Deixar chorar para dormir? O livro Nana Nenê funciona?

Por 71 Comentários


Olá, queridas leitoras do blog!

Hoje eu venho com um tema polêmico, que divide opiniões entre as mães por aí: deixar o bebê chorar para aprender a dormir.

Acho que o sonho de todas as mães é que, miraculosamente, depois de poucos meses acordando de madrugada para mamar, o bebê começasse a dormir a noite inteira (o que para mim significaria dormir pelo menos das 22h às 6 da manhã) sem que a mãe tivesse que fazer nada para isso acontecer. Se isso aconteceu com você, considere-se uma sortuda. Muitas, muitas (vou repetir de novo) MUITAS mães que conheço não sabem o que é isso. Seus bebês continuam a acordar uma, duas, até três vezes numa noite mesmo após 1 ano de idade. E aí, a mãe que a uma altura dessas já virou um trapo, sai lendo tudo o que encontra pelo caminho que a ajude a dormir. Ou melhor, que ajude o bebê a dormir sem interrupções.

Com certeza uma das técnicas mais conhecidas para fazer o bebê dormir a noite toda é deixá-lo chorar. E aí há quem defenda que você deve deixá-lo chorar pelo tempo que for necessário, sem ir a seu encontro (mesmo que isso signifique 20, 30 minutos, 1 hora, …) ou, em uma forma mais “amena” de treinamento, promover o que se chama de choro controlado. A técnica de choro controlado foi intensamente difundida por dois autores: Richard Ferber e Eduard Estivil, esse último o autor de um dos livros mais lidos pelos pais aqui no Brasil – o “Nana Nenê” (atenção: há um outro livro chamado Nana Nenê cujo autor é o Garry Ezzo, que tem outra filosofia). Basicamente a técnica diz que você deve deixar o bebê no berço e sair do quarto, para que ele aprenda a dormir sozinho, sem ajuda de embalo, mamadeira, música, ou da sua simples presença (pois quando ele acordar de madrugada conseguiria voltar a dormir por si só). Obviamente o bebê irá chorar, e você volta ao quarto para acalmá-lo em intervalos crescentes, mas sem grandes interações (ou seja, fique pouco tempo, não o pegue no colo, etc, etc, etc). E há quem diga que se você fizer direitinho, o bebê chorará cada vez menos tempo (digamos que 1 hora na primeira noite, meia hora na segunda, até que em cerca de 1 semana ele dormirá como um anjo a noite toda).

Bem, acredito que para muitas mães e pais a técnica do deixar chorar resolve o problema. Aliás, sei de muitas mães que fizeram isso e tiveram sucesso, com bebês que começaram a dormir a noite toda com poucos meses (a recomendação é que você só inicie o “treinamento” após os 6 meses). Mas conheço também mães que tiveram um sucesso parcial (o bebê começa a dormir a noite toda e depois volta a acordar, seja porque ficou doente, seja porque teve algum fato marcante que o deixou com medo/excitado). E nesse caso, a cada recaída, tiveram que aplicar a técnica novamente.

E conheço mães que não se deram bem com a ideia de deixar chorar, entre as quais eu me incluo. Seja porque acharam sofrimento demais ver o bebê chorando por tanto tempo (sim, porque há bebês que depois de no máximo 30 minutos desistem de chorar e dormem; e há aqueles que ainda não se entregaram depois de 2 horas de lágrimas), seja porque não tiveram paciência de tentar até que ela desse resultado. E então eu confesso: deixar minha filha chorar (eu tentei por algumas noites, que não foram muitas) me provocava um sentimento TÃO ruim que era muito, muito pior do que acordar e ficar com ela até que dormisse novamente. Mesmo que isso significasse que ela acordaria ainda por muitos meses, ou até mais de ano. Está certo que em geral, depois de completar 6 meses de idade, Catarina acordava 2 vezes durante a noite, e depois de um tempo apenas 1 vez. Não era um ritmo tão insano como mães que são chamadas a cada 2 horas a noite inteira (e por isso eu não julgo ninguém, acho que cada mãe deve fazer o que acha melhor para sua família). E voltava a dormir em pouco tempo, desde que eu desse uma mamadeira (aos 4 meses eu tirei a mamadeira da madrugada, mas depois voltei a dar por volta dos 8 meses, porque era bem mais rápido fazê-la dormir mamando). Sei bem que não era fome, era apenas uma forma de acalmá-la para dormir novamente.

Resumindo o que acho sobre deixar chorar:
– Avalie se isso funciona para a SUA família, para o SEU bebê. Pode ter funcionado com o filho da vizinha, da irmã, da amiga, mas pode ser que não funcione para você.

– Só tente se você estiver confortável com a ideia (é claro que durante o processo você pode se sentir mal em deixá-lo chorar, mas você tem que sentir que isso é o melhor para a sua família). Se você estiver a ponto de explodir porque não dorme e está certa de que vale o desgaste de aplicar a técnica para ter um bebê que dorme a noite toda, tente. Do contrário, passe longe disso. Não adianta tentar o que vai contra sua natureza. Há outras formas de se conseguir dormir (pelo menos um pouco mais do que você tem dormido), e eu falo sobre isso no post de amanhã.

– Considere que há bebês mais treináveis, e outros menos. Há bebês que param de chorar mais facilmente, outros que irão chorar por horas (aliás, podem até vomitar enquanto choram). E considerar a individualidade do seu bebê é no mínimo uma questão de respeito.

– Se você optar por não deixar chorar, isso não significa que tenha que correr para o berço ao menor sinal de choro. Muitas vezes o bebê estava apenas resmungando, e quando você entra no quarto ele acorda de vez. Permitir que ele resmungue ou te chame por alguns minutos e não responder pode ser benéfico (com isso eu consegui que eu muitas noites minha filha voltasse a dormir sozinha). E o que eu percebi: quando ela dorme melhor durante o dia (na hora certa, pela quantidade de tempo certo; nem mais, nem menos), é bem mais provável que ela volte a dormir sozinha quando acordar de madrugada. Mas se o sono diurno desviar um pouquinho do que é o ideal, ela simplesmente precisa de uma ajuda extra para dormir – como uma mamadeira, ou um carinho).

E você, caro leitor ou leitora do blog, o que acha de deixar chorar para dormir? Você tentou? Deu certo? Compartilhe aqui sua experiência, para que outros pais conheçam diversas opiniões!




Arquivado em: ComportamentoCuidados diáriosDicas de mãeSono do bebê

Comentários (71)

Trackback URL

  1. Juliana disse:

    Vamos lá…. quando a Mariana nasceu, há 6 anos atrás, logo (após uns 2 meses mais ou menos) ela já começou a dormir a noite inteira, mas depois de um tempo, com já quase 1 ano ela ficou bem doentinha e por conveniência e comodidade acabamos levando-a para nossa cama… erro grave, ponto negativo pra nós! Porque ela melhorou (claro!), mas continuou acordando lá pela 1 da manhã. Como eu dormia meio pesado, meu marido a buscava e levava pra nossa cama, pra poder dormir tb… rs Qdo eu acordava, lá estava ela… Pensei “nossa, estamos deseducando a menina!”. Um dia eu acabei trabalhando até tarde, no computador, e no mesmo horário de sempre, a danadinha começou a chorar. Topei com o meu marido no corredor, que já estava indo buscá-la novamente. Eu disse “essa noite é comigo, pode deixar que resolvo” (kkkkk).

    Fiquei no quarto com ela, que chorava muito, ou melhor, urrava mesmo! Ela no berço, e eu do lado… Ela acabava dormindo de cansaço, mas era uma cochiladinha e acordava novamente… e choravaaaaa. Demorou mais de 1h com ela chorando e parando, chorando e parando… Quando ela dava um tempo, eu olhava bem nos olhos dela e falava “é aqui o seu lugar, o seu bercinho gostoso, onde você vai ter um sono reparador, gostoso, para amanhã você acordar descansada para brincar novamente com o papai e a mamãe, mas você vai ficar aqui!”

    Eu falava firme, parecia que ela entendia e chorava (urrava) mais ainda, pois percebia que não ia ter jeito. E não teve mesmo, não cedi, consegui ficar firme. Eu pretendia repetir o processo por mais 3 ou 4 noites se fosse necessário, mas graças a Deus, só ficou nessa noite mesmo!!! Ufa, ainda bem!!!

    Hoje, temos também a Ana Clara, que está com 10 meses, ela também dorme a noite inteira desde os 2-3 meses… mas tem que estar tudo em silêncio e escuro, pois se percebe que ainda tem movimento na casa quando acorda lá pela 1h da manhã, ela acaba despertando, aí dou outra mamadeira, pq geralmente ela mama lá pelas 20:30h, 21h e vai a noite inteira… E se é preciso, fico um pouco com ela no colo, não consigo deixá-la chorando (parece que a minha tolerância para choro diminuiu drasticamente!!!). Mas geralmente ela não demora pra pegar no sono novamente, é questão de alguns minutos… (pelo menos por enquanto!) Ainda bem!!!

    É isso!

    Grande beijo!!

    • Lia oliveira disse:

      Parabens , vc conseguiu , minha filha esta em desespero, a filha tem 8 meses e nao dorme , de dia um pouquinho , ma a noite nao. Ela em portugal, e se deixar a menina chorar os vizinhos podem chamar a policia, ela ja emagreceu muito pois nao dorme…so Deus poderá ajuda la mas fiquei feliz com tua boa vontade .parabens mamae sou vovó lia

  2. Dani disse:

    Nívea, queridona, eu fiz o Nana Nenê com a Laura, sim. Eu tive coragem, acredite. Não foi fácil, eu chorei muito na primeira noite, vomitei na segunda e na terceira. E na quarta, Laura dormiu sozinha, em 5 minutos. Fiz isso quando ela tinha 3 meses, nos intervalos propostos pelo Nana Nenê. Foi muito difícil, muito mesmo, mas à época, era o que eu achava certo e eu o fiz de coração, com a melhor das intenções. FUncionou muito bem, até 1 ano de vida da Laura. Depois, o sono dela mudou, ela passou a não dormir sem ser no meu colo, passou a acordar mais vezes durante a noite e eu não tenho HOJE coragem de deixá-la chorando. Nem a pau. Não consigo. Admiro a minha coragem e perseverança de quando ela tinha 3 meses, porque, efetivamente, ela dorme, desde então, das 19::30 às 7h da manhã. Com 4, 5 meses, ela dormia às 19:30, eu dava mamadeira às 23h com ela ainda dormindo, ela acordava de madrugada, brincava sozinha (e aí entra a minha filosofia de deixá-la dormindo sozinha, pq se ela tivesse dormido sempre no meu colo, teria me acordado para embalá-la novamente) e voltava a dormir. Toda noite eu acordava com ela balbuciando coisinhas e brincando com o móbile, tentando pegá-lo… e voltava a dormir dentro de 10, 20 minutos. E eu não precisava levantar. Daí que quando a Laura completou um ano tudo mudou, ela ficou mais carente de atenção, de embalo e hoje eu não tenho coragem e não quero fazer o nana nenê. curto muito ficar com ela até ela dormir, às 20h. depois que ela dorme, janto, assisto tv e vou dormir. ela acorda as 7h da manhã e tá tudo bem. Excelente.
    hoje eu fico com ela no colo, cuido dela, se ela acorda de madrugada eu tô lá, quando ela não acorda, excelente. e tá tudo bem. nunca mais eu vou fazê-la chorar sozinha, não mesmo. Mas não garanto que não faça em um segundo filho, pq eu sei que funcionou BEM em casa, pelo menos até os 12 meses da Laura. Vamos ver se eu vou ter coragem…. não sei….

  3. alicia disse:

    minha filha dormia no maximo 30 minutos seguidos isso ate os 2 meses,tentei por 1 mes fazer ela dormir sozinha e deixei chorando,mas não funcionou ela ficava sem ar e era pior pois ficava nervosa a noite toda ai desisti,hj ela tem 1 ano e acorda umas 4 vezes na noite acorda mas não pego do berço e ela volta a dormi mamando,mal costume mas não consigo tirar e por enquanto vou levando assim,achava q ela tinha problemas mas agora cheguei a conclusão q ela não gosta de dormi,minha esperança é q com 2 anos ela melhore!

  4. Fabiane disse:

    Bom, vamos lá!!! estou com um bb de 3 meses que chora muito para dormir…sempre foi assim..mas com 40 dias só acordava 1 x a noite para mamar.Lá pelas 4 – 5 horas, mas de dia o pequeno queria dormir e não ocnseguia…tentei muito deixa-lo chorar, mas ap;os 5 dias de estresse não deu certo pois ele é muito insistente e acabou me vencendo. Sou da opinião tb que me dói mais vê-lo chorar do que dar um colinho para embalá-lo e posteriormente dormir. Descobri tb que ele dorme melhor qd o coloc de lado e não de barriga para cima, como o recomendado pelos pediatras. Hoje em dia, eu dou colo, sentada, ele chora, mas dorme mais rapido do que qd o deixo chorar. Acorda lá pelas 3:30 / 4 horas da manhãbpara mamar e dorme sozinho, pois fica sonado. Acorda em definitivo as 7 da manhã. Esporadicamente acorda lá pelas 5/6 e se remexe para tentar dormir. Meu marido acorda, coloca a chupeta e passa a mão na cabeça dele, fazendo carinho e ele ja pega no sono. Achei q lá pelos 6 meses a crianç dormisse só, q isso fosse uma fase, mas pelo jeito não…

  5. Gleice Santos disse:

    meu filho tem 3 meses dorme mais acorda duas vezes e fica brincando depois dorme sozinho

  6. Gleice Santos disse:

    vamos la eu que sou mãe não consigo deixa ele chorando , e muito deficil ele chora so se ele estiver sentido algunha coisa ou fome mais é um bom menino amo ele meu xodo

  7. Tati disse:

    Eu sou vamos dizer ” a do contra” rsss me arrependi de não ter feito…. Meu filho tem 3 anos e acorda até hoje de madrugada sem conseguir voltar a dormir! Pois é, aos 9 meses chegou a acordar a cada 30 min. durante todaaaaaaa a madrugada e eu trabalho fora pelo menos 8h/dia! Não segui nenhyum conselho, dentre eles o deixa chorar um pouquinho e o levei para minha cama antes que meu sono diurno rendesse um acidente… Hoje me arrependo da escolha e mudei meu pensamento. Para ele aprender a dormir sozinho deixei 3 dias ele sozinho no quarto e dei boa noite com um beijo, fiquei na sala enquanto ele berrava no quarto, até chorei, ele chegou a vomitar 2 vezes mas segui o “protocolo”, fui no quarto o coloquei de volta na cama e disse que era hora de dormir, isso durou 1h por noite. Na quarta noite ele me deu boa noite, virou para o lado e dormiu.
    Agora estou tirando ele da minha cama. Fiz novamente conforme o “protocolo”, conversei, ele já entende, não deixei mais ir para a minha cama e eu durmo ao lado da cama dele até que pegue confiança…. já pegou mas não se conforma de dormir sem a minha presença. Conversei de novo e hoje não vou mais dormir na cama do lado, ele terá que dormir novamente ao despertar de madrugada na cama dele sozinho. Véspera de feriado me permite isso….. vai ser pesado mas o sono dele tem melhorado com essas pequenas conquistas e outra não consigo pensar no desfraude noturno sem isso… duas camas molhadas nem pensar rsss
    Depois de tudo isso percebi que o nosso amor é muito maior que um chorinho e que a segurança que tenho em deixá-lo lá é absorvida e ele sabe pois em nenhum manhã ele me cobrou por isso, pelo contrário acorda feliz e diz “mamãe, consegui dormir na minha cama!!” sempre sorrindo como se me agradecesse pela boa noite de sono.
    Para chegar até aqui li muito mais que nana neném e cia, procurei experiência com outras pessoas que passaram o mesmo que eu pq quem não passou não pode me entender….. eu não entenderia!

