Você sabe qual o peso ideal do bebe nos seus primeiros meses de vida?

Logo depois do parto, o bebe passa por uma avaliação que tem o objetivo de acompanhar o nascimento. Esta avaliação ocorre em conjunto entre o médico pediatra e o médico obstetra.

As informações mais importantes coletadas nesse período de avaliação são registradas em um documento. Este documento, por sua vez, é entregue aos pais do bebe no momento da alta hospitalar. Ou seja, já no momento da alta os pais tem acesso a este primeiro documento que tem informações sobre o peso, altura e circunferência da cabeça do seu bebe. Além disso, também é registrado o tipo de parto.

Estes são os primeiros dados registrados na conhecida Tabela de Crescimento do Bebe. E esta tabela deverá ser atualizada e acompanhará seu pequeno ao menos até seus 3 anos de vida.

Publicidade

Além desta tabela de crescimento, os médicos pediatras também utilizam alguns gráficos para acompanhar o desenvolvimento do pequenino a cada faixa etária. Entenda melhor como estas tabelas e gráficos funcionam e veja aqui a estimativa de altura e peso ideal para cada mês, ao longo do primeiro ano de vida do bebê. Boa leitura!

Gráfico de percentual – O que ele diz sobre o peso ideal do bebê?

Bebê em pediatra

Bebê em pediatra – Crédito da foto: Freepik

Além da conhecida tabela de crescimento, os pediatras também faz uso de um gráfico para acompanhar o desenvolvimento do bebê. Ele se chama Gráfico de Percentual, e ele indica a altura e permite fazer um cálculo potencial de estatura, com base na faixa etária do pequenino. O gráfico tem esse nome porque é através dele que é possível constatar em qual percentual de crescimento o bebê se encontra.

Nas consultas com o pediatra, o seu bebê será pesado e medido. Isso serve para estabelecer no gráfico a evolução de crescimento e desenvolvimento do pequeno. Ou seja, essas mensurações não servem somente para verificar se ele está com a altura e peso ideal, mas também para projetar sobre o crescimento futuro dele.

Quem define a curva da tabela é a própria Organização Mundial de Saúde (OMS), através de acompanhamentos e estudos realizados no mundo todo. Essas estimativas são atualizadas constantemente, de acordo com os novos dados que são coletados em diversos países do mundo.

E se meu bebê estiver fora da curva?

Mãe segurando mão de bebe deitado em lençol branco peso ideal

Mãe segurando mão de bebe deitado em lençol branco – Crédito da foto: Freepik

Publicidade

Bem, o primeiro ponto muito importante que você precisa ter em mente é o seguinte: nenhum médico pediatra espera que pequenino responda e.x.a.t.a.m.e.n.t.e a estimativa dessas tabelas e gráficos. Isso porque é normal que os bebês tenham seu próprio tempo. Ou seja, já é esperado que eles não se enquadrem aos números estimados de forma perfeita.

Ok, mas então para quê essas estimativas todas servem? Bem, aqui vale uma ressalva. Sim, o seu bebê não precisa responder exatamente a estimativa. No entanto, isso não significa que elas não sirvam para nada. Isso porque a pediatria faz uso desses parâmetros para calcular a altura e peso ideal.

Ou seja, o bebê não precisa responder exatamente, mas ele precisa estar próximo daquelas estimativas para ser considerado saudável. Por isso, costuma ser bastante preocupante os casos em que a curva do bebê avaliado seja muito diferente das estimativas.

Isso significa que o acompanhamento regular com médico pediatra é fundamental. Isso porque é através deste acompanhamento que será possível analisar o crescimento e desenvolvimento do pequeno. Ou seja, são nessas consultas que será possível definir se a criança está saudável ou não.

Comparação entre crianças

3 bebes de fraldas em fundo branco peso ideal

3 bebes de fraldas em fundo branco – Crédito da foto: Freepik

Você costuma comparar o peso ou a altura de seu bebê com outros bebês de idade próxima? Tudo bem, essa comparação não é necessariamente um problema. No entanto, tenha muito cuidado com o que você faz com estes dados.

Publicidade

Esse cuidado é importante porque você deve lembrar que cada criança é única e seu desenvolvimento é muito particular. Além disso, aqui vale destacar que a genética das crianças também tende a ser muito diferente. Ou seja, não há base nenhuma que favoreça esse tipo de comparação.

Claro que não há problema trocar esse tipo de informação, desde que isso não te deixe nervosa ou insegura de forma desnecessária. O seu bebê é mais leve ou menorzinho que o bebê de sua vizinha, colega de trabalho ou amiga? Tudo bem, isso não quer dizer que ele seja mais fraco nem que esteja fora da normalidade. Lembre-se sempre disso, ok?

E se meu bebê realmente estiver “atrasado” no seu desenvolvimento?

Bebe sentado em cama com braços pra cima

Bebe sentado em cama com braços pra cima – Crédito da foto: Freepik

É comum que as mamães pensem que seus pequenos estão com o desenvolvimento “atrasado”, mas a verdade é que raramente esses medos e receios se concretizam.

Mas é claro que existem casos de crianças que realmente apresentam um certo atraso no seu desenvolvimento. Por isso, é fundamental que as crianças realizem o acompanhamento pediátrico regular. Isso porque o médico poderá avaliar cada caso de forma individual, a depender do processo de desenvolvimento de cada criança.

Quando é constatado que há uma redução na curva de crescimento do bebê, o médico analisará o que pode estar havendo. Além disso, o pediatra também vai verificar quais as melhores estratégias para solucionar o problema apresentado. De modo geral, a forma mais eficaz de solucionar a questão tem associação com a alimentação do bebê. Não raramente, os médicos indicam algumas alterações na dieta do bebê, com o objetivo de sanar a situação.

Nas consultas com o médico é importante que seja informado todos os dados de relevância sobre o dia a dia do bebê. Além disso, é particularmente importante que o pediatra tenha detalhes sobre a alimentação dele. Por exemplo: horários de amamentação, tipo de leite oferecido ao bebê, momento e forma da introdução de outros alimentos, e etc. Todos os detalhes referente a alimentação devem ser informados ao médico.

Isso porque somente com todos os dados, ele poderá avaliar como o organismo do bebê está respondendo a cada fase. Consequentemente, é com base nas informações que ele poderá definir o que e como precisa ser modificado para que o bebê se desenvolva melhor.

Conheça a tabela detalhada com altura e peso ideal para bebês de até 12 meses

Bebê em consulta com pediatra peso ideal

Bebê em consulta com pediatra – Crédito da foto: Freepik

Todas estas informações são muito importantes para que você entenda melhor a importância das consultas com o pediatra. Isso porque é ele que te ajudará a estabelecer se seu bebê está bem ou se há algum tipo de atraso – bem como as possíveis razões do atraso, se houver.

No entanto, também é muito importante que você tenha acesso a dados confiáveis para assegurar que o seu pequenino está bem, não é?

Por isso, te convidamos a olhar abaixo a tabela de crescimento de bebês de até um ano de vida. Nesta tabela, você poderá ver a altura e também o peso ideal para cada mês, desde o nascimento até os 12 meses. Ou seja, aqui você encontra uma estimativa do que os médicos estão esperando encontrar quando medem e pesam seu pequeno nas consultas.

Mas lembre-se que a tabela é apenas uma estimativa, e que já é esperado que seu pequenino não responda e.x.a.t.a.m.e.n.t.e a esses números. Então, fique tranquila se ele estiver um pouco acima ou abaixo destes parâmetros, ok?

Tabela com altura e peso ideal para meninos

Menino bebê recém-nascido enrolado dormindo

Recém-nascido dormindo – Crédito da foto: Freepik

Provavelmente você já sabe disso, mas vale destacar: como as tabelas e gráficos são estabelecidos com base em dados coletados ao redor de todo o mundo, é normal que se tenha uma grande diversidade de dados. Por isso, as estimativas foram criadas levando em conta a região onde o bebê vive (país), o sexo do bebê e o tempo de vida dele (em meses).

Ou seja, veja abaixo a tabela com a estimativa esperada para bebês meninos brasileiros, levando em conta quantos meses de vida eles têm.

Meninos – Idade Altura Peso
Recém nascido 50 cm 2.900 a 3.300 gramas
1 mês 55 cm 3.700 a 4.200 gramas
2 meses 57 cm 4.300 a 5.000 gramas
3 meses 61 cm 5.000 a 5.700 gramas
4 meses 62 cm 6.300 gramas
5 meses 63 cm 6.900 gramas
6 meses 64 cm 7.500 gramas
7 meses 66 cm 8.000 gramas
9 meses 69 cm 8.900 gramas
10 meses 71 cm 9.300 gramas
11 meses 73 cm 9.600 gramas
12 meses 75 cm 10.000 gramas

Tabela com altura e peso ideal para meninas

Bebê menina de 3 meses dormindo abraçada em ursinho peso ideal

Bebê de três meses dormindo abraçada em ursinho de pelúcia – Crédito da foto: Freepik

Veja também a tabela com as estimativas de altura e peso ideal para as meninas, desde o nascimento até seus 12 meses de vida.

Assim como na tabela anterior, estes números respondem a uma expectativa e leva em conta a região de nascimento da menina (Brasil), o sexo e a idade dela (em meses).

Meninas – Idade Altura Peso
Recém Nascido 48 cm 2.500 a 3.200 gramas
1 mês 52 cm 3.200 a 4.000 gramas
2 meses 56 cm 4.000 a 4.700 gramas
3 meses 59 cm 4.700 a 5.500 gramas
4 meses 61 cm 6.100 gramas
5 meses 62 cm 6.700 gramas
6 meses 63 cm 7.300 gramas
7 meses 65 cm 7.800 gramas
8 meses 67 cm 8.200 gramas
9 meses 68 cm 8.600 gramas
10 meses 70 cm 9.100 gramas
11 meses 72 cm 9.500 gramas
12 meses 73 cm 9.800 gramas

Então, o que achou deste conteúdo? Ele foi útil para você, ou te ajudou de alguma forma? Então compartilhe ele com suas amigas e ajude-as a também ficarem por dentro da expectativa de altura e peso ideal para os bebês, de acordo com suas idades.