Como acalmar o bebê

Por 20 Comentários


Como já contei em outro post, Catarina foi daqueles bebês que nos primeiros meses chorava inconsolavelmente. E eu, mãe de primeira viagem, sem saber por que ela chorava tanto (cólica? Refluxo? Cansaço? Ah, talvez seja fome, e dá-lhe peito de novo), tinha meus momentos de Maria Maluca. Como ela se recusava a pegar a chupeta, era difícil acalmá-la para dormir. E vivíamos um ciclo vicioso, de cansaço e choro.

Aos poucos, fui desenvolvendo técnicas para acalmá-la e facilitar que pegasse no sono. E queria compartilhar esse precioso conhecimento com vocês (sim, digo precioso porque não há nada mais divino do que o silêncio após horas de choro). Então, se está difícil acalmar seu filhote, veja as dicas abaixo (e prometa que só vai rir um pouquinho da minha cara, imaginando que realmente eu fiz tudo isso):

1) Recorra à chupeta. Não é por acaso que a tradução em inglês para chupeta é pacifier (olha aqui o pacificador entrando em ação!). Se seu filho se recusa a pegar a chupeta ou você decidiu não dá-la ao bebê, siga para a dica 2.

2) Dê uma volta com o bebê no carrinho. Quando o tempo fechava lá em casa, eu colocava a Catarina no carrinho e saía para andar. Normalmente eu conseguia que ela dormisse. Melhor ainda se for uma rua de paralelepípedo, porque o carrinho dá uma balançada de leve e o bebê dorme mais rápido.

3) Use sons calmantes, os chamados ruídos brancos. Sons que eu já testei e que eu sei que facilitam o sono do bebê: secador de cabelos, aspirador de pó, ventilador. Em um período que Catarina acordava muitas vezes durante a noite, deixar o barulho do ventilador ligado diminuía em cerca de 50% as acordadas noturnas. Atualmente tem até aplicativo de IPhone que emite esses sons, dê uma olhada.

4) Ligue o rádio. Quando Catarina começava a chorar, era difícil fazer com que ela parasse. A impressão que me dava era de que ela ouvia o próprio choro e que isso a irritava ainda mais. No pico da crise de choro, quando eu já havia tentado as alternativas anteriores, eu ligava o rádio, mas nas alturas! Em geral ela parava de chorar e prestava atenção na música (deixe o rádio ligado por um tempo razoável depois que o bebê dormir, senão você corre o risco dele acordar assim que você desligar o som). Peça depois desculpas aos vizinhos.

5) Como último recurso, sempre existe o carro. Não recomendo que você faça isso sempre, para que o bebê não acostume a dormir sempre desse jeito (já imaginou ficar dando voltas toda madrugada?). Mas de vez em quando, no limiar das suas forças, é válido.

É claro que estamos falando de condições normais, em que você já se certificou de que seu bebê não está incomodado, com fome, frio/calor ou doente, certo?
E você, tem alguma dica para acalmar o bebê? Conta pra gente porque isso toda mãe quer saber!

Quer ler mais sobre cuidados diários com o bebê? Clique aqui.



Arquivado em: Cuidados diáriosDicas de mãe

Comentários (20)

Trackback URL

  1. Gabis Miranda disse:

    Secador de cabelos, aspirador de pó?! Sério, essa eu não sabia e jamais imaginaria! Rs O meu Ben não dormia a noite no seu primeiro mês de vida. Nossa, eu lembro que eu chorava de tanto desespero. Mas ele sempre foi calmo, ele simplesmente não queria dormir. Na época, como eu acabava não dormindo tb, li o Livro Nana, nenê. Fica a dica! Para minha alegria, satisfação e noites completas de bom sono, meu Ben dorme a noite toda desde que completou um mês e uma semana. Rsrsrs

  2. Oi, Gabis, é sério, esse tipo de ruído funciona bastante (minha cunhada me disse que meu sobrinho dormia quando ela ligava a batedeira, rsrsrs). Mas esqueci de falar que isso funciona quando os bebês são pequenos, nos primeiros meses. Acho que até os seis meses funcionava com a Catarina. Depois eles crescem e o barulho acaba sendo fonte de curiosidade, e aí o efeito acaba.

  3. Minha filha adora tv, quando ela ja esta muito nervosa, eu ligo a tv em um canal bem colorido. Ajuda a dar uma acalmada.

  4. no canal da tv cultura é o mais indicado , programação própria pra ela

  5. Márcia Sanches disse:

    Minha filha só dorme com o exaustor ligado. A noite acorda várias vezes procurando peito, não é para mamar, apenas pra chupetar, pois ela não pega chupeta, não pega mamadeira, não toma o leite em pó… é bem complicado. Ela está com 8 meses. Será que o barulho do exaustor pode prejudicá-la? Beijos!

  6. Márcia, vc já tentou dar o seu leite para ela na mamadeira? E testou todos os bicos? O pediatra do João, aconselhou a iniciar a mamadeira com água, ele odiava! Aí fui testando as diversidades de bico que tem no mercado, até que um dia ele pegou! E só depois que pegou a mamadeira que ele aceitou a chupeta…aí foi um sossego…a partir daí ele dorme facinho e não é uma criança viciada em mamadeira e chupeta viu, a gente precisa saber dosar e dar apenas na hora certa. Com o João, ele não pegava a mamadeira de jeito nenhum…aí decidi colocar regra…em determinadas mamadas eu sempre naquele horário oferecia a mamadeira, só depois dele mamar pelo menos umas 30ml na mamadeira é que eu dava o peito. Eu estava desesperada, precisava voltar ao trabalho.

    • marcia disse:

      Oi Karen, pois é menina, tá difícil essa parte. Já tentei 3 tipos diferentes de bico, já tentei meu leite, chupeta nem pensar, tentei uns 5 tipos, rs. Tô até meio preocupada, pois ela não tem tomado líquido, só o meu leite e suquinho na colher, rs. Mas vou tentando, só não posso desistir. Comprei tbm o copinho de treinamento e nada 🙁

  7. Se não funcionar nada disso, tente o copo de treinamento da nuck, depois que ela pegar, quando ela estiver caindo de sono, tente a chupeta!

  8. Ah, o João só dorme com o barulhinho da TV, ele nem olha pra ela, mas o barulhinho baixinho no fundo tem que ter!

  9. Ma a Nicolle so dorme com o ventilador ligado…pq causa do barulho rsrs

  10. Márcia, se o barulho for baixo, não tem problema. Esse tipo de ruído é um truque usado por muitas mães, já há muito tempo! O problema é quando o barulho é constante e muito alto. Bjs!

  11. Vanessa disse:

    Nívea! Adoro seu blog! Super me identifico com seus textos! Tenho uma bebezinha de 2,5 meses e tb chora muito! Estou tratando para refluxo nas vejo que o choro normalmente se manifesta na hora de dormir… Até quando a Catarina chorou para dormir?

    • Patricia disse:

      Super idem VANESSA parei com os remédios de refluxo o problema está relacionado ao sono mesmo a falta dele!! A minha está com 3 meses!! Será que passa??

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Vanessa, tudo bem?

      Olha, o choro para dormir foi progressivamente melhorando, mas demorou muito para passar. A fase mais difícil durou uns 8 ou 9 meses. Depois foi ficando mais fácil, as sonecas começaram a se estender, e as coisas foram entrando nos eixos.

      Sabem que de tanto conversar com muitas mães vejo que muitos casos de refluxo tratados com medicamentos são, na verdade, bebês com problemas crônicos de sono, que choram MUITO, engolem MUITO ar, e acabam regurgitando? Claro que há casos e casos, mas é importante estar atenta a esse aspecto.

      Grande beijo,

      Nívea

  12. Fernanda disse:

    Eu vi um vídeo em que o pediatra enrolava o bebê em um coero, começava a balançar e fazer um chiado com a boca bem pertinho do ouvido do bebê, eu fiz isso com meu Pedrinho da super certo!

  13. Gabriela Figueiredo disse:

    Pra acalmar minha pequena coloco ela no sling. Ela para na hora de chorar.

  14. Kathy Lacerda disse:

    patati patatá é meu santo remédio… Luquinhas tem 6 meses

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail