O inhame, também conhecido por taro, inhame-branco e taioba-de-são-tomé, é um tubérculo nutritivo muito popular e amplamente consumido no mundo. Conheça agora o poder do elixir de inhame!

Cultivado desde 50.000 a.C., na África e na Ásia, hoje é um alimento básico em muitos países da América do Sul, África, nas ilhas do Pacífico e nas Índias Ocidentais. No Brasil, a região Nordeste é a maior produtora e consumidora.

inhame

inhame – Foto: Freepik

Existem mais de 600 espécies de inhame, mas apenas algumas são consideradas comestíveis – as não comestíveis são geralmente utilizadas para fins medicinais.

Publicidade

Muitas das propriedades medicinais do inhame são decorrentes da ação da diosgenina, um fitoesterol de grande interesse da indústria farmacêutica.

O que é elixir de inhame?

inhame

inhame – Foto: Freepik

O elixir de inhame é uma solução fitoterápica líquida de coloração amarelada que pode ser utilizada para eliminar toxinas do organismo, embora também posa ser utilizada para aliviar dores provocadas por cólicas ou reumatismo e facilitar a digestão.

Popularmente, este produto é ainda utilizado para aumentar a fertilidade da mulher devido à sua rica composição em vitamina B6, que ajuda a regular os níveis de progesterona, facilitando a ovulação.

Elixir de inhame e fertilidade

inhame

inhame – Foto: Freepik

Para as mulheres que sonham em ser mães, mas têm dificuldades de engravidar, um alimento muito popular e facilmente encontrado nas feiras e nos supermercados, pode ser a solução.

Publicidade

O inhame, de acordo com estudos e análises nutricionais, possui elementos que aumentam a produção de hormônios femininos e facilitam a ovulação.

A grande “arma” do inhame para ajudar na fertilidade feminina é a presença do fito-hormônio “diosgenina” em sua composição nutricional.

Elixir de inhame – propriedade

inhame

inhame – Foto: Freepik

Essa substância, segundo a nutricionista Laura Uzunian, é responsável por estimular a produção de hormônios sexuais no organismo da mulher, aumentando as probabilidades de gravidez.

Versátil, o inhame pode ser aproveitado como purê, cozido, refogado, nas saladas, sucos, vitaminas, chás e até em sobremesas. Porém, é necessário ter atenção ao consumo, já que, por ser um carboidrato, precisa ser evitado o excesso.

“O excesso de carboidrato no nosso dia a dia ocasiona em aumento de peso e da resistência ao hormônio insulina, ambas situações relacionadas com a infertilidade”, alerta a profissional.

inhame

inhame – Foto: Freepik

Publicidade

O elixir de inhame possui propriedades:

  • Diuréticas;
  • Anti-inflamatórias;
  • Antiespasmódicas;
  • Analgésicas.

Apesar disso em 2006 a ANVISA suspendeu a comercialização do elixir de inhame devido à sua elevada concentração de álcool, o que pode viciar. No entanto ainda pode ser encontrado em algumas lojas de produtos naturais, devendo ser utilizado sob orientação e acompanhamento médico.

  • Confira também: Água inglesa: ela é mesmo a solução contra a infertilidade?

 

Benefícios do elixir de inhame

inhame

Inhame – Foto: Freepik

Entre os benefícios estão:

  • Limpar a pele, diminuindo o aparecimento de acne;
  • Aliviar a inflamação das articulações provocadas por reumatismo e atrite;
  • Diminuir as dores provocadas por cólicas, como dores menstruais ou de parto;
  • Facilitar a digestão de alimentos gordurosos, como batata frita e salgadinhos, por exemplo.
  • Queimaduras – Atua de forma poderosa como cicatrizante e analgésico natural em queimaduras
  • Fraturas – Tem ação eficaz na reconstrução óssea principalmente dos ossos dos braços e pernas após fratura. Agindo no controle das dores e inchaço causado pela lesão.
  • Nódulos nas Mamas – O elixir de inhame reduz as chances em até 60% de aparição de nódulos nas mamas.
  • Cistos na Pele – Cistos sebáceos são espinhas de grande proporção que podem surgir em qualquer parte do corpo. O uso do elixir de inhame auxilia a limpeza destes cistos e até mesmo espinhas atuando de dentro para fora, recuperando a textura da pele;
  • Apendicite – O uso do elixir de inhame auxilia na prevenção da inflamação do apêndice, evitando a cirurgia de retirada de forma emergencial.

