Caspa em crianças: saiba o que causa e como tratar

Por 0 Comentários


Além dos temidos piolhos, as crianças podem ser vítimas da caspa. O problema, que atinge o couro cabeludo, muitos adultos conhecem: trata-se de uma espécie de pozinho branco que se acumula na raiz dos cabelos e que em alguns casos pode até cair nos ombros e nas roupas. Quer saber como tratar caspa em crianças? Pois então veio ao post certo!

Assim como acontece com os adultos, a caspa em crianças tem origem na oleosidade excessiva dos cabelos e, muitas vezes, está relacionada ao estresse. A boa notícia é que o tratamento é fácil, não se trata de algo contagioso e nem oferece maiores problemas.

A seguir, você confere mais informações sobre a caspa e dicas para tratá-la de forma eficiente no seu filho. Confira!

caspa em crianças
Imagem: 123RF

Causas da caspa

A caspa é chamada na medicina de dermatite seborreica. Trata-se de uma alteração no corpo provocada pelo excesso de gordura no couro cabeludo (e também há casos em que é causada por um fungo). Nos bebês, o quadro é conhecido como crosta láctea.

Logo, situações que agravam essa produção exagerada de gordura acabam desencadeando o problema, como é o caso do estresse, variações de temperatura ou mesmo o fato de dormir com os cabelos úmidos.

A criança com caspa terá descamação do couro cabeludo (o pozinho branco) e poderá ainda sentir coceira no local e apresentar lesões avermelhadas. Lembrando que, além da cabeça, a caspa pode aparecer nas sobrancelhas, nas orelhas e nas dobras da pele (como é desencadeada pelo excesso de gordura, ela se manifesta em partes do corpo onde são produzidos óleos pelas glândulas sebáceas).

Tratando (e prevenindo) a caspa em crianças

O tratamento deve ser indicado por um dermatologista. Em alguns casos, um shampoo neutro dá conta de acabar com a caspa. Porém, em outros, podem ser indicados cosméticos que contenham medicamentos, como os antifúngicos ou à base de ácido salicílico.

Identificar a causa da caspa também faz parte do tratamento. Observe se a criança anda dormindo com os cabelos úmidos ou se tem passado por mudanças (o problema pode ser decorrente da troca de escola ou da época de provas, por exemplo). Se for algo emocional, procure entender o que o pequeno está passando e acolha o seu filho (às vezes uma conversa é tudo o que ele precisa para se sentir melhor).

E para completar o tratamento da caspa em crianças (e como forma de evitar novos quadros), vale seguir alguns cuidados na hora do banho, como: lavar os cabelos em dias alternados, preferencialmente pela manhã e deixá-los secando soltos e naturalmente (caso precise lavar à noite, seque antes de o filhote ir deitar; nunca deixe-o dormir com os fios úmidos, pois além do perigo da caspa pode desencadear problemas respiratórios).

Por fim, durante o tratamento contra a caspa não é indicado fazer hidratação nos cabelos da criança, para não acarretar acúmulo de gordura. Shampoos anti-caspa de uso adulto também não são recomendados (siga sempre a orientação do dermatologista sobre qual produto usar no seu filho).

Veja também outro problema comum em crianças, desencadeado por várias causas, inclusive pelo estresse: aftas!


 



Arquivado em: Cuidados diáriosSaúde Tags:

Deixe seu comentário