7 itens que não podem faltar no enxoval do seu filho (e talvez você não tenha colocado na lista!)

Por 6 Comentários


Tem coisa mais gostosa do que comprar o enxoval do filhote? Eu me lembro da sensação de separar cada uma das peças que Catarina usaria – tudo foi escolhido com muito carinho para a chegada da pequena. E depois que o bebê nasce, sempre existe um item ou outro que descobrimos não ter (ou que temos, mas em quantidade muito menor do que havíamos previsto inicialmente). Por isso, o que não faltam são dúvidas de como fazer as escolhas certas e organizar a lista de enxoval perfeita!

É claro que não existe uma única listinha que atenda a todos os gostos – como as famílias e os bebês são diferente, as necessidades também mudam! Mas separei alguns itens que eu, particularmente, considero interessantes para se ter em casa, além das roupinhas, que certamente você comprará. Vem dar uma espiadinha (clique em cada imagem para ver onde encontrar o produto):

1) Saquinhos de maternidade: eles ajudam bastante na organização das roupinhas que serão usadas nos primeiros dias. Dentro de cada um, você pode deixar separado um body, uma calça, luvinhas, um gorrinho, um macacão e uma manta coordenada. E se você acha que eles não terão utilidade no futuro, engana-se: eu continuo usando até hoje os de Catarina, para separar calcinhas, enfeites de cabelo e outros itens, sempre que vamos viajar, e, no dia-a-dia, para deixar as gavetas arrumadas. Se quiser deixá-los ainda mais charmosos, opte pelos personalizados, com o nome do bebê (ficam lindos!).

2) Fralda de ombro: todo mundo sabe que as fraldinhas de boca são indispensáveis para o primeiro ano do bebê. Mas se você não comprou também as de ombro, não deixe de providenciá-las! Você descobrirá mil e uma maneira de utilizá-las: para cobrir seu ombro no momento de colocar o bebê para arrotar, para colocar sobre a roupa de uma visita que quer segurar o bebê (assim você garante que não ocorrerão “acidentes”, e o que é ainda mais importante: que o pequenino não terá contato com certos tecidos que podem irritar sua pele sensível) e até como naninha, para fazer o filhote dormir. Prefira aquelas feitas em Cremer luxo, um tecido de algodão super macio, que permite que o rostinho do filhote fique encostado, sem empipocar.

3) Toalha de banho: já pensou que você precisará de modelos diferentes de toalha, um para cada fase do seu filho? Para os primeiros meses, a toalha-fralda é a mais indicada, pela maciez e flexibilidade (dessa forma você conseguirá enxugar todas as dobrinhas, evitando as temidas assaduras). Conforme o bebê cresce, surge a necessidade de um produto com maior absorção, como a toalha de felpa. Se estiver em dúvida do que pedir, opte pelos modelos que unem a fralda e a felpa, pois serão usados por um longo tempo. Uma outra dica interessante é escolher aquelas com capuz, que protegem a cabecinha e o ouvido do bebê do frio. Fuja de toalhas com pedrarias e bordados grosseiros, que podem machucar a pele do bebê ao enxugar.

4) Sapatinho: em algum momento você desejará sair com o bebê mais arrumadinho, e eles serão necessários (os pezinhos ficam tão graciosos!). Minha dica, nesse caso, é optar pelos modelos de tecido fino e molinho (eu, por exemplo, comprei sapatinhos de couro e nunca usei, porque obviamente são desconfortáveis para os pequenos! Mas é difícil enxergar isso antes de ser mãe!). Há sapatinhos de algodão, que vestem como meias, e que são muito interessantes, assim como os rendados, que ficam lindos em uma produção mais clássica. O clássico sapatinho vermelho também deve fazer parte da sua lista, já que é um símbolo de boa sorte, saúde e felicidade para o bebê!

5) Kit carrinho: eu não comprei antes do nascimento de Catarina, e me arrependi. Porque Catarina passava muito, muito tempo no carrinho, para ficar mais perto de mim (o berço acabou ficando apenas para a noite). Há modelos coordenados com o lençol do berço, que são um charme!

6) Pano de chupeta: é um item básico, prático e de baixo custo. Você pode usar para prender a chupeta (quando ela não está na boca do bebê) e enxugar a babinha (como um pano de boca), ou em uma função mais original: para prender na alça do sutiã e utilizá-lo enquanto amamenta (sempre vaza um pouquinho de leite, e um pano à mão, nessa hora, é muito bem-vindo!).

7) Manta: você vai usá-la dentro e fora de casa, por isso é um item indispensável no enxoval dos pequenos. Além de proteger o bebê das variações de temperatura, serve para acalmá-lo (quando você o enrola) e o deixa elegante, mesmo nas breves saídas. As de suedine ou algodão egípcio são as mais indicadas para o uso diário (e, mesmo quando o filhote está maiorzinho, servem como cobertor ou forrinho confortável). Já as bordadas e com rendas são indicadas para aparições memoráveis, como a saída da maternidade, um evento importante ou o batizado do bebê.

Todos os itens que eu mostrei aqui são de uma loja online que é parceira do blog, e que eu recomendo porque tem produtos de alta qualidade, com um custo acessível e com um visual incrível: a Xique Xique Brasil. Eles enviam para todo o Brasil e você recebe na comodidade da sua casa. Para quem quiser conhecer tudo o que eles oferecem para o enxoval do bebê (tem cada coisa linda!), recomendo uma visita no site – clique aqui.

E acompanhe também o Instagram da marca, que tem uma peça mais bonita do que a outra – clique aqui.

selo




Arquivado em: Enxoval do bebêPublieditorial Tags:

Comentários (6)

Trackback URL

  1. Jaque disse:

    Olá!parabens pelo blog – eu adoro!!
    Desta vez não terá desconto para as leitoras do blog?!

  2. Bruna Silva disse:

    linda paginaa, tudo perfeito…

  3. Fabíola disse:

    Nossa, cada coisa linda!

  4. Djullia disse:

    Quadrados de algodão tbm não pode faltar! 🙂
    lenços umedecidos causam alergias e irritações.. nada melhor que algodão puro.

  5. Fernanda disse:

    O de que consigo encontrar este saquinho de maternidade ?? Ele é mto fofo !! E parabéns pelo blog ! ☺️

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail