Tag: papo de mãe

Tem dias em que não dá para não chorar

Por 0 Comentários
Tem dias em que não dá para não chorar

Tem dias em que você levanta, corre até o berço, amamenta, troca a fralda, coloca para arrotar. E quando você acha que conseguirá tomar um copo de leite de café da manhã, você ouve aquele barulhinho dizendo que um novo cocô veio, e que você terá que trocar seu filho novamente. Puxa, um barulhinho tão […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Porque existem anjos ao nosso redor…

Por 0 Comentários
Porque existem anjos ao nosso redor…

No texto de hoje, nossa querida Flávia Girardi (que começou como leitora do blog, e hoje contribui com seus posts encantadores), fala sobre os momentos em que você acha que sua vida está muito difícil… Até que um anjo, seu filho, te mostra outras formas de ver a vida. Outros textos dela você acompanha em […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Uma boa mãe é cada vez menos necessária

Por 0 Comentários
Uma boa mãe é cada vez menos necessária

O tempo está passando muito depressa por aqui. Quando vejo Catarina já com 7 anos, e percebo que foi num piscar de olhos, imagino que da próxima vez em que eu parar para pensar ela terá 14. Outro dia mesmo ela era um bebê, e eu uma mãe zumbi, que passava as noites em claro, […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

As coisas em que eu paguei a língua como mãe

Por 1 Comentário
As coisas em que eu paguei a língua como mãe

Quando a gente vira mãe, se depara com uma chuva. Chuva de água? Não! Chuva dos “cuspes” que a gente deu para cima quando ainda não tinha filhos, achando que eles nunca cairiam na testa. A imagem é cômica, claro, mas reflete de alguma forma o que quase todas as mães que eu conheço viveram. […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Ser mãe depois dos 30…

Por 0 Comentários
Ser mãe depois dos 30…

Eu tinha 30 anos quando engravidei de Catarina. Talvez até tivesse decidido esperar um pouco mais, se houvesse me casado mais tarde. Só que aos 26 eu já era esposa, e com 29 comecei a tentar ser mãe. Até que, por uma dessas surpresas da vida, recebi um diagnóstico de menopausa precoce. Segundo os médicos […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Eu me tornei mais seletiva com as amigas, depois que virei mãe

Por 3 Comentários
Eu me tornei mais seletiva com as amigas, depois que virei mãe

Outro dia estava pensando nos relacionamentos que uma pessoa tem, e como eles vão te moldando aos poucos (quem já viu Moana sabe que é justamente isso que a avó dela canta, numa das partes mais emocionantes do filme. Pois é, mãe também assiste aos desenhos da Disney, e fica filosofando). Primeiro a relação com […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Os incríveis dois anos…

Por 3 Comentários
Os incríveis dois anos…

Seu filho já chegou aos 2 anos? Como foi essa fase? Lembro que, para mim, a passagem dessa idade para os 3 anos foi uma transformação nítida da Cacá, de bebê em menina. No texto de hoje, nossa querida Flávia Girardi (que começou como leitora do blog, e hoje contribui com seus posts encantadores), fala […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Uma simples cabana…

Por 0 Comentários
Uma simples cabana…

Por Flávia Girardi (autora do blog Cartas para Alice, acompanhe aqui) Vi outro dia no Instagram a foto de uma menininha brincando em uma “cabaninha” improvisada debaixo da mesa, e fiquei me perguntando: “por que será que gostamos tanto de complicar as coisas?”. Por que, para a gente, os-adultos-que-acham-que-sabem-tudo, as coisas são sempre mais pesadas e […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

O que o berço da minha filha contaria, se pudesse

Por 1 Comentário
O que o berço da minha filha contaria, se pudesse

O que o berço do seu filho contaria, se pudesse? Falaria sobre momentos de preocupação, de cansaço, de doença, de amor? É sobre isso o post de hoje da querida Flávia Girardi (que honra ter sido a inspiração para ele, com um post antigo do blog!). Outros textos lindos dela você acompanha em seu blog, […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags:

O que uma mãe faz quando está triste

Por 0 Comentários
O que uma mãe faz quando está triste

Tristeza é um sentimento difícil. Porque não é como a raiva, que te faz explodir, e liberar toda a energia que ela te traz. Não, tristeza é aquele pontinho que dói, dói, e você não tem como arrancar. Ele não explode, não pulsa para fora – parece o contrário, que ela vai entrando e deixando […]

Leia Mais

Arquivado em: Papo de mãe Tags: