Você acha que sabe o significado da palavra cansaço, até ter filhos. Porque quando um bebê nasce, você vê que o “buraco é mais embaixo”: os primeiros meses do bebê demandam tanto da mãe, que é impossível deixar de sentir uma certa exaustão de vez em quando!

Por aqui, eu lembro que me sentia tão acabada, que encostava a cabeça na cadeira de amamentação e lutava para ficar de olhos abertos. E talvez a pior fase tenha sido a da insônia: eu estava tão exausta, que acordava com o choro de Catarina e, depois que conseguia fazê-la dormir, ficava revirando na minha cama acordada! É super angustiante, porque você olha para o relógio e pensa: eu tinha que estar dormindo, porque daqui a meia hora minha filha vai acordar de novo!

E para deixar essa fase de cansaço mais leve, fiz esse post, que tem uma pitadinha de bom humor. Situações para você se identificar – tendo a certeza de que um dia isso tudo passa, e só ficarão as boas recordações!

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Publicidade

20 Sinais de que a mãe está completamente exausta!

  1. Seu marido acorda antes de você com o choro do bebê (e ainda completa, sem que você precise pedir: “pode deixar, dessa vez eu levanto”).
  2. Você dá uma “piscada” na cadeira de amamentação, e acorda assutada achando que vai deixar o bebê cair.
  3. Você coloca seu filho para dormir e, ao invés de ir para sua cama, fica ao lado do berço chorando (ai, que dó!).
  4. Você sai de casa levando uma bolsa de passeio enorme para o seu filho, mas esquece sua carteira em casa (aconteceu comigo! Cheguei ao pediatra e vi que não tinha como pagar, olha a vergonha!).
  5. Olha para o carrinho e, por alguns segundos, não se lembra como fazer para abri-lo.
  6. Você atende o telefone e não reconhece a voz de ninguém, mesmo que seja da sua mãe.
  7. Você sai dando uns berros pela casa, por um motivo que normalmente só faria você levantar a sobrancelha.
  8. Você esquece a chupeta na panela fervente e, quando lembra, a água acabou e a chupeta derreteu.
  9. Você sai com o carro e quando vê, deixou o porta-malas aberto e o carrinho do lado de fora.
  10. Você liga a televisão no programa preferido do seu filho só para ter vinte minutos de descanso.
  11. Você percebe que ainda está vendo o tal programa mesmo depois que seu filho já foi para o berço (nem conto quantas vezes me peguei vendo Peppa Pig!).
  12. Você começa a noite contando a história dos Três Porquinhos, e sem saber como, percebe que está terminando com a da Chapeuzinho Vermelho (juro que isso também acontecia aqui em casa! Eu ficava tão doida, que misturava todas as histórias!).
  13. Você nem termina a história – dorme antes disso e é acordada pelo filhote que quer saber o final.
  14. Você pega um resfriado atrás do outro. Além das 954 viroses que seu filho teve naquele ano.
  15. Você manda seu filho para a escola com uma meia de cada cor.
  16. Você não se importa de usar dois ou três dias seguidos a mesma roupa, só para não ter que escolher uma outra.
  17. Você atende seu filho no meio da noite e acorda na cama dele, quando o sol já nasceu.
  18. Você precisa ler três vezes uma mensagem de duas linhas para entender o que a pessoa está querendo dizer.
  19. Você vê todos os brinquedos espalhados pela sala e decide que eles farão parte da decoração, até que você tenha pique para catá-los.
  20. Na única noite do mês em que sua mãe ficará com o bebê você prefere ficar em casa e ir para a cama mais cedo!

E você, me ajuda a completar a lista? E aproveita para compartilhar com as amigas mães, elas entenderão!