Mabu Resort: um super hotel perto das Cataratas do Iguaçu!

Por 0 Comentários


Quem acompanha o Instagram do blog sabe que recentemente viajei para Foz do Iguaçu com Catarina. Foi nossa primeira viagem mãe e filha, sem meu marido, que acabou ficando em São Paulo por questões de trabalho. Justamente porque viajaria sozinha com ela, escolhi um destino no qual eu me sentiria segura. E parte do plano era ficar em um resort, para simplificar toda a logística que crianças exigem: por isso escolhi o Mabu Resort (Mabu Thermas Grand Resort), que fica pertinho das famosas Cataratas.

A praia termal do Mabu Resort é simplesmente incrível! Água quente e verde, como nos hotéis de Cancún!

Eu já tinha ouvido falar bastante sobre o Mabu Resort: algumas amigas que haviam ido a Foz do Iguaçu gostaram muito e deram ótimas recomendações. Além disso, um dos grandes motivos da escolha foi o fato de ser um hotel com águas termais – isso mesmo, quentinhas! Quando estivemos lá, em dezembro, estava calor (e assim mesmo aproveitamos demais a água quente – voltávamos dos passeios por volta das 17h, e ficávamos na piscina até escurecer!). Mas na maior parte do ano não é tão quente assim em Foz, o que torna o Mabu irresistível nesse aspecto.

Dica: eu fui para o Mabu com uma promoção do Zarpo Viagens, um dos maiores sites de viagens do país. Já comprei outras viagens com eles (inclusive para a Amazônia), e confio bastante, porque os preços realmente são mais baixos e o atendimento é nota 10, nunca tive problema. Vale a pena dar uma olhada aqui pois você pode aproveitar o desconto também (basta preencher um cadastro rápido e você já tem acesso às datas e valores. As datas em laranja são as mais baratas, mas cheque também as azuis, pois a diferença pode ser pequena).

Assim que chegamos fomos para o quarto: bem amplo, com frigobar, TV, duas boas camas de casal, e vista para muitas árvores. Pegamos o quarto de categoria mais simples, e ele nos atendeu perfeitamente. Tudo funcionando: chuveiro gostoso, secador, amenidades (shampoo, condicionador, hidratante). Ou seja, super gostoso e muito bacana para o valor da diária do resort (eu pessoalmente achei o custo-benefício BEM interessante).

Mabu Resort quarto
Nosso quarto no Mabu Resort

Reservamos o primeiro dia em Foz para curtir apenas o hotel, que por si só é um grande programa. Além da enorme praia termal, o resort tem várias piscinas, inclusive uma infantil, com toboáguas, esguichos, o famoso balde que vira de tempos em tempos, dando um banho na criançada que fica embaixo esperando. Cacá se divertiu demais, não queria sair de lá! Aliás, para quem tem filhos esse é o principal ponto de encontro do hotel, porque as crianças vão de um toboágua para o outro, num ciclo que não tem fim. A melhor parte é que você fica só olhando, dentro da água quente e relaxando!

O Mabu é também o hotel do Sítio do Pica-Pau Amarelo, sabia? Algumas áreas do resort são temáticas, decoradas com os personagens que a criançada ama. Tem, por exemplo, o parquinho do Pedrinho, um refúgio gostoso para as horas de sol forte (porque ele fica rodeado de árvores, e bem fresquinho). Na brinquedoteca, um espaço em que os monitores reuniam as crianças para várias atividades, tinha o camarim da Narizinho, e por aí vai. Mais uma dica: vale a pena baixar o aplicativo do hotel quando estiver lá, porque assim você sempre sabe qual é a atividade que está acontecendo (em onde seu pequeno está brincando com os monitores. Achei o máximo, super prático).

Parquinho do Mabu Resort

Bem ao lado da brinquedoteca ficava outros espaços super úteis para mães e pais: o fraldário (uma salinha bem montada, com banheira e trocador para os bebês) e a copa do bebê, aberta 24 horas por dia.

Copa do bebê no Mabu Resort
Copa do bebê no Mabu Resort
Fraldário do Mabu resort
Fraldário do Mabu Resort

Sobre alimentação: o Mabu Resort oferece a opção de diárias com café da manhã, com meia pensão ou pensão completa. Ficamos com pensão completa, porque acho mais cômodo com crianças (você não precisa sair do hotel para comer, se o filho está cansado tira uma soneca no quarto em seguida, e ninguém se estressa). Recomendo que você pegue pelo menos a meia pensão, porque o hotel fica próximo das cataratas, e não no centro da cidade (e só no deslocamento até lá você gastaria um valor que não compensa).

Mabu resort café da manhã
Café da manhã no Mabu
café da manhã no Mabu
Mabu café
Eu só ficava de olho no waffle com calda de chocolate!

O resort tem dois restaurantes que funcionam em esquema de buffet, e que geralmente se alternam para atender os hóspedes. Há também um terceiro, à la carte, pago à parte para quem quiser uma experiência mais refinada, e a opção de lanches na piscina. Ficamos nos dois primeiros, e notei que sempre havia uma ou duas opções de sopa (mães de bebês sempre gostam de saber). Além disso um peixe, uma carne, uma ave e acompanhamentos. Confesso que a melhor parte, para mim, foram as sobremesas (experimente a mini torta de morango, é maravilhosa!).

Por fim uma novidade bem legal do hotel é a abertura do Blue Park em dezembro de 2018, um parque aquático ao lado do Mabu! Os hóspedes do resort têm entrada gratuita no parque, e também um horário diferenciado: podem entrar uma hora antes do público geral. Só fiquei sabendo do parque quando cheguei lá, por isso não havia programado um dia para ele, e acabou não dando tempo de conhecer. Mas pelo que vi da estrutura do lado de fora parece MUITO bonito, e vale separar um tempo para curti-lo.

Enfim, adoramos o hotel e voltei indicando para várias amigas. Quando voltar a Foz do Iguaçu, com a família completa (porque o marido ficou morrendo de vontade de ir, depois de ver as fotos), certamente pretendo ficar lá novamente.

*O desconto no Mabu Resort pode ser encontrado nesse link.


 



Arquivado em: DiversãoViagem Tags:

Deixe seu comentário