Vou contar um segredo sobre o que acontece aqui em casa: não consigo fazer com que Catarina durma muito cedo. Toda a rotina da nossa família foi estruturada para horários mais vespertinos, o que fez com que a pequena acabasse entrando no ritmo – dorme relativamente tarde (por volta das 22h) e acorda depois da maioria das crianças que conheço (entre 8h e 8:30h). Embora ao todo ela durma uma boa quantidade de horas, meu sonho era que ela fosse para a cama um pouquinho antes. Isso porque depois que ela dorme eu ainda trabalho por algumas horas, o que significa que só pego no sono depois da 1h da madrugada.

Mas, enfim, por que estou contando isso? Porque fiquei sabendo de um estudo que pode ser interessante para muitas mães e que fala sobre a importância dos filhos dormirem cedo. Pesquisadores de universidades e centros de saúde da Austrália fizeram um trabalho conjunto, mostrando que nas famílias em que os pequenos não dormem tarde, há uma maior preservação da saúde dos pais. E os motivos são simples: criança dormindo no início da noite significa mais tempo para o pai e a mãe ficarem juntos, para cuidarem de suas coisas e também para dormirem antes, o que influencia a saúde como um todo.

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Para chegar a essa conclusão, a pesquisa analisou 3.600 crianças durante os primeiros nove anos de vida. Elas foram divididos em quatro grupos: dos pequenos que dormiam e acordavam cedo; dos que dormiam cedo e acordavam tarde; dos que dormiam tarde e acordavam tarde e, finalmente, o grupo da criançada que dormia tarde e acordava cedo (o dormir cedo em questão era às oito e meia da noite).

Publicidade

As mães cujos filhos faziam parte dos grupos que iam pra cama cedo levaram vantagem nos resultados: elas apresentaram melhor saúde mental (ou seja, equilíbrio emocional) do que as mamães de filhotes que dormiam mais tarde. Os efeitos também foram benéficos para os pequeninos desses grupos, que demonstraram melhores indicadores de saúde.

Interessante, não é? Mas eu sei bem que nem sempre é fácil colocar em prática! Agora me conta: como anda a rotina noturna do filhote por aí? Aqui você confere todos os nossos posts sobre sono, para ajudar a melhorar a qualidade do descanso (mais do que merecido!) de toda a família.