Que espécie de blog de dicas para mães esse seria se não falasse sobre fraldas? Esse é o tipo de assunto que toda mãe comenta: quer saber o que a outra comprou, se vaza, se não vaza, se é cara, que tamanho usa… São tantas as variáveis!

Como fizeram um chá-de-fraldas surpresa em um dos locais onde trabalho, tive a oportunidade de experimentar muita coisa: ganhei fraldas de várias marcas e modelos, do RN ao GG, até as pull-ups (que a criança maior veste como se fosse uma calcinha/cueca, no processo de desfralde). Aqui vai a minha experiência:

Pampers: foi a que mais gostei. Você deve levar em conta que eles têm quatro linhas diferentes, vamos a cada uma delas.
* Supersec: é a mais barata, de embalagem vermelha. Entre as fraldas da Pampers é a pior, não tem muito poder de absorção. Embora o fabricante diga que ela foi remodelada e aguenta a noite inteira, provavelmente você terá um acidente de vazamento noturno, a não ser que naturalmente seu bebê faça pouco xixi à noite. Se você ganhou, use durante o dia sabendo que terá que trocar o bebê mais vezes. Mas se tiver que comprar, prefira uma fralda melhor.

* Total Confort: é a de embalagem verde, com preço intermediário. É a minha escolha para a fralda diurna. É bem flexível, confortável para o bebê e parece bem fresquinha (não esquenta muito). Para bebês que fazem pouco xixi à noite, pode ser uma boa opção também para a fralda noturna. No caso da Catarina não aguenta e acaba vazando, por isso uso esta aqui apenas durante o dia.

Publicidade

* Noturna e diurna: é a linha mais cara, de embalagem azul. É a minha escolha para a fralda noturna. Dificilmente vaza à noite, uma maravilha. Mas não uso durante o dia (é mais cara e ligeiramente mais grossa que a Total Confort, acho que esquenta um pouco mais o bebê).

* Recém-nascido: há alguns meses essa linha se chamava New Baby. Simplesmente maravilhosa!!! Acho que é MUITO melhor que a Huggies Soft Touch RN. Adapta bem melhor nas laterais, o que torna o vazamento do cocô do recém-nascido (nessa fase o cocô é bem molinho, quase líquido) bem mais raro. Recomendo mesmo!

Huggies: é uma fralda ótima, mas ainda sou mais a Pampers. Há duas linhas diferentes, a Huggies tradicional e a Turma da Mônica. Minha opinião:
* Huggies Natural Care (tradicional): de embalagem vermelha, é muito, muito boa, se parece mais com a Pampers do que as da linha da Turma da Mônica. Usei mais quando a Catarina era menor e as trocas mais frequentes. Acho que se molda melhor ao corpo do bebê do que a da Turma da Mônica, porque é mais elástica. Pode ser uma excelente opção se o preço estiver bom.

* Turma da Mônica: é subdividida em três tipos diferentes:
++ Tripla proteção: é horroroso. Plástico por fora, bem cavada, baixo poder de absorção. Vaza e esquenta o bebê. Fique longe.
++ Soft Touch Max: é a evolução da Soft Touch, porque tem laterais elásticas (a Huggies está substituindo a Soft Touch convencional por essa). Gostei bastante quando experimentei. Agora não vaza mais tão facilmente. Ela é mais grossa do que a Pampers, acho que esquenta um pouco o bebê. Mas tem mães que acham a melhor fralda disponível. Regula o preço com a Pampers Total Confort, às vezes um pouquinho mais cara.
++ Conforto Dia e Noite: absorve bem o xixi, mas acho desconfortável para o bebê. Se você ganhar, use à noite, pois o bebê não se mexe muito. Gosto mais da Pampers Noturna e diurna.

 

Uma outra alternativa para quem tem a preocupação de uma vida sustentável é usar fraldas biodegradáveis. Sim, elas custam um pouco mais do que as convencionais (e você pode estar disposta a pagar por isso, assim como gasta mais com alimentos orgânicos, não é mesmo?). Não deixe de conferir o post sobre o assunto, em que fizemos o teste de performance e contamos o resultado para você.

Publicidade

E você, qual foi sua experiência? Tem alguma dica para dar? Então coloca um comentário e divulgue sua opinião, ok?

Clique para ler mais sobre cuidados diários com o bebê.