Meu filho não quer estudar e eu não sei mais o que fazer!

Essa frase lhe parece familiar? Você tem sentido que o seu filho não quer estudar e que isso tem afetado os rendimentos dele?

Pois bem, a melhor coisa a se fazer é, acima de tudo, respirar fundo e pensar em medidas plausíveis para lidar com a situação. Isso quer dizer que não adianta, simplesmente, querer castigar o pequeno e puni-lo de diversas formas (como por exemplo, recolhendo o celular).

Embora regrar os momentos de lazer com os eletrônicos é importante, só isso não é o bastante para reverter a situação. Por isso, neste texto nós unimos 9 dicas e 6 perguntas e respostas sobre o tema “meu filho não quer estudar”.

Publicidade

Para ficar por dentro de tudo basta acompanhar o conteúdo até o fim!

Meu filho não quer estudar

Menina sorridente estudando. Foto: Freepik

Depois aproveite e veja estas dicas: Medo de dormir sozinho na adolescência – Como ajudar o filho?

Meu filho não quer estudar, e agora?

Antes de qualquer coisa, queremos deixar claro que não existe uma resposta mágica para “meu filho não quer estudar, o que fazer?”, afinal, cada caso sempre será um caso.

Acima de tudo é preciso ter um olhar sensível sobre a situação, a fim de garantir que o seu filho receba o suporte mais adequado a ele, uma vez que as questões dele podem estar relacionadas com:

  • Fatores biológicos.
  • Fatores neurológicos.
  • Questões de saúde mental (desinteresse, ansiedade, etc.).
  • Falta de comprometimento dos pais com os estudos dos filhos.
  • Problemas de relacionamento em casa (no qual as notas baixas servem de alicerce para chamar a atenção).
  • Entre outras questões.

Leia mais: Educando filhos emocionalmente inteligentes – 9 sugestões

Publicidade

Por isso, nossos apontamentos abaixo foram listados de uma maneira mais geral, e não profunda para um caso específico. Em caso de dúvidas, contate um psicólogo que possa avaliar o seu caso de maneira subjetiva.

Meu filho não quer estudar

Mãe levando os filhos para escola. Foto: Freepik

Esclarecido esse ponto primordial, vamos às nossas sugestões para “meu filho não quer estudar”:

1- Meu filho não quer estudar, mas eu posso ser um bom exemplo!

Comece sendo um bom espelho para o pequeno. Grande parte das pessoas apontam nos outros aquilo que mais falam sobre elas. Isso quer dizer que muitos dos pais que dizem “meu filho não quer estudar” são pessoas que odeiam estudar – e falam isso na frente dos pequenos.

Então, como nossos filhos nos usam como exemplo, precisamos ensiná-los por meio de atitudes positivas e adequadas. Para isso, pare e reflita: quantas vezes você estudou na presença do seu filho? Quando foi a última vez que leu um livro? Pense sobre isso e comece a ser uma referência positiva para ele.

Depois veja essas dicas: Criança com medo: Como ajudar o meu filho a perder o medo? 9 dicas!

Publicidade

2- As atividades prazerosas podem ajudar na hora dos estudos

Seu filho gosta de assistir filmes, desenhar, pintar ou jogar? Então pare de deixar esse momento de lado e use-o ao favor dos estudos!

Muitos dos pais que dizem “meu filho não quer estudar” não percebem que, na verdade, o filho não gosta é de estudar de uma maneira monótona. Quando nos damos conta disso, percebemos que é possível aprender de muitas formas diferentes e mais interessantes, por meio de jogos, atividades e brincadeiras divertidas.

Meu filho não quer estudar

Menina avaliando o globo terrestre. Foto: Freepik

Para isso, analise quais são as atividades que o seu filho mais gosta e tente trazer o conteúdo estudado para esse campo.

3- Meu filho não quer estudar: mostre que se importa com cada conquista

As nossas crianças buscam a aprovação dos adultos nos mais diversos contextos. No que tange aos estudos, não é diferente.

O problema surge quando os pais sequer se dão conta da nota boa que o filho tirou, ou então, nem dão atenção ao desenho da aula de artes. Com o passar do tempo, a solidão que o pequeno sente nos estudos pode fazer com que ele perca o interesse pelas atividades.

Portanto, seja aquele pai ou aquela mãe que valoriza as conquistas do filho. Comemore uma nota acima da média, mesmo quando não for um dez. Isso faz com que o filho perceba que é capaz e que pode ir além – pois tem você ao lado dele.

Veja também estas dicas: Como ensinar Educação Financeira para o seu filho

4- Fique atento aos sinais que mostram questões de saúde mental

Como dito no começo deste conteúdo, o fato de que meu filho não quer estudar não significa que ele seja preguiçoso ou desinteressado. Às vezes, uma questão de saúde mental pode estar sendo mascarada pela atitude de deixar os estudos de lado.

Meu filho não quer estudar

Menino estudando no computador. Foto: Freepik

Assim sendo, mantenha uma comunicação não violenta com o seu filho e esteja sempre por perto, sendo um suporte para o mesmo. Observe sinais de ansiedade, estresse ou até mesmo de dificuldades de aprendizagem. E não descarte o acompanhamento psicológico – ele é importante.

5- Acompanhe os conteúdos escolares do seu filho

Quando foi a última vez em que você se sentou com o seu filho apenas para saber o que ele está aprendendo? Quando foi a última vez que a “escola” foi um assunto por longos momentos juntos? Pois é.

Se antes isso acontecia e hoje não acontece mais, pode ser que você tenha dito que “meu filho não quer estudar” justamente por isso. E se você nunca foi próximo dos estudos do pequeno, que tal pôr isso em prática agora?

Depois dê uma olhadinha neste texto: Como a inteligência artificial pode influenciar o futuro do seu filho

6- Permita que seu filho tenha pausas

Não trate o seu filho como um super robozinho que aprende a cada segundo. Nenhum ser humano é assim. Pare e pense, nesse caso, nos momentos em que você se sentiu improdutivo e sem energia para nada… Pois é! O seu filho pode estar passando por uma fase assim.

Dessa maneira, não fique tentando correr atrás do prejuízo. Dê tempo ao tempo e permita que o seu filho faça pausas durante os estudos, mesmo quando a carga de tarefas for grande. Afinal, forçar que ele estude sem parar não vai adiantar em nada.

7- Ajude o seu filho a se sentir mais autoconfiante

Quando uma criança tira uma nota baixa depois de estudar muito, a autoconfiança dela pode ficar abalada. Por isso, que tal oferecer uma dose extra de segurança emocional para o pequeno?

Ao invés de querer puni-lo por ter ido mal em uma matéria, e ao invés de ficar dizendo para todo mundo que “meu filho não quer estudar”, foque em compreendê-lo. Demonstre entender que essas coisas acontecem, mas que uma prova não é prova de como ele será para sempre. Mas sim, de como ele estava no momento.

Fale sobre o quanto ele pode dar a volta por cima e o quanto você sabe que ele é capaz de conquistar um resultado muito mais promissor do que esse.

8- Encontrem um horário mais estimulante para os estudos

Quando o seu filho está estudando, você o percebe muito distraído, cansado e sonolento? Pois bem, isso pode ser consequência do horário escolhido para as tarefas.

Meu filho não quer estudar

Menina escrevendo na folha. Foto: Freepik

Algumas crianças podem ter um desempenho melhor de tarde, enquanto outras têm mais energia pela manhã. Saiba avaliar isso antes de rotular a criança dizendo “meu filho não quer estudar”. E vá testando rotinas diferentes até encontrar o horário mais motivador e produtivo para o pequeno.

Veja também: Como ajudar uma criança a se sentir mais segura? 10 dicas!

9- Definam as metas de cada matéria estudada

Tracem, juntos, metas a serem atingidas para cada matéria. Esteja a par de cada uma delas e ajude-o a montar um plano que seja hábil e dentro dos limites dele. Ou seja, nada de estipular a leitura de 20 livros por mês se o seu filho ainda é pequeno e lê conteúdos menores, hein?

Seja realista e atencioso nessa etapa, e comemore cada pequena meta batida: quanto menores elas forem e mais comemorações neste sentido acontecer, mais motivador pode se tornar o processo. Porém, nada de fazer metas “pequenas demais” a ponto de tirar o desafio do processo, ok? Encontre um equilíbrio.

Meu filho não quer estudar

Menino estudando na escola. Foto: Freepik

Perguntas e respostas sobre “filho não quer estudar”

Depois de apontarmos diversas dicas sobre como lidar com a situação “meu filho não quer estudar”, veja agora outras questões que vêm à tona com frequência e saiba o nosso ponto de vista sobre elas:

1- Minha filha não quer estudar, devo castigar?

Não. O castigo não irá ensinar nada e, pelo contrário, poderá fazer com que a sua filha fique com menos desejo de estudar. Precisamos seguir uma trajetória baseada na comunicação não-violenta, compreendendo os motivos pelos quais a criança não quer estudar e disponibilizando a ela um caminho promissor para se expressar e encontrar um equilíbrio entre o lazer e o estudo.

Veja também: Guia educacional para explicar às crianças porque a lua muda

2- Meu filho tem preguiça de estudar o que fazer?

É necessário partir do pressuposto de conhecer os motivos pelos quais ele pode estar sentindo preguiça. Será que a alimentação, o descanso e as outras atividades estão equilibradas? E os exames de check-up estão acontecendo? E a saúde mental?

Além disso, tente oferecer um estudo mais motivador e recompensador, na medida do possível. Não precisa dar uma bicicleta se tirar dez, mas um passeio pode ser uma excelente recompensa no fim do bimestre.

Menina avaliando o globo terrestre. Foto: Freepik

3- Como estimular meu filho a estudar?

  • Ofereça um ambiente organizado e com uma decoração que seja a cara do seu filho.
  • Disponibilize um espaço silencioso e aconchegante para os estudos.
  • Estude junto do seu filho.
  • Peça para ele lhe ensinar o que aprendeu.
  • Prepare-o para os estudos em casa, sem deixá-lo de pijama, por exemplo.
  • Estabeleça um horário fixo para os estudos.

4- Como ensinar o filho a estudar?

Mostre para o seu filho os mais diversos tipos de métodos de estudo, até que ele encontre um que possa ser a cara dele. Por exemplo, mostre vídeo aulas, podcasts, a arte de fazer mapa mental, ensine-o a fazer resumos e anotações, entre outras atividades. Às vezes, enquanto você diz “meu filho não quer estudar”, na realidade ele só não sabe como estudar. Ninguém nasce sabendo isso. 😉

Leia outras dicas: Regras de convivência para crianças na escola e em casa

5- Como ajudar seu filho a estudar em casa?

  • Ofereça um ambiente tranquilo para os estudos.
  • Prepare o momento dos estudos.
  • Estabeleça um horário para começar, pausar, voltar e finalizar os estudos.
  • Fique por dentro do conteúdo estudado antes de ele estudar com você.
  • Converse com o seu filho e brinque de “escolinha”.
  • Façam atividades juntos.
  • Pesquisem as dúvidas juntos.

Menina feliz estudando. Foto: Freepik

6- Por que meu filho não gosta de estudar?

Para essa pergunta, não existe uma resposta pronta, como acontece com a “meu filho não quer estudar, o que fazer”. Cada caso precisa ser avaliado de perto para que seja possível compreender os motivos pelos quais o seu filho não gosta de estudar.

Vale ressaltar, ainda, que a maneira como ele estuda e a motivação para ir a escola podem ser as razões que o fazem desgostar da atividade. Portanto, que tal conversar francamente com ele e tentar captar quais são as respostas que ele tem para essa pergunta? Assim, melhor que deduzir algo é se basear na própria realidade e pensamentos do pequeno. 😉

Menina estudando. Foto: Freepik

Esperamos que este conteúdo tenha aberto a sua mente de alguma forma. E ainda, se você tiver alguma outra sugestão, por favor, deixe nos comentários! Ficamos por aqui com estes outros conteúdos: