Durante a gravidez, é muito comum que as mulheres também fique com os tornozelos inchados. As causas contribuem para fatores hormonais, mecânicos, vasculares e externos. Existem vários remédios naturais e exercícios que ajudam a aliviar o desconforto.

Durante a gravidez, é muito comum que as mulheres fiquem tornozelos inchados. Os fatores que podem causar inchaço nos pés e tornozelos podem ser diferentes.

O corpo da mulher, aliás, principalmente nesta fase, retém mais líquidos devido à pressão do útero nas veias. Essa mesma pressão na bexiga também causa a necessidade frequente de urinar.

tornozelo doendo

Tornozelos vermelhos – Foto: Freepik

Publicidade

A retenção de líquido é maior no último trimestre da gravidez, mas especialmente nas últimas 2 ou 3 semanas de gestação; é um fenômeno totalmente natural e fisiológico porque o corpo está se preparando para o parto.

Durante este tempo, a pele dos pés e tornozelos parece esticada, brilhante e inchada. Como resultado, as mulheres grávidas terão dificuldade para andar e usar alguns calçados; elas também ficarão frequentemente fatigadas e sentirão um forte desconforto nas pernas.

Causas de tornozelos inchados

tornozelo doendo

Mulher sentada com a mão no tornozelo – Foto: Freepik

Fatores hormonais, mecânicos e vasculares contribuem para o edema do tornozelo.

Uma das principais causas é a retenção de líquido, uma vez que com a gravidez o sangue torna-se mais líquido e rico em plasma, enquanto os glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas diminuem.

Também sabemos que com a gravidez o número de hormônios aumenta. Na verdade, a progesterona, desempenhando a função de vasodilatador, retarda a circulação do sangue e favorece sua estagnação causando retenção de líquido.

Publicidade

Principalmente no último trimestre, o útero, aumentando de volume, pressiona tanto as veias que fica difícil o sangue, vindo das partes inferiores do corpo (pés e pernas), voltar ao coração.

tornozelo doendo

2 mãos no tornozelo vermelho – Foto: Freepik

O aumento do peso corporal devido à gravidez comprime os vasos sanguíneos dos membros inferiores, limitando, também neste caso, o retorno do sangue das veias para o coração.

Os fatores que afetam o fenômeno são o calor, que contribui para a vasodilatação, sobrepeso e obesidade.

  • Confira também: Erro na gravidez: 6 erros que muitas mulheres cometem na gestação

Quando se preocupar?

tornozelos inchados

Mulher com a mão no tornozelo – Foto: Freepik

Embora o tornozelo inchado seja um sintoma natural da gravidez, sua aparência não deve ser ignorada. Se, de fato, o inchaço for súbito e doloroso e ocorrer apenas em uma perna, pode ser sinal de trombose venosa profunda ou pré-eclâmpsia.

Publicidade

Além disso, se o sintoma estiver associado a hipertensão, dor de cabeça, vômitos ou presença de proteína na urina (proteinúria), pode ser gestose.

Nestes casos, é importante entrar em contato com o seu médico imediatamente.

Tratamentos e remédios naturais para tornozelo inchado

Dormir do lado esquerdo reduz a pressão da veia cava inferior e ajuda a facilitar a circulação sanguínea. É útil, mesmo na cama, levantar ligeiramente as pernas apoiando-as em almofadas.

tornozelos inchados

Tornozelos inchados – Foto: Freepik

Em alguns casos, seu médico pode recomendar o uso de meia-calça ou meia-calça de compressão durante o dia; além disso, é imprescindível o uso de calçados confortáveis.

Fazer massagens de drenagem linfática nas pernas e pés estimula a circulação e reduz o inchaço.

Em casa, pode-se também massagear todos os dias, os pés com géis ou cremes que desempenham uma ação refrescante.

Tratamentos de aromaterapia, acupuntura e fitoterapia também podem ser úteis.

É essencial seguir uma saudável e equilibrada dieta para evitar ganhar mais peso, causando maior pressão sobre as pernas.

Luz verde para alface, maçã, tomate e melancia que estimulam a diurese e reduzem os problemas de retenção de água. Além disso, lembre-se de limitar ao máximo o sal e os alimentos salgados, como salsichas, queijos e salgadinhos, pois contêm sódio que aumenta a retenção de água.

É fundamental beber muita água durante a gravidez.

Exercícios para tornozelos inchados

tornozelos inchados

Tornozelo doendo – Foto: Freepik

As mulheres grávidas não devem abandonar a atividade física diária; além disso, no caso de quem sofre de inchaço nos pés ou tornozelos, para aliviar ou reduzir o desconforto, mesmo durante a gravidez, é necessário intervir nos fatores externos que o causam.

Fazer caminhadas todos os dias, andar de bicicleta ou nadar em uma piscina pode ajudar a manter os vasos sanguíneos ativos.

A massagem com água, em particular, ajuda a comprimir os tecidos das pernas e reduz temporariamente o inchaço.

As gestantes não devem ficar em pé por muito tempo e, quando possível, devem fazer exercícios de rotação do tornozelo sentadas.

Para melhorar a circulação sanguínea, um remédio muito eficaz é deitar-se no chão e erguer as pernas, colocando-as na parede.