Cuidados ao consumir o elixir de inhame

taro

Taro – Foto: Freepik

O elixir de inhame exige cuidados na hora do uso. O ideal é conversar com seu médico antes para saber exatamente qual a dosagem recomendada para o seu caso. De um modo geral, não se deve exceder 3 colheres de sopa por dia.

Se você usar o elixir em excesso poderá apresentar dor de estômago, náuseas e até ganho de peso.

Também é importante destacar que o elixir de inhame é contraindicado para pessoas menores de 14 anos, grávidas e para mulheres que estejam amamentando – justamente pela presença de álcool na sua formulação.

Inhame para os homens

Inhame – Foto: Freepik

Além de ajudar a controlar e induzir os hormônios femininos, o tubérculo também é benéfico para os homens, aumentando a produção de testosterona, hormônio essencial para a formação dos tecidos reprodutores.

Além disso, o alimento atua no controle da pressão arterial, melhorando o fluxo de sangue no corpo, incluindo na região reprodutiva, garantindo o melhor desempenho sexual e uma boa produção de espermatozoides. Mas é preciso ter precauções.

Um homem de 56 anos morreu, em São José do Rio Preto (SP), com suspeita de intoxicação alimentar. A família suspeita que a morte tenha sido causada pelo suco com inhame cru que ele tomou momentos antes.

A família contou aos médicos que ele começou a passar mal assim que tomou o suco, que seria uma receita caseira para ajudar no tratamento da dengue.

Porque a vitamina B6 é importante?

Taro

Taro – Foto: Freepik

A vitamina B6, também conhecida como piridoxina, é uma vitamina solúvel em água que seu corpo precisa para várias funções. Ela é importante para o metabolismo de proteínas, gorduras e carboidratos e para a criação de glóbulos vermelhos e neurotransmissores.

Seu corpo não pode produzir vitamina B6, então você deve obtê-lo de alimentos ou suplementos (esse é o caso do elixir de inhame).

A maioria das pessoas ingere quantidade suficiente de vitamina B6 em sua dieta, mas algumas pessoas podem estar em deficiência dela.

elixir de inhame – Foto: Freepik

Consumir quantidades adequadas de vitamina B6 é importante para uma ótima saúde e pode até prevenir e tratar doenças crônicas, não somente para engravidar.

A vitamina B6 também tem outros benefícios:

  • Melhora o humor e combate a depressão;
  • Previne o Alzheimer;
  • Previne e trata anemia;
  • Ajuda na produção de hemoglobina;
  • Ajuda a combater as náuseas durante a gravidez.

Elixir de inhame caseiro: como fazer?

O chá de inhame é um velho conhecido das mulheres. Além dele, você também poderá investir em uma receita caseira de elixir de inhame.

A vantagem é que, ao fazer em casa, você terá um produto livre de conservantes, corantes e outras substâncias.

Para fazer o seu elixir caseiro, você precisará de:

  • Cascas bem lavadas de 2 inhames médios ou 1 inhame grande;
  • Cascas bem lavadas de 1 cenoura média;
  • Suco de 1 laranja espremida;
  • 3 colheres de sopa de salsa fresca;
  • 200 ml de água.

Processo:

  1. Comece colocando o suco de laranja e as cascas de cenoura em uma panela.
  2. Deixe ferver entre 3 a 5 minutos.
  3. Acrescente água, cascas de inhame e salsa fresca. Deixe ferver até reduzir pela metade (em torno de 8 minutos).
  4. Coe, armazene em um pote de vidro e guarde na geladeira.