Vaporizador ou umidificador de ar, o que comprar?

Por 12 Comentários


Esses dias de tempo seco estão testando a saúde de todos nós, não é mesmo? Se você tem criança em casa, o cuidado então deve ser redobrado. Os pequenos são mais susceptíveis a problemas respiratórios, e tudo o que mamãe e papai puderem fazer para aliviá-los, é muito bem-vindo! Hoje fui ao pediatra de Catarina, e conversamos sobre a necessidade de comprar um aparelho para amenizar a baixa umidade do ar (que nos últimos dias aqui em São Paulo tem ficado por volta dos 20%; baixa demais!). Você sabe se é preferível comprar um vaporizador ou um umidificador de ar? Pois bem, eu não sabia. E quero dividir esse aprendizado com vocês.

Vaporizador é um aparelho com tecnologia mais antiga, que aquece água no seu interior até o ponto de ebulição. Assim, a estratégia desse equipamento é aumentar a umidade do ar liberando vapor de água (quente). Pontos positivos: custa mais barato e não libera no ar bactérias, uma vez que a água foi fervida. Pontos negativos: corre-se o risco de queimaduras em crianças, pois o vaporizador fica muito aquecido. Além disso, as gotículas de vapor quente são grandes, e com pouco tempo de uso já há saturação da umidade do ambiente. Conclusão: o excedente de água que o aparelho continua liberando se precipita, acumulando-se nas paredes e móveis. Com isso, favorece o aparecimento de mofo, que é um dos grandes causadores de problemas respiratórios. Vaporizadores normalmente funcionam até que a água de seu compartimento acabe, e portanto não são auto-reguláveis.

Já o umidificador é um dispositivo mais recente, e um pouco mais caro. Grande parte deles usa a tecnologia ultrassônica, que quebra as partículas de água em gotículas pequenas, liberando no ar uma névoa fria. A saturação do umidade do ar é atingida mais lentamente, e muitos modelos possuem um higrômetro acoplado, que permite sua auto-regulação. Dessa forma, o aparelho desliga automaticamente quando é atingida a umidade previamente programada. Pontos positivos: a chance de provocar bolor é muito menor e não há risco de  queimar os filhotes. Ponto negativo: você deve ser rígido com a qualidade da água que colocar nele (use sempre filtrada e renovada, para evitar o acúmulo de bactérias, uma vez que essa água não será fervida). E é também mais caro.

Enfim, então qual é a conclusão, devo comprar um umidificador ou um vaporizador? Resposta: um umidificador de ar, preferencialmente. E mesmo nesse caso, restrinja seu uso a dias de baixa umidade relativa do ar. Se puder, compre um com higrômetro acoplado e auto-ajuste. Se achar muito caro, opte por um mais simples e compre separadamente um higrômetro (há modelos bem baratinhos), que te ajudarão a saber se é hora de desligá-lo. O ideal é que a umidade do ambiente fique em torno de 60%.

umidificador nuk

Umidificador de ar Nuk, com higrômetro acoplado e auto-ajuste

higrômetro digital

Higrômetro digital

 

 

Clique para saber mais sobre coisas de casa.

 




Arquivado em: Coisas de casaComprasCuidados diáriosSaúde Tags:

Comentários (12)

Trackback URL

  1. joyce disse:

    Estou querendo comprar um breve,foi bom saber sobre esse tal de higrômetro,foi bom saber,valeu!!!

  2. Day Astir disse:

    ADOREI SABER ISTO, ME AJUDOU MUITO A ME DECIDIR.

  3. Bete Leme disse:

    o meu acumula água ao redor nos móveis, isso é comum????

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Bete.

      Isso não é normal, não. Provavelmente ele está liberando vapor demais. Se houver alguma regulagem, vale a pena diminuir a liberação do vapor.

      Será que ele é um vaporizador ou um umidificador? Lembrando que os umidificadores são melhores.

      O problema de acumular água ao redor dos móveis é favorecer o aparecimento de fungos no local, o que, com o tempo, pode causar alergias respiratórias em toda a família.

      Bjs,

      Nívea

  4. Sílvia Garcia disse:

    Valeu pela dica. Tirou todas duvidas que eu tinha. Abracos!!
    😉

  5. Christyene disse:

    Muito obrigada!

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail