Estudo recente reforça a importância da rotina para o sono do bebê

Por 0 Comentários


Por Michele Melão

Parece que o ano vai finalmente está começando. Passaram as festas, as férias e o carnaval e está na hora de retomar a rotina!

Conversando com uma cliente semana passada, ela me contava sobre como o sono do seu filho tinha melhorado apenas com o estabelecimento de uma rotina regular. Ainda não tínhamos iniciado nenhum processo de aprendizagem, apenas pensamos na rotina.

Era uma criança saudável, com alimentação por livre demanda, além de toda a alimentação sólida já introduzida. Come bem, seu peso é adequado e, segundo o pediatra, não precisava mais de alimento durante a madrugada.

Rotina do bebê
Imagem: 123RF

Então ela me disse que já tinha lido em blogs, sites e revistas sobre o quanto a rotina era importante, mas não achava que era isso que fazia diferença no sono do seu filho. Um erro mais comum do que imaginamos.

Uma recente pesquisa da UNESP, com crianças pré-escolares, mostrou que o ambiente (rotina e organização ambiental) tem grande influência no sono da criança. Eles usaram o instrumento chamado “Escala de Confusão, Tumulto e Ordem” e a conclusão é que quanto mais a atmosfera é tumultuada, mais dificuldade as crianças têm em relação ao tempo de sono, hora de dormir e dificuldades em manter o sono de madrugada.

Na Revista Sono, da Associação Brasileira de Sono, saiu também um artigo muito interessante falando deste estudo e sobre a importância da rotina. Segundo especialistas, a criança começa a ajustar seu ritmo de sono e vigília a partir do seu primeiro dia de vida, e depois de 9 meses, inicia-se a sincronização de claro e escuro.

Por estes motivos, para que seu filho durma bem à noite e consiga fazer as sonecas em um horário adequado, sem protestos e sem confusão, a primeira coisa que ele precisa fazer é ter rotina.

Existem dois caminhos para manter a rotina:

Rotina guiada pelo relógio. Nesse caso, você deve ficar atenta ao horário que a criança começa o dia. Então, se normalmente seu dia começa 6:30h, este será seu ponto de partida. Se a criança estiver dormindo às 7h, ela deve ser despertada, para que o resto da rotina também siga os horários corretos.

Rotina guiada pela hora em que a criança acorda. Neste caso os pais deixam a criança dormir até a hora que ela quiser, e a partir daí, seguem uma regularidade nos horários de mamar, ter a alimentação sólida e as sonecas. Por exemplo: a criança acorda 8h e duas horas depois vai fazer a primeira soneca, e assim por diante.

Dicas da Maternity Coach:

– Nos dois casos, faça sempre 10 dias de anotações. Anote todos os horários da criança (como um detetive). Horário de alimentação, soneca, duração das sonecas, horário do sono noturno. Especialmente para crianças maiores do que 6 meses, nascidas a termo e desde que o peso esteja adequado, você vai perceber algum padrão. Muitas vezes a criança luta para dormir de dia e acaba conseguindo entrar no sono sempre no mesmo horário. Então esse é o horário do seu filho. Tentar que ele durma antes, só aumentará o seu tempo tentando fazer seu filho dormir e tentar que ele durma depois pode dificultar a entrada no sono, porque ele provavelmente passará do ponto.

– Seguir uma rotina do relógio costuma ser mais simples porque você não mexe muito no horário que seu filho vai para a cama a noite, então você consegue se organizar para suas atividades em casa (como jantar e tomar seu banho).

– Se for preciso acordar seu filho, faça sempre em sono leve, ou seja, quando ele está sonhando. Fique ao lado da criança perto do horário de começar o dia, e assim que ele apresentar algum movimento, você levemente toca nele. Se ele sair do sono leve, provavelmente ficará bem-humorado. Tirar uma criança do sono profundo pode resultar em um bebê nervoso até o horário da soneca.

– Cuidado com o ritmo da sua casa. Não adianta ter rituais de sono e seguir uma rotina certinha se o clima da casa for de tensão, correria, barulho e confusão. Os bebês sentem tudo e certamente isso irá interferir na qualidade do sono e na facilidade (ou não) de iniciar as sonecas e o sono noturno. Muitas pessoas afirmam que a criança precisa dormir durante o dia no claro, no barulho, porque eles é que devem se adaptar ao ritmo da casa, e não o contrário. Aqui pensamos que a criança deve ser respeitada e não são todas as pessoas que conseguem dormir em qualquer ambiente.

Espero que estas dicas ajudem vocês a entenderem a importância da rotina. Muitas vezes ouvimos falar mas não colocamos em prática porque não damos a atenção necessária, não achamos que isso mexe tanto assim com o sono. Façam o teste, porque a verdade é que isso interfere sim no sono do seu filho, e muito.

Conheça aqui o curso online da Michele Melão: Como ensinar seu bebê a dormir desde o primeiro dia de vida.


 



Arquivado em: Cuidados diáriosSono do bebê Tags:

Deixe seu comentário