    Bjs

    • Giovana disse:

      Ola Tati
      Enfrento agora o mesmo problema e escrevo aqui numa tentativa de conseguir fazer com que meu filho melhore sua qualidade de sono.Ele está aos prantos no berço agora e eu começo a chorar aqui na sala…veja bem
      Fiquei muito dividida quando li o nana nene, mas optei por experimentar as tecnica, até porque a pediatra do meu filho, alguém em quem confio muito, dizia de coisas muito parecidas.
      A vida do meu filho ficou bem organizada e inclusive consegui fazer o tal do treino de berço e Pedro sabia dormir sozinho, inclusive nas sonecas noturnas. Funcionou bem mesmo. Pedro parecia inclusive um bebe mais seguro.
      Mas, como nem tudo são flores, Pedro foi para a escola aos 8 meses pois voltei a trabalhar, e passou a ficar muito doentinho (doenças típicas de bebes que vão para a escola). Com febres muito altas, passei a ficar com ele no colo até a febre passar e a visita-lo no quarto para ver se a febre tinha voltado o que as vezes acontecia e entao Pedro era acordado para ser medicado e acabava dormindo no colo. Outra fato: dou plantao e meu marido, provavelmente por insegurança, passou a dormir com ele na cama qdo eu não estava. Resultado: Pedro nunca mais teve uma noite de sono adequada e nem nos, claro. Pedro não parece se importar muito em nao ter uma noite inteira de sono; acordo sempre muito feliz e bem disposto.
      Hoje está com 1 ano e 7 meses e entao, o cansaço me venceu e hoje estou na segunda noite do “treino”. E eu, tentando me segurar, fingindo que nao me importo com o choro dele, que mais me parece desespero…está muito dificil, mas vou tentar.
      Ainda bem que encontrei vcs por aqui…escrever me fez ficar mais confiante.

  8. Simone disse:

    Minha filha está com 5 meses e NUNCA deixei ela berrar no berço. Já li sobre essa técnica de deixar chorar e confesso que até pensei em usar nas noites que estou mais cansada…mas penso que na verdade ninguém sabe se isso gera algum tipo de trauma no bebê que ele vai levar para a vida adulta… Por isso jamais usei…nessas noites, penso que minha filha não tem culpa do meu cansaço e o que ela quer é apenas dormir e não consegue sozinha pq ainda não está pronta para isso… Não consigo imaginar como uma mãe consegue deixar seu filho chegar a vomitar de tanto chorar….não achei adjetivo para descrever uma mãe que faz isso… E o pior…usam a técnica e depois voltam a atrás quando o bebê está maior… Vcs acham que eles entendem isso?! Acho que não né?!

  9. Giovana disse:

    Ola Simone…tb tenho questões com alguns limites do metodo sim e confesso que por muitas vezes me vi muito dividida entre proporcionar alguma independencia para o meu filho e aguardar que ele entendesse a importancia disso efetivamente. Essa é a segunda vez que faço o treino e vem dando certo, mas concordo contigo no que diz respeito ao possivel sofrimento do bebe e acreito que venho conseguindo porque Pedro abandonou o choro intenso ja no segundo dia. A primeira vez que fiz, meu filho tinha a idade do seu e foi muito tranquilo; com apenas uma noite, ele passou a dormir com o amiguinho dele, sem sofrimento. Agora está diferente e continuo bem dividida, querendo conversar com mães como vc e com as que acreditam que o metodo funciona.
    Sinto que se Pedro conseguisse dormir uma noite toda, nosso tempo juntos teria muito mais qualidade, visto que trabalho fora e tenho as tardes e algumas noites para ficarmos juntos. Conte um pouco da sua experiencia pra mim…
    Abraço

  10. Simone disse:

    Olá Giovana! Minha filha é relativamente tranquila…Estabeleci uma rotina pra ela pra que entendesse a hora de dormir. Demorei algum tempo para descobrir qual era o melhor horário para começar a rotina, mas depois de observar e anotar TUDO, acho que acertei. Dou um banho entre 19 e 20 horas, e amamento após. A maioria das vezes ela já fica sonolenta, coloco no berço e ela dorme…algumas vezes, ela chora quando vou colocar no berço e aí não tem jeito, canto um pouco até ela dormir…tem dias que ela tá mais chatinha…aí é colo e cantoria…tem dias que tá tão irritada que nem musica ela quer…aí fico no “shshshshshshsh”. Mas posso te garantir que ela já entendeu e só dá um trabalhinho quando o dia dela sai da rotina . Descobri que o bebê (como nós), não são iguais todos os dias e por isso essa variação. Desde RN eu não deixo ela chorar…resmungava e eu já colocava no peito…nem chegava a chorar…com 3 meses foi para o berço…agora acorda no máximo 2 vezes chorando mto pouco…só para mamar…mama e dorme! Tbém não acendo a luz, não troco fralda, não falo uma palavra pra ela entender que é pra voltar a dormir… Foi difícil chegar nisso…tive que exercitar mtoooooo minha paciência…nessas horas, penso que ela não entende o que acontece, que ela ainda e mto pqna, que não é culpa dela chorar, etc etc etc…aí fico calma! Não sei como vai ser daqui pra frente…cada fase é uma fase…mas acho que deixar chorar, pode ajudar as mães agora…mas acredito que isso deve acarretar algo de ruim no futuro para eles (trauma, medo…sei lá)…por isso não consigo fazer isso! Abraço

    • Vanessa disse:

      Bom, parece que a história é a mesma exceto com algumas poucas variações bem o meu filho tem 10 meses sempre coloquei para dormir no berço no meu quarto acordava de 6 a 8 vezes por noite até uns 6 meses depois ele ficou com o sono mais regular dormia bem no bercinho no meu quarto e fiquei feliz pq ele está muito pesado e a minha coluna está péssima por tirar e colocar ele no berço tantas vezes para mamar durante a noite.
      Ocorre que agora ele só fica no berço na primeira parte da noite depois não quer mais não sei o que eu faço não consigo ouvir meu filho chorar parece que liga algo na minha cabeça que fico completamente desnorteada ao ouvir ele chorando portanto nossa situação ayual é a seguinte…somos nômades após os primeiros instantes de sono bem no berço ele acorda e ficamos rodando à noite toda do berço para cama, para o sofá enfim, estou exausta…

  11. Luciana disse:

    Bem, teorias a parte, o outro livro do Nana Nenê, do Gary Ezzo que tem filosofia diferente como vc diz, e muito bom, e funcionou comigo.
    Ele defende que o bebe bem alimentado durante o dia, dorme a noite toda. Isso é fato.
    Assim, como o bebe que mama conforme as orientações dos pais, a chamada AOP citada no livro, a mãe consequentemente consegue produzir leite conforme as necessidades de alimentação do pimpolho.
    Eu já estava dando complemento (NAN) e depois de ler e aplicar as tecnicas da AOP passei a produzir tanto leite, que tem mais necessidade do complemento.
    E no livro, ele tb defende a mesma tese, deixar chorar para a criança aprender a dormir só. Isso infelizmente não consegui fazer, meu bebe tem só dois meses, e fico com pena… rs…
    Mas a noite ele deita por volta das 22 e só acorda por volta das 6 da manhã.
    Boa sorte a todas!

  12. Aqui em casa fizemos e deu certo. Ela tomava o banho, mamava (eu dou a mamadeira para minha filha de 1 ano e 09 meses) com ela já no berço e a luz do abajur acesa. Terminando a mamadeira eu dizia: Boa noite, te amo e ela ficava sozinha até dormir, quietinha, as vezes até ficava falando (era um baratinho).Porém, de uns 15 dias para cá, ela não chora quando eu digo boa noite e "viro as costas", ela simplesmente berra!…só pára quando meu marido ou eu ficamos com ela até dormir…aí ela dorme e após umas 4 horas de sono acorda chorando novamente e ficamos com ela até dormir de novo. Tentamos não ficar, deixar chorar, tentamos conversar, tentamos dar bronca…nada mais resolve. Escondi alguns bonecos que poderia estar dando medo nela…Enfim, não sabemos o que fazer. Será que é medo? Será que ela "pescou" uma maneira de não ficar mais sozinha? A gente fica em dúvida porque a técnica do "dormir sozinha" foi desde o comecinho (ela tinha meses), as vezes ficava gripadinha e, é claro, a gente mudava um pouco, mas depois voltava ao normal. Mas agora não está mais resolvendo. Experimentamos deixar "gritar", mas não parava. Ficamos preocupados em acordar os vizinhos também, pois moramos em apartamento. Minha vizinha disse que não ouve, mas é complicado vê-la gritar tão alto!…Não é somente preocupação, mas fica uma dúvida em relação a questão do medo realmente. Se alguém tiver alguma dica…

    • Giovana disse:

      Que bom ouvir outras mães!
      As coisas aqui em casa deram certo, só que não…rs
      Estamos numa situação muito parecida Cibele!
      Meu filho fez a rotina da AOP e foi muito, mas muito importante, principalmente pra mim. Deixei de ficar angustiada com o choro do meu filho e passei a entender porque é que ele chorava. E sim, minha mama tinha leite quando o meu filho tinha fome.
      Dormir sozinho era algo que Pedro sabia, mas que agora, virou uma verdadeira novela.
      Fiz novamente o treino de berço, foi muito dificil nos primeiros dias, mas já no terceiro dormiu a noite toda. Mas infelizmente, parecia ter um pavor do berço!! Ai fiquei como vc Cibele: será um jeito aprendido de me seduzir ou será um sofrimento real como diz a Simone!
      Com as festas de fim de ano as coisas sairam super fora da rotina e eu, que conversei com muitas amigas mães, estou muito insegura para continuar deixando meu filho sem colo qdo ele me chama.
      Descobri Cibele, que ele tem muito mais dificuldade pra dormir qdo estou em casa. Com o pai as coisas são muito mais tranquilas…vai entender. Mas tb descobri que algumas crianças terão sempre muita dificuldade com o sono e que então talvez eu seja uma das mães que perderão anos de sono.
      Acho realmente uma pena que Pedro não consiga dormir uma noite inteira…ele perde, eu perco e meu namoro com meu marido tb perde (o que acho que é muito importante, inclusive para o Pedro que parece sempre mais feliz qdo me ve seus pais felizes).
      Vamos continuar trocando ideias…vcs vem me ajudando muito a pensar!
      Abraço a todas

      • Juliana disse:

        Olá, meninas!
        Meu Pedro Antônio, está com 9 meses e meio e estou passando pelo mesmo dilema de vcs. Dos 3 aos 6 meses ele dormiu a noite toda, sempre no seu berço. A partir do 6º mês, quando passou a ir à escolinha, seu sono modificou. Dorme super tarde, na maioria das noites quase 23h e por volta de 1h30 começa a seção xororô. Meu marido levanta, e o traz direto para nossa cama e ele mama. Isso se repete umas 2 3 vezes por noite e às 6h tenho que levantar. Isso é humanamente impossível… Uma noite ou outra tudo bem, mas assim acho demais. O que mais me entristece é o fato dele passar muito tempo na nossa cama. Sempre achei isso muito errado e agora me vejo fazendo a mesma coisa. Meu marido é totalmente contra deixarmos ele chorar ou algo do gênero. No sábado passado ficamos somente eu e ele a noite toda em casa. Pensei: é hoje! E foi. Deixei uma mamadeira pronta e quanda ele acordava dava entregava a mamadeira sem dizer nada e saia do quarto. Resultado: ele mamava e dormia sozinho novamente! Não li os livros acima citados, mas acho que vou recorrer a técnica da mamadeira pronta… OBS: quando ele vem para nossa cama ele mama no peito.

        Ãbraços,

  13. Fatima disse:

    Boa tarde!
    Acabei de ter minha filha e gostaria muito de ter acesso a este livro via PDF. Como faço?
    Caso alguem tenha em PDF e possa me enviar o e-mail é fatimamorais@yahoo.com.br.

    Obrigada!
    Fatima

  14. Iane Moura disse:

    Tentei por algumas noites e tambem na hora das sestas da manha e da tarde com meu bebe de 8 meses! Ele chorou a 1° vez por 3 horas e na 2° por 3 horas e meia. Tentei ficar sentada do lado do bercinho conversando com ele p/ ver se aos pouquinhos ele ia cedendo, e eu afastanava a cadeira do berço ate sair por completo do quarto, tb n funcionou ele chorou muito! Depois de 3 dias tentando meu filho esta super assustado, n consegue mais ficar sozinho nem por um minuto, tomou pavor do quarto, não quer entrar nem mesmo p brincar, chora so de entrar no quarto. Coloquei um berço desmontavel no meu quarto e é la que ele esta dormindo, sendo que acorda a cada 2 horas super assutado, chamando mamãe! Não sei mais o que fazer, ele não toma mingau, so se acalma se eu der o peito!

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Iane.
      Eu tive um problema semelhante com Catarina nessa mesma fase dos 8 meses, e deixar chorar não resolveu o problema. Como seu filho está com medo, fique com ele, abrace-o, acolha-o. E tenha paciência, que as poucos as coisas voltarão ao normal. Se você estiver segura, ele também estará. Um beijo, Nívea

    • Aline Moreira Do Nascimento disse:

      Meu filho não tomava mingau até 8 meses, achava que era por causa do bico de mamadeira, então minha sogra deu um tiro certeiro no escuro, comprou Aptamil que é um leite e nutriday, que é um genérico de mucilon, comecei dando durante o dia e agora ele toma uma meia noite e vai até as 7 da manhã, foi uma benção, o mais legal é que tem vários sabores…experimente vc tbm quem sabe dá certo…Boa sorte

  15. Simone disse:

    Tomem como exemplo o caso da mamãe Iane Moura e não deixem seus filhos chorarem copiosamente…isso só gera traumas desnecessários…um chorinho de vez enquando, uma manhinha, OK!
    Também não adianta fazer uma coisa em um dia e mudar no outro dia … Bebês precisam de rotina…tem que ter paciência e seguir a mesma coisa sempre! Se no dia que estamos cansadas fizermos a coisa mais fácil a ser feita para o bebê dormir (tipo levar para a cama dos pais, etc), ele vai querer sempre isso e não vai se adaptar ao certo!
    E para mim o mais IMPORTANTE: cada bebê é ÚNICO…se desse certo uma técnica pra todos, não ia ter tantos livros, técnicas, conselhos, etc, no mercado…
    Ouvi esses dias um conselho bom: ” se sua filha quiser colo, dê!! Pegue no colo o máximo que vc puder pq daqui a pouco e não vai demorar muito (minha filha fez hj 6 meses), ela não vai querer mais e vc vai morrer de saudades! Sigo a risca esse conselho e garanto à vcs que ela não é nem um pouco mimada e não fica querendo colo a toda hora…isso só fez com que ela ficasse um bebê seguro e feliz!!!

  16. Minha linda Felícia tem um ano e três meses, até 2 semanas atrás ela acordava 2x para mamar ( peito) agora está acordando quase de hora em hora, até tentei deixar ela chorar por alguns minutos mas ela não parava e até vomitou, eu fiquei muito abalada com dó, então esta técnica não dá pra mim tb, quem souber de outra menos dolorosa, poste aqui.

  17. Krisna Valmir Morais disse:

    ahhhh eu tentei umas duas noites… mas meu bebê chora tanto que parece que o nariz dele vai entupir, faço até nebulização pensando no pior… é ruim deixar chorar pq os vizinhos ppodem reclamar…

  18. Vivian disse:

    Li o Nana Nenê e tentei fazer ,mas só consegui 1 dia…minha bebe dormiu depois de chorar por 30 minutos, mas acordava de hora em hora muito assustada…depois parece que ficou com medo do quartinho dela e do berço…aí decidi fazer como ensina no Segredo de uma encantadora de bebes…gostei mais…é cansativo mas ela sente que estou sempre perto, e ficou mais tranquila.

  19. Angelica disse:

    Meu filho ate os 2 meses e a um anjo ninguem ouvia ele chorar dormia sozinho, mas quando tomou a vacina dos dois meses ele teve reação sentia dor tadinho ai chorou muito ficou doentinho com gripe e tose ai foi mais de uma semana que ele chorava o tempo todo, com pena eu ficava com ele no colo para acalma-lo e ele acabava dormindo no meu colo. Quando melhorou ele não quis mais saber de dormir sozinho tinha que ninar e mesmo ninando e chorava ou melhor gritava. Aos 3 meses e meio meu marido me convenceu de deixa-lo chorando no berço para dormir sozinho. No 1º dia foi 1 hora de choro no 2º meia hora depois dez minutos e com uns 4 dias eu o deitava no berço ele resmungava um pouco e com 5 minutinhos dormia. A alegria durou umas duas semanas, ai ele voltou a chorar muito mas muito mesmo, com do voltei a ninar agora procuro organizar a hora da mamada com a hora de dormir que assim ele dorme mamado, mas quando não da o jeito é ninar. E sobre a noite eu não quis deixa-lo chorar e sempre dei de mamar. E com 4 meses passou a dormir a noite toda sozinho mama pelas dez e dorme ate as seis. Espero que continue assim.

  20. Carla Reis Gonçalves disse:

    Essa técnica pode funcionar com alguns bebês, mas não é uma regra geral. De tanto ler sobre, pesquisei sobre esse livro e num primeiro momento até achei interessante, mas depois, observei que não vale a pena segui-lo como é proposto. Não tenho coragem de deixar o meu filho chorando por tanto tempo e nem mesmo berrando desesperado pedindo colo pra dormir, acho isso uma crueldade com o meu bebê. Ele tem apenas 3 meses e eu devo respeitar o ritmo dele, sinceramente prefiro acordar de madrugada mesmo morrendo de sono, amamentar e colocá-lo pra dormir novamente do que tentar essa experiência, que na minha humilde opinião não é uma boa idéia.

  21. Mychelle disse:

    Bem, eu tenho uma filha que agora está com 1 ano e 3 meses… ela mamou exclusivamente no peito até 6 meses e após isso simplesmente não aceitou nenhum outro tipo de leite, nem na mamadeira, nem em copinhos de treinamento, copos etc. Ela se alimenta comendo no almoço/janta as vezes lancha a tarde mas sem dúvidas o Leite Materno ainda é uma parcela muito significativa na sua alimentação. Com isso é claro eu fico bem cansada pois a produção e também a amamentação exigem bastante da mãe, tenho que ficar sempre bebendo muita água, e as vezes passo alguns momentos constrangedores quando ela me “ataca”para mamar e estamos em público. Mas sem dúvidas o mais difícil é a noite porque mesmo jantando ela ainda acorda de 2 a 3 vezes para mamar todas as noites, mas sabem eu faria exatamente igual… porque ela tem um peso ótimo (nem magrinha e nem gordinha demais) NUNCA fica doente, no máximo um resfriadinho mas gripes/nebulizações/antibióticos são coisas que passam longe aqui de casa. Me tranquilizo também nos momentos de crise do nascimento dos dentinhos quando fica manhosa e rejeita alimentos mais grossos pois ao mamar fica bem hidratada e se alimenta. Claro que é uma escolha cansativa mas sem dúvidas vale a pena, pois NUNCA deixei ela chorando no berço sozinha ou mesmo “acompanhada”para dormir, ela adormece comigo ou mamando ou apenas abraçada, ou então com o pai e após dormir a colocamos no berço. Sei que o livro é famoso e que muitos pais “treinam”seus bebês assim mas de verdade, eu escolho dar atenção as necessidades de minha filha pois se ela chora é porque algo não está bom, talvez medo, talvez se sentindo só, e não acho que deixando de lado um sentimento dela simplesmente para que eu possa “me sentir melhor”achando que “domino”a hora de dormir seja algo proveitoso para ela. A cada mês torna-se mais independente, experimenta coisas novas, arrisca… mama um pouco menos, dorme um pouco mais… e enfim CRESCE. Mas não entendo como não ser acalentada enquanto ela não tem a certeza de que tudo ficara bem mesmo sozinha trará qualquer benefício para sua vida. Nascemos para ser amados e nossos filhos tem em nós a referência de amor e segurança, então passam 9 meses na barriga onde NUNCA estão sós porque ouvem sempre a voz e os batimentos do coração de sua mãe e ai quando nascem alguém escreve um livro e diz que o bebê precisa se acostumar a dormir sozinho senão é manha?? Por favor, respeito a opinião de cada família e suas escolhas, mas sejamos coerentes, quando o bebê tiver consciência para entender o que é dormir e que naquele período os pais estão próximos e que continua seguro e não “abandonado”ele mesmo adormecerá sozinho sem passar horas chorando por ser forçado a aceitar uma situação a qual não tem ainda capacidade de entender.

    • Lizzie disse:

      Concordo contigo! Minha bebê é um mês mais velha que a sua e eu compartilho da idéia que o choro de bebê é sua única maneira de se comunicar. O pediatra dela sempre nos disse que nunca, mas nunca mesmo se deve deixar um bebê chorando no berço! Muito menos até vomitar, credo! Eu sempre entendi o chorinho da minha princesa como uma solicitação. “Tô com frio”, “Tô com a fralda suja”, “Tô com dor” ou simplesmente um “Tô com medo!”. Ela passou a dormir a noite toda desde os 4 meses, no quarto dela. E continua com a mesma rotina até hoje, e sempre que ela chora, vamos ao seu encontro, pegamos no colo, tranquilizamos, procuramos pelo que pode estar incomodando ela. Muitas vezes ela volta a dormir logo, parece ter tido apenas um pesadelo. Como você disse, nascemos para ser amados! É importantíssimo que nossos filhos sintam-se amados e seguros! E como vão fazer isso sendo abandonados no berço, chorando até passar mal? Essa técnica aqui, nem pensar! Tudo tem sua época, quando ela for grandinha, vai entender que não precisa mais ser embalada pela mãe pra dormir, até lá vou continuar cantando e ninando-a, fazendo que ela se sinta segura pra dormir a noite toda.

  22. Adriana Mazur disse:

    Bem gente queria deixar aqui meu relato sobre o sono do meu Pedro, ele dormia bem em geral até chegar os 3 meses aí começou com problemas com o sono, conversando com o pediatra sobre as milhares de teorias divulgadas a respeito ele apoiou o ” ensinar dormir sozinho” e lá fomos nos tentar arduamente por duas semanas, nunca achei saudável deixa-lo chorar copiosamente por muito tempo mas íamos remediando com pequenas intervenções , cantar um pouquinho acariciar as costas para não abandona-lo totalmente. Bem lamento informar que não deu certo, e agora pensei: o que faço ? continuo com essa loucura de técnica ou sigo meu instinto? Vai parecer piegas mas acho que tantas mulheres gostariam de passar pela maternidade e lutam por isso(não foi esse o meu caso) mas enfim ser mãe é realmente um presente,o que devemos mais é curtir nossos filhos do que força-los a seguir um padrão desejável, para que me pergunto? só para dizer que meu filho é um sonho de bebê que dorme lindamente a noite toda?e que eu sou uma mãe a ser admirada porque consegui tal façanha? Nunca busquei agradar a opinião alheia, mas agora parecia contaminada com uma espécie de epidemia do bebê perfeito, aí parei e analisei que estava gastando muito mais energia com isso, do que aproveitar os momentos com meu filho ( nem que seja de madrugada) afinal tudo isso vai passar rapidinho,e quando percebermos eles estarão dormindo bem, e o mais importante sendo crianças psicologicamente saudáveis e felizes.Essa é a minha humilde opinião a respeito disso.

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Adriana, obrigada por compartilhar conosco sua opinião!

      Concordo com você que é preciso seguir nossos instintos e que ter uma criança psicologicamente saudável é o mais importante! Cada mãe sabe, no fundo do coração, o que é melhor para sua família e deve seguir esse sentimento.

      Bjs,

      Nívea

  23. Simone disse:

    Mamães, esse texto é EXCELENTE!!
    Vale a pena ler e repensar sobre essa tal técnica de deixar chorar…
    http://profissaosupermae.blogspot.com.br/2012/09/porque-deixar-o-bebe-chorar-funciona.html

  24. Tentei com meu mas velho , mas não funcionou.
    Vou tentar novamente com o pequeno , mas não agora pois ele esta com 3 semanas ainda …. Mas estou me informando sobre o assunto pra ver se alguém ja descobriu um formula milagrosa rsrsrsrs

  25. Meu filho tem 7 meses, tentei essa tecnica mas não aguentei ve-lo chorar…Ele acorda apenas uma vez na noite,mas dorme comigo na cama ,e não quer sabet de berço.

  26. Yolanda Farr disse:

    Minha filha Kate, tem 9 meses e desde que nasceu acorda de 3 em 3 horas para mamar, muitas vezes de 2 em duas horas. A Pediatra quer que eu aplique o metodo de deixar chorar… eu tentei uma vez, mas descobri que eu prefiro acordar de 2 em duas horas e acalmar minha filha com o peito e muito carinho do que ve-la chorar. Nao eh facil, mas se alguem tem que sofrer , esse alguem tem que ser eu, que sei o que esta acontecendo, pois quando tentei deixa-la chorar, ela olhava para mim como se me perguntasse; porque mamae, porque hoje voce nao quer me da carinho e o peito? Meu coracao nao suportou, peguei ela, dei muitos beijos e desde entao nao sei o que eh dormir a noite. Meninas, eh claro que eu adoraria que ela miraculosamente passasse a dormir a noite toda, mas enquanto isso nao acontece, eu cumprirei com meu papel de mae e a ajudarei nessa dificil caminhada chamada vida. Eu digo sempre a meu marido; cada bebe tem um desafio, uns choram dia e noiute sem parar, uns vivem doentes, uns nao vao com ninguem etc… a nossa tem dificuldade para dormir a noite, e nos temos que ajuda-la nesse desafio e sermos gratos que ela eh uma menina extremamente saudavel, ela nao eh chorona, ela eh um bebe adoravel, esta sempre feliz, dorme duas sonecas maravilhosas durante o dia, sorri para todo mundo… come de tudo… como posso eu reclamar que ela nao dorme a noite e obriga-la a ser independente com apenas 9 meses de idade? Ela eh apenas um bebe… vou deixa-la ser um bebe e cobra-la independencia quando ela crescer. Amo ser mae, e ser mae exige alguns sacrificios, como o de nao dormir a noite, mas se esse eh o preco que tenho que pagar para ser mae…EU PAGO COM SATISFACAO.

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Yolanda,

      Eu também cheguei a essa mesma conclusão. Eu não suportava ver minha filha chorar e por mais cansada que estivesse (e olha que eu cheguei a ficar acabada!), acaba levantando para ficar com ela. Pensar que ela pudesse se sentir abandonada deixava meu coração muito, muito triste. Então fiz a mesma opção que você.

      Bjs

      • Sandra disse:

        Amiga,
        Tem que ter coragem e sangue frio para seguir o tal nana nenè…Eu não consigo e acho desumano. Te recomendo outro livro: BESAME MUCHO, do pediatra espanhol CARLOS CONZALES…Esse cara sim entende de bebês sem cometer maldades. Bjs

  27. Vanessa disse:

    Bom..o Matheus hoje tem 7 anos, eu coloquei em pratica o ensinamento do Nana Nene e foi fantástico.

    Não se trata apenas deixar o bebe chorando no berço para dormir, existe toda uma rotina em jogo. Como era mãe de primeira viajem tinha muito medo, mas não me arrependo.
    Começei a praticar logo na maternidade, o livro trata do principio da criança ter rotina para tudo e isso acontece até hoje com o Mathues (7 anos depois)
    Como a criança tem um horário fixo para mamar, a cada 3 horas, o bebe se amamenta melhor, seu organismo acostuma a fazer “grandes” refeições e não beliscar durante o dia inteiro.
    Como ele estava bem alimentado, na hora que era para ele dormir, pois existe uma rotina a ser seguida…7:00 o bebe mama, fica acordado até as 8:30, neste horario precisamos manter a criança acordada, dando banho, conversando, contando histórias, às 8:30 ele vai dormir, neste momento ao colocar a criança no berço de preferencia acordada ela pode chorar um pouco, mas teremos certeza que seu choro não é fome, nem fralda molhada ( pois neste preiodo acordado já cuidamos disso) e pasmem uns 2 ou 3 min ele pega no sono, acostumando a dormir sozinho.Depois ele dormiria até as 10:00 horário que mamará novamente….

    Se tem prós? no meu caso sim, quando saia da rotina por causa de uma viagem e passeio era complicado…e até hoje quando queremos que ele durma conosco na cama, ele mesmo tem dificuldade em dormir conosco.
    Em compensaão todo mes crescia mais que o esperado, pois tinha noites tranquilas de sono, e como a mamãe dormia bem também, podia curtir com muito mais disposição seu crescimento, sem contar que pude ter uma rotina minha também sem prejudica-lo. Pois programava minhas saidas durante o intevalo das mamadas e quem é mãe sabe disso, as vezes falta até tempo para um banho gostoso….como a rotina conseguimos nos programar….

    Agora simplesmente deixar o bebe chorando sou contra….
    Hoje estou na casa da minha irmã ajudando a ela a montar a sua rotina…

  28. Day disse:

    Oi meninas me chamo Dayane e preciso de ajuda.meu bebe.tem quase 7 meses e não pegou mamadeira.resmunga a noite toda e não posso contar com a estratégia da mamadeira de noite ai então eu o acordava pra dar mingau na colher ou copo so que se tornou tão cansativo que voltei a dar peito aonde estou errando?

  29. Day disse:

    Ha opps kk ele dorme comigo e com o papai kkk não. Tive coragem de bota-lo para dormir sozinho
    apesar. De já esta sentindo a necessidade de coloca-lo na sua própria caminha
    penso as vezes que deve ser a alimentação dele que esta errada ou fraca e acho que e por isso que ele dorme mal

  30. Day disse:

    O q devo fazer me ajudem
    tem dias que ele não quer mingau.e não gosta de tomar a mesmo coisa todos os dias.as vezes é. Tão difícil saber se estamos acertando ou errando

  31. Alexandra Dantas de Figueiredo disse:

    Nívea, minha bebê está com dois meses, e num ato de desespero de tanto sono comprei o livro Nana Nenê. Tentei por duas noites, mas não consegui deixá-la chorar, adotei a cama compartilhada, por ela ser ainda muito pequena mama a cada duas horas, mas mama e volta a dormir. E eu fico mais descansada sem ter que levantar da cama para amamentá-la (amamentação materna exclusiva). Ela chorava muito, só não chorava dormindo, há alguns dias começamos a medicá-la para cólicas e os choros diminuiram… Agora a luta é fazer com que fique menos no colo, ela só acalma e dorme no balaço dos braços dos pais… Obrigada pelas dicas, e por me fazer refletir o quanto cada bebê tem seu ritmo e suas famílias tbm!

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Alexandra, você nem imagina como fico feliz em ler seu comentário. Acredito do fundo do coração que cada mãe sabe o que é melhor para seu filho e para sua família. Que bom que você encontrou um caminho e que está mais feliz agora; tenha certeza de que isso vai se refletir em tudo, e sua bebê naturalmente vai ficar mais calma. De pouco em pouco tudo melhora, nós conhecemos melhor o bebê e ele nos conhece melhor também.

      Grande beijo,

      Nívea

  32. Larissa disse:

    Bom ler os comentários acima e saber das diferentes opiniões. Meu bebê tem 5 meses e não tem rotina ainda por mais que eu tente, cada dia aqui em casa é um flash. Já deixei ele chorando e confesso que doeu mas foi a minha salvação por um tempo. Hoje em dia eu penso que se eu não der colinho posso sentir falta depois. Tinha dias que ele dormia super bem, não mamava a noite, mas acordava reclamando, era só colocar a chupeta que dormia, hoje é um problema para dormir, dorme depois de meia noite com muito custo e acorda depois de 4 ou 5 horas para mamar. Estou muito cansada com essa rotina e acho que se eu continuasse a deixar dormir sozinho estaria melhor. Por outro lado acho que não tem uma receita e podemos apenas amenizar quando um bebê é mais tranquilo. Com meu filho mais velho não usei nada disso, usei o bom censo de mãe, fiz o que achava certo e com 8 meses já dormia a noite inteira. Estou muito insegura agora com o segundo filho e em varios momentos tenho dúvidas em como agir. Só rezo muito para que essa fase passe logo para eu poder dormir tranquila e consequentemente ter mais paciência durante o dia e conseguir criar uma rotina saudável para meu bebê.

  33. Um dos meus medos é esse ,acho que submeter um bebê a sofrimento não vai ajudá-lo em nada, só irá traumatiza-lo, meu marido tentou e não deu conta, eu não quero tentar.

  34. meu filho chora chora mais de 1 hr em dorme …

  35. Giovanna Clara disse:

    Sei como é minha irmã de 1 ano e 8 meses não quer mas dormir de tarde é um sacrificio será que esses bebês são chatos assim

  36. Meu filho mais novo não dormiu nos primeiros dez meses de vida!!! Ele apenas cochilava por meia hora, mas no meu colo!!! Confesso que não consegui nem curtir o meu bebê nessa época e ele não desenvolvia como o esperado. Fiz o método Nana Nenê e ele foi bastante resistente, chegando a vomitar na primeira noite, mas não me arrependo nem um pouco. Ele passou a dormir a noite inteira e se tornou um bebê muito mais feliz e meu outro filho e meu marido me tiveram de volta mais feliz e descansada!!! Boa sorte

  37. Olá, minha Malu está com 2 meses e há uma semana começamos a deixá-la no berço para dormir sozinha, e tem funcionado muito bem! Nós a deixamos trocada, tomada banho (sim, quase sempre ela toma banho a noite também, além do banho da manhã!), e damos a última mamada e, então, eu a ponho no berço. Como desde que nasceu ela simplesmente não dorme muito, geralmente quando vai pro berço está acordada. Então, após colocá-la no berço saímos de perto. Nos primeiros dias ela chorava de 5 a 10 min e em seguida, adormecia. Nos últimos dias ela nem tem chorado mais, as vezes apenas choraminga, parece já estar assimilando que quando vai para o berço, é para dormir. Claro que dói deixá-la chorando alguns minutos, mas temos que ser fortes, pois essa fase de adaptação não dura muito e logo o bebê estará dormindo melhor e os pais também. E há a questão de que não a deixávamos chorando por mt tempo! Qnd eu percebia que o choro era mais intenso e durava mais que 15 min, sabia que era hora de intervir. Mas em geral o choro era de sono e agora colhemos os frutos de uma boa soneca. Espero que mais pais consigam! Sei que minha filha facilitou muito o processo, foi muito boazinha, há bebês que não aceitam essa mudança assim tão facilmente.

  38. Maria Celia Ribeiro Gargoriano disse:

    Nossa gente, eu estou buscando um resumo sobre a técnica nana nenê que FUNCIONOU para meu filho (agora já com 4 anos), mas eu só encontro a técnica do DEIXAR CHORAR ! Nossa que absurdo, eu não sei quem inventou este método horroroso que não tem nenhuma relação com o método da ROTINA DO BEBÊ ! Não acho mais nada sobre isso na internet. As mães devem estar desesperadas. O método que apliquei no meu nenê consistia em: 1) amamentar 15 min de cada lado a cada 3HORAS. Logo após brincar com o nenê (ele precisa de alguma atividade). Logo depois SONECA de no MÁXIMO 1:30 com o quarto mais claro. Ele precisa saber que é dia, mas não precisa deixar luz no rosto do bichinho. NUNCA NUNCA NUNCA deixe dormir mais que 1:30, pois aí vira SONO e não SONECA !! Horário do Banho é fixo. À NOITE, QUANDO ELE CHORAR, VOCÊ FAZ TUDO, MENOS AMAMENTAR, SÓ EM ÚLTIMO CASO !! MAS NADA IMPEDE QUE VC ABRACE SEU FILHO, BEIJE, CONVERSE BAIXINHO. FICAR COM ELE ATÉ ADORMECER NÃO VAI FAZER ELE FICAR ACOSTUMADO E SIM SENTIR-SE AMADO, PROTEGIDO. EU JAMAIS DEIXEI MEU FILHO CHORANDO NO BERÇO. COM 2 MESES ELE DORMIA 8 HORAS SEM ACORDAR. COM 3 MESES ELE DORMIA 12 HORAS (ELE MAMAVA UMA VEZ MEIO SONOLENTO APÓS 4 HORAS DE SONO, COLOCAVA ELE PARA ARROTAR E DEPOIS DORMIA 8 HORAS (E EU TAMBÉM, GRAÇAS AO BOM DEUS). É um método tão simples, tão fácil de fazer. O mesmo livro me ajudou, ajudou minha irmã (que começou a dormir a noite toda com 2 meses também) e vááárias amigas. Eu vou tentar descobrir quem inventou este livro que faz a crianças chorar, divulgando até tabelas de espera durante o choro e ainda por cima usa o mesmo nome do livro Nana Nenê. Pelo amor de Deus gente, não vamos criar adultos inseguros e medrosos !!! Ah, só para complementar, meu filho Arthur, que agora tem 4 anos, desde que aprendeu a falar, quando chega o sono ELE pede para ir para sua cama !! O meu sobrinho de 5 anos tb não tem dificuldade para dormir. A mãe fica 5 min com ele sentada na cama e pronto ! Isso porque usamos o método certo desde que nasceu !! abraços, Célia

  39. Maria Celia Ribeiro Gargoriano disse:

    Achei o link do método ORIGINAL e que FUNCIONA: livro do Gary Ezzo >>> https://queridobebe.wordpress.com/tag/alem-do-nana-nene/

  40. Eu usei o do Gary Ezzo,aqui em casa funcionou mto bem….mas ele fala mto mais de rotina do que do choro em si.

  41. Jeane de Araújo disse:

    Graças a Deus minha filha de 2 meses dorme a noite toda… mama la pelas 22:00 e depois as 06 ou 07 da manhã, sei q é muito tempo sem mamar, mas ela foi criando essa rotina por si, não precisei fazer nada….

  42. Silvia disse:

    Eu nunca tive coragem de deixar minha filha chorando…. Não concordo com este método e nunca teria coragem de experimenta-lo…. E olha que minha filha tem 2 anos e 3 meses e até hoje acorda pelo menos uma vez a noite para mamar (sim ela ainda mama no peito)….rss

  43. Amanda De Souza Bica disse:

    Mãe, que eu vou mudar sua vida inteira você já sabe, o que você ainda não descobriu é quão maravilhosa ela será com a minha chegada. Eu vou te mostrar o que significa aquele amor incondicional de mãe que você sempre quis saber. Você vai aprender que é possível sentir o que o outro sente e amar alguém mais do que a você mesma. Eu vou te apresentar um mundo totalmente novo e diferente de tudo que você já conheceu. Vou fazer você descobrir qual é o seu dom. Vou te dar o melhor trabalho do mundo, mãe, aquele que você faz com tanto prazer, que nem parece que está trabalhando. Vou te ensinar muito mais do que aprender. Mesmo tão pequeno, vou ser o centro das suas atenções e nada mais será tão importante para você. Vou te mostrar que aquela bolsa que você queria tanto, nem é mais tão necessária assim. Seu mundo vai girar em torno do fato de que agora você é mãe.
    Mas para isso, eu vou te dar muito trabalho. Vou tirar suas noites de sono, te dar olheiras e muita, muita preocupação. Vou fazer você pensar que está ficando doida, de tão cansada. Vou sujar minhas roupas com uma rapidez inacreditável. Vou querer sua atenção só para mim. Vou chorar quando quiser banho, chorar quando tiver fome, chorar quando tiver frio, chorar até mesmo quando não quiser nada, só o seu colo, mãe. Vou te ensinar que paciência é uma virtude e que é preciso treiná-la todos os dias. Vou precisar de cuidados em tempo integral, para tudo. Vou fazer birras, me jogar no chão. Sei que não será fácil para você mãe, mas é nesse momento que mais vou precisar da sua ajuda, pois serão suas atitudes perante as minhas que me ensinarão como a vida é.
    Mas sabe, mãe? Conforme eu for crescendo, aprendendo e me tornando independente, você sentirá falta exatamente das coisas que pareciam chatas. De quando você era meu centro das atenções, das birras e até dos choros no meio da noite. Sentirá saudades do meu cheirinho de bebê e até do chulé do meu pé. Vai querer que o tempo volte só por um minuto e você possa me carregar em seus braços novamente. Por isso mãe, me aproveite o quanto puder! Me dê carinho, atenção e todo ensinamento possível, para que quando for a minha vez de ter filhos, eu queira ser como você!

  44. Também usamos e tivemos resultados fantásticos com nossa Sophia! Tem que ser firme, mas não "xiita".

  45. Laís disse:

    Vou te dizer… que eu deixo chorar… mas só depois de eu ter feito tudo que eu aprendi que pode causar o choro na criança… e olha… aqui em casa funciona!! Ela chora de manha… manha de não querer dormir… ela é o tipo de criança que quanto mais muvuca, menos dorme. Ou seja, quando saímos pra restaurante, festa… ela adora! Claro, que tem um momento que ela esgota e quer dormir… mas é bem comportada até o limite dela. Se a casa tá silenciosa, ela dorme na hora sem chorar… mas se tem muita gente… vixi… ela dá trabalho…Agora ela está com a mania de me tirar do quarto para dormir, pois dormimos no mesmo quarto por falta de espaço.

  46. Amanda disse:

    Não sei onde eu li, mas o bebê pára de chorar pq desiste dos pais, desiste que eles venham socorrê-lo…

  47. Segui a técnica do “Nana Nenê” com a minha filha e hoje, agora que ela já está com 10 anos de idade, eu me sinto super arrependida de ter tirado dela o meu colinho, o meu afago, o meu aconchego, o meu denguinho… Sim, eu tirei amor da minha filha! Ao invés de amor, eu dei medo e desespero a ela, porque é isso o que o “Nana Nenê” ensina para gente fazer. O “Nana Nenê” nos ensina a abandonar e a deixar nosso bebê a própria sorte.
    Quando eu me lembro das vezes em que deixei a minha bebê chorando, sozinha, assustada, me dá remorso e tristeza. Acredito que ela somente aceitou aquela situação, porque não tinha outra opção, coitadinha; porque, simplesmente, se viu sozinha e tentou sobreviver sozinha; porque desistiu de chamar por mim e de berrar por minha presença; e porque desistiu, literalmente, de mim. Ela (bebê) já não me via como seu porto seguro, mas sim, e apenas, aquela que lhe dava comida e realizava seus cuidados.
    Minha filha hoje é um doce de criança, mas eu sinto saudade de algo que eu não dei, entende? Eu sinto saudade de ter tido ela comigo de verdade.
    O “Nana Nenê” tira o verdadeiro, o instinto de ser mãe; tira aquilo pelo qual fomos criadas, ou seja, ser mãe; faz com que o que é da nossa natureza desapareça e nos força a criar nossos filhos como animalzinhos bem treinados. Isso é assustador!
    Hoje vivo tentando reparar esse erro que o “Nana Nenê” causou a mim e a minha filha; vivo tentando ser mais presente com ela; e sempre procuro dar-lhe o maior carinho nas horas do sono, contando histórias, acariciando-a e ouvindo suas alegrias e lamúrias de seu dia a dia. Mas nada, nada disso fará com que eu volte no passado e tenha aquele bebê novamente em meu colo! Nada fará com que eu a embale novamente. Nada fará com que eu a coloque em meu peito para amamentá-la e que eu tente fazê-la parar de chorar com o meu amor! Definitivamente, nada!
    Hoje me encontro grávida novamente. Estou no 8º mês de gestação. E sabem o que eu vou fazer quando minha nova bebê nascer? Vou fazer tudo diferente do “Nana Nenê”, nem que para isso eu tenha que ser uma mãe cansada, pois, afinal de contas, melhor ser uma mãe cansada, mas feliz e realizada do que uma mãe frustrada, como o que me sinto com relação a minha 1ª filha, e, principalmente, ter um bebê feliz e sem medo.

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail