Me ajudem por favor, sou pai solteiro e tenho uma duvida pode me ajudar? - Mil Dicas de Mãe Seguro de Vida para Pais
x

Pergunte grátis ao Especialista

DÚVIDAS? x PERGUNTE AOESPECIALISTA PERGUNTAR Principais dúvidas

Me ajudem por favor, sou pai solteiro e tenho uma duvida pode me ajudar?

Matheus perguntou 3 meses atrás
ComunidadeCategoria: FilhosMe ajudem por favor, sou pai solteiro e tenho uma duvida pode me ajudar?
Matheus perguntou 3 meses atrás

Sou pai solteiro, tenho 24 anos, pai de 2 gêmeas de 5, passo elas na pediatra mas, estou com vergonha de tirar uma duvida com ela.
Eu deixo elas tomarem banho juntas, elas brincam um pouco, mas eu sempre supervisiono pra elas tomarem banho certo. Ja faz uns 3 dias que escutei uma delas falando pra irmã “para de fazer isso”, eu fui ver oque era e fiquei meio assustado, uma delas estava passando a mão na ppk da irmã, eu falei pra ela que nao podia e tinha que parar, porém, ela voltou a fazer isso, chamei atenção dela de novo e ela fez de novo, hoje de manha, ai eu perguntei pra ela porque ela fazia isso e ela disse: “É pra ela sentir coceguinhas que nem eu”, na hora so separei as duas e falei pra não fazer de novo, mas me preocupei. 
Alguém poderia me ajudar no que fazer? Essas cocegas são de algum estimulo sexual ou simplesmente uma cocegas normal? Agora eu não sei se deixo elas tomarem banho juntas de novo, porque elas brincam juntas e tudo mais. 
Elas só tem contado com minha prima, que mora próximo de mim, que tem 20 anos. Não tem contato com homens mais velhos, ou meninos da idade. 
Não cheguei a conversar com minha filha ainda sobre isso, porque nem sei como perguntar pra ela, ou oque perguntar. 
Alguém poderia me ajudar? Abraço. 

8 respostas
Jane BarbosaJane Barbosa respondeu 3 meses atrás

Acho que são inocentes no que fazem, e estão descobrindo a sensibilidade, é normal, o ideal é não causar constrangimento nas crianças, tem que tentar agir naturalmente e ir separando aos poucos o banho, sempre supervisionado.

Michele PontesMichele Pontes respondeu 3 meses atrás

Acredito muito na pureza das crianças, tem que ser o mais natural possível e buscar ajuda de um profissional que possa orientar sobre o que seria o melhor a fazer. No final vai dar tudo certo amigo!

Adriana SimasAdriana Simas respondeu 3 meses atrás

Aconselho buscar ajuda com um profissional especializado nesse tipo de orientação.

Carolina GiovaniCarolina Giovani respondeu 3 meses atrás

Amigo, acho que vai precisar de conversar com um analista ou psicólogo para receber as orientações corretas de como proceder nessa situação. Desejo sorte!

Leticia MelloLeticia Mello respondeu 3 meses atrás

Acredito que seria bom sim conversar sobre o assunto a pediatra delas, quem sabe ela pode ajudar com algumas dicas, não fique com vergonha, está buscando o melhor para suas filhas e isso é motivo de orgulho!

Andressa Souza SantosAndressa Souza Santos respondeu 3 meses atrás

O ideal é deixar a vergonha de lado e encarar o problema de frente, acho até que a profissional de saúde vai apoiar e ajudar bastante com o problema.

Irene MacedoIrene Macedo respondeu 3 meses atrás

Amigo, vai precisar da ajuda de um especialista, comece com a pediatra pedindo orientações sobre qual especialista deve procurar para aprender a lidar com essa situação.

Leonora FigueirasLeonora Figueiras respondeu 3 meses atrás

Acho que pode encarar isso com naturalidade, são crianças inocentes que apenas estão descobrindo a sensibilidade do corpo, e isso é natural, é sem maldade, é muita pureza, proibindo só vai despertar mais curiosidade e interesse nas crianças. Procure um especialista no assunto para ter maiores informações de como agir com elas.

Para responder essa dúvida, por favor faça login abaixo ou clique aqui para criar sua conta.

8 respostas
Jane BarbosaJane Barbosa respondeu 3 meses atrás
Acho que são inocentes no que fazem, e estão descobrindo a sensibilidade, é normal, o ideal é não causar constrangimento nas crianças, tem que tentar agir naturalmente e ir separando aos poucos o banho, sempre supervisionado.
Michele PontesMichele Pontes respondeu 3 meses atrás
Acredito muito na pureza das crianças, tem que ser o mais natural possível e buscar ajuda de um profissional que possa orientar sobre o que seria o melhor a fazer. No final vai dar tudo certo amigo!
Adriana SimasAdriana Simas respondeu 3 meses atrás
Aconselho buscar ajuda com um profissional especializado nesse tipo de orientação.
Carolina GiovaniCarolina Giovani respondeu 3 meses atrás
Amigo, acho que vai precisar de conversar com um analista ou psicólogo para receber as orientações corretas de como proceder nessa situação. Desejo sorte!
Leticia MelloLeticia Mello respondeu 3 meses atrás
Acredito que seria bom sim conversar sobre o assunto a pediatra delas, quem sabe ela pode ajudar com algumas dicas, não fique com vergonha, está buscando o melhor para suas filhas e isso é motivo de orgulho!
Andressa Souza SantosAndressa Souza Santos respondeu 3 meses atrás

O ideal é deixar a vergonha de lado e encarar o problema de frente, acho até que a profissional de saúde vai apoiar e ajudar bastante com o problema.

Irene MacedoIrene Macedo respondeu 3 meses atrás
Amigo, vai precisar da ajuda de um especialista, comece com a pediatra pedindo orientações sobre qual especialista deve procurar para aprender a lidar com essa situação.
Leonora FigueirasLeonora Figueiras respondeu 3 meses atrás
Acho que pode encarar isso com naturalidade, são crianças inocentes que apenas estão descobrindo a sensibilidade do corpo, e isso é natural, é sem maldade, é muita pureza, proibindo só vai despertar mais curiosidade e interesse nas crianças. Procure um especialista no assunto para ter maiores informações de como agir com elas.
Publicidade