durante a gravidez. As gestantes também podem se proteger de doenças como diftería, tétano e gripe por meio da vacinação. Em 2018, a cobertura vacinal da dTpa (difteria, tétano e coqueluche acelular) em gestantes chegou a cerca de 62%.

Lembrando que, além da vacinação, manter bons hábitos de higiene também é fundamental para a prevenção da coqueluche.

Então, agora que sabemos disso tudo, vamos nos prevenir. A prevenção é, acima de tudo, um ato de carinho. Me contem aqui se vocês se vacinaram na gravidez e se a família também se imunizou! #VacinaCoqueluche

Consulte o seu médico para maiores informações.


 



Arquivado em: PublieditorialSaúde Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Cristiano disse:

    ótomo trabalho eu vejo que vocês fazem aqui.
    conselhos práticos para os primeiros alimentos sólidos. Mamãe parece que foi ontem que o seu bebe estava na sua barriga. Olha só como ele está grande agora!

Deixe seu comentário