Se você tem uma criança pequena em casa, provavelmente já se perguntou o que fazer com um nariz sangrando repentinamente. A ocorrência não é incomum – em alguns pequeninos, basta o clima mudar para o sangramento ocorrer.

A boa notícia é que, felizmente, não costuma ser nada grave. Mas seja qual for a causa, nessas horas é importante saber como ajudar a criança com o nariz sangrando, para que o incômodo cesse rapidamente e não cause problemas.

A seguir, você confere mais informações sobre o que fazer quando o nariz sangrar (quadro chamado na medicina de epistaxe). E se tiver algum segredinho que ajude seu filho nessas horas, conta depois nos comentários, combinado? Certamente pode ajudar outras mães que passarem por aqui.

Vem ver!

Publicidade
nariz sangrando em criança
Imagem: 123RF

Por que o nariz sangra?

A hemorragia nasal mais comum é a chamada hemorragia prévia, que é quando o sangue escorre pelas narinas, geralmente pelas paredes que as dividem. Nesse caso, o sangramento muitas vezes está relacionado a traumas, irritação ou ressecamento da mucosa do nariz. Por isso, é mais comum o nariz sangrar nos meses de outono ou inverno, período em que essa parte do corpo costuma ser mais acometida por inflamações e alergias, devido ao tempo frio e seco.

Outros motivos que podem levar ao sangramento são batidas, excesso de força ao soprar ou coçar o nariz, ou ainda o fato de colocar um objeto estranho nas narinas. Doenças como hemofilia, problemas nos rins e alguns tipos de câncer também estão relacionados ao quadro, por afetarem a coagulação do sangue.

Mais um tipo de hemorragia nasal que existe é o sangramento posterior. Bem mais raro que o tipo prévio, ele afeta a parte mais profunda do nariz e exige tratamento.

Como parar o sangramento

O mais indicado para cessar o sangramento é pedir para a criança se sentar confortavelmente e, com um pedaço de lenço ou papel higiênico, segurar as narinas com os dedos em forma de pinça (com o indicador e o polegar), firmemente mas sem forçar, com a cabeça um pouco inclinada para a frente. Deve-se permanecer nessa posição durante cerca de 15 minutos.

Durante esse período, a respiração deve ser feita pela boca. E é fundamental manter a cabeça em um nível mais elevado que o resto do corpo (por isso a posição sentada é a mais indicada; deitar a criança não é recomendado).

Geralmente, depois desse intervalo, o sangramento para. Caso não cesse ou seja muito recorrente, procure um otorrinolaringologista para uma avaliação mais detalhada. Se for o caso, uma cauterização pode ser indicada. Também vale ressaltar que se o sangramento nasal ocorrer em uma criança menor de 2 anos, é fundamental procurar atendimento médico.

Publicidade