Por que adiar o primeiro banho do bebê: a ciência explica!

Por 0 Comentários


Novos estudos vêm demonstrando que o primeiro banho do bebê não precisa ser dado poucas horas depois do nascimento. Na realidade, a própria Organização Mundial da Saúde recomenda que o primeiro banho seja dado no recém-nascido 24 horas depois que ele vier ao mundo, sabia? E pesquisas realizadas em maternidades internacionais comprovam o porquê dessa orientação (os benefícios à criança, e até à mãe, são vários!). Confira os motivos que vêm sendo revelados e que justificam adiar o primeiro banho do bebê.

adiar o primeiro banho do bebê

Imagem: 123RF

Benefícios de adiar o primeiro banho

Um estudo do centro médico Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, reuniu cerca de 1.000 mães e filhos recém-nascidos, saudáveis, e os dividiu em dois grupos: em um, composto por 448 bebês, o banho foi dado logo depois do nascimento; no outro, formado por 548 crianças, o banho foi adiado. E sabe o que os cientistas observaram? Que as taxas de amamentação exclusiva no primeiro grupo corresponderam a 59,8%, enquanto no segundo foram de 68,2% (ou seja, quase 10% maior em quem teve o banho adiado).

Ainda de acordo com os resultados, os recém-nascidos que tomaram banho depois também tinham maior probabilidade de seguirem um plano de alimentação complementar que incluía o leite humano.

A explicação, segundo os pesquisadores, está no maior tempo de contato pele a pele que o bebê e a mãe têm ao adiar o banho, além do cheiro que permanece neles por mais tempo (o cheiro do líquido amniótico dentro do útero tem similaridade ao do seio, mais um incentivo para os pequenos mamarem no peito).

Mais uma explicação estaria na temperatura: bebês no grupo do banho retardado eram mais propensos a ter temperaturas estáveis após o primeiro banho. Ou seja, eles não sentiam tanto frio quanto os que tomaram banho logo após o nascimento.

Essa associação já havia sido feita por uma enfermeira no Advocate Sherman Hospital, também nos Estados Unidos. Ela observou que adiar o primeiro banho por 24 horas pode reduzir de maneira significativa o risco de que o recém-nascido apresente quadros hipotermia (perda de calor) e hipoglicemia (queda de glicose). Ela conduziu uma pesquisa no hospital e relacionou o benefício ao maior tempo que o bebê fica com o vérnix no corpo quando o banho é adiado. Com a descoberta, ela deu início a uma nova política, adotada por várias maternidades, para adiar o primeiro banho.

Há especialistas que indicam que o primeiro banho seja até mesmo dado em casa, pelos pais. Converse com o seu médico para saber qual recomendação ele indica. Tire suas dúvidas e faça a melhor escolha para o seu filho.

Você também vai adorar:


 



Arquivado em: Cuidados diários Tags:

Deixe seu comentário