TPM ou gravidez? Apesar de parecer estranho, é muito comum que as mulheres confundam os sintomas da TPM e os sintomas iniciais da gestação. Isso é particularmente comum entre as mulheres que estão tentando engravidar.

A verdade é que alguns dos sintomas iniciais da gravidez são realmente muito parecidos com a TPM, de modo que esta confusão é bastante plausível. Veja neste artigo a razão da similaridade entre os sintomas e aprenda a diferenciar eles com mais facilidade. Boa leitura!

TPM ou gravidez: Por que a confusão?

Mulher com cólica TPM ou gravidez

Crédito: Freepik

Quando a mulher começa suas tentativas para engravidar é muito comum se deparar com esta questão: mas isto é sinal de TPM ou gravidez?

Publicidade

Esta questão é super comum porque os sinais da TPM são realmente muito parecidos com os primeiros sintomas de uma gestação. Por isso, é comum que as mulheres não saibam bem o que está havendo com elas e com seu corpo.

Mas você sabe porquê esta confusão acontece? Simples: os sintomas de TPM ou gravidez são tão parecidos porque ambos são causados pelo mesmo hormônio: a progesterona.

Os sintomas costumam começar a se apresentar para a mulher logo depois da ovulação. É neste momento que acontece porque é nesta fase que há um aumento considerável de produção de progesterona no seu organismo. Como consequência disso, é possível que você perceba aumento leve na sua temperatura, sinais evidentes de maior irritabilidade e até mesmo um certo nível de náusea.

Evidentemente, neste momento a mulher pode pensar: Estou sentindo cólica, mas a menstruação não está “descendo”, o que está havendo? Vale a pena conhecer melhor os sinais que o corpo nos dá, pois assim você estará mais apta para avaliar o que é TPM e o que é gravidez.

Sintomas comuns da TPM e da ovulação

Mulher com tontura estresse sintoma ovulação TPM ou gravidez

Crédito: Freepik

Assim como mencionado, há uma série considerável de sintomas que são comuns entre a TPM e a gestação. Isso acontece porque em ambos os casos, os sinais são consequência da produção elevada de progesterona no corpo feminino.

Publicidade

Veja nesta lista os principais sintomas que costumam ser comuns na TPM e no período de ovulação:

A presença destes sintomas pode vir a se tornar um tormento para as mulheres que estão tentando engravidar, principalmente entre aquelas que estão com dificuldade no processo. Afinal, você deseja tanto se tornar mãe, está tentando e colocando toda sua energia, seus pensamentos e suas emoções nisso e os primeiros sinais que podem significar a realização de um sonho também podem simplesmente ser mais uma TPM que se aproxima.

TPM ou gravidez – Como diferenciar?

Mulher com dor de cabeça estresse

Crédito: Freepik

O primeiro detalhe que pode ser usado para tentar distinguir a gestação da TPM é a análise das suas TPMs e a avaliação da intensidade dos sintomas. O olhar minucioso sobre a intensidade de cada sinal já te traz muitas informações importantes porque há diferenças significativas, em alguns casos.

Por exemplo, os primeiros sinais da gestação são sempre muito sutis. Em alguns casos é tão sutil que as mulheres mais desavisadas sequer os percebem. Entretanto, é bastante comum que os sintomas de TPM sejam bastante intensos e fortes. Ou seja, o primeiro passo é avaliar como a TPM acontece no seu caso.

Assim, se você sofre com ela com regularidade devido a intensidade dos seus sintomas, é provável que tenha bastante facilidade de verificar se os sinais que estão acontecendo se tratam de mais uma TPM ou de uma possível gravidez.

Publicidade

A verdade é que nosso corpo nos dá sinais do que está nos acontecendo, mas nem sempre é fácil escutá-los adequadamente. Para auxiliar neste processo de diferenciação da TPM ou gravidez, preste atenção nos detalhes apresentados abaixo.

Cólicas

A cólica é um sinal clássico tanto do período de TPM quanto da gravidez. Por isso, é um dos sintomas que deixa as mulheres tentantes mais confusas.

É comum que as cólicas se façam presentes na TPM, mas normalmente elas acontecem apenas alguns dias antes da mulher menstruar. De modo geral, este sintoma dura poucos dias quando estamos falando de um caso de TPM.

Entretanto, quando a mulher conseguiu engravidar estas dores abdominais chamadas de cólicas persistem mesmo durante o atraso da menstruação. Na verdade, no caso de gestação as cólicas vieram pra ficar, porque elas vão acompanhar a gestante por boa parte da sua gravidez.

Ou seja, verificar a duração da cólica é uma forma fácil para você se localizar, uma vez que no caso da TPM ela durará poucos dias e no caso da gravidez ela vai permanecer por muito mais tempo.

Além disso, apesar da semelhança entre a cólica menstrual e a cólica que o corpo lúteo proporciona, no caso da gestação a cólica tende a se concentrar em apenas um dos lados do seu corpo. O lado que você sente dor quando é uma cólica advinda do corpo lúteo é referente a localização do óvulo fecundado. No caso de TPM é muito diferente, uma vez que a cólica menstrual costuma ser homogênea e ser localizada no baixo ventre.

Sono

Mulher dormindo em cama

Crédito: Freepik

O sono está entre os sintomas mais importantes para você descobrir se está tendo mais uma TPM ou se você conseguiu engravidar, finalmente. Isso porque o sono é um dos principais sintomas de uma gestação (e ele vem com tudo!).

É verdade que na TPM também é possível sentir bastante sono, mas a situação de modo geral é bastante diferente. Por exemplo, neste caso da TPM, a mulher tende a sentir essa sonolência excessiva somente por uns dias. Basicamente, o sono vem mais ou menos até 2 ou 3 dias antes da menstruação chegar.

No caso da gestação, entretanto, a sonolência excessiva vai te acompanhar por todo o primeiro trimestre. Ou seja, você vai se sentir com muito sono até a 12ª semana de gestação, em média.

Ou seja, se você está sofrendo muito com sonolência e ela se manter por um tempo prolongado, é muito, mas muito provável mesmo que você tenha engravidado.

Náuseas

As náuseas são muito mais raras na TPM, principalmente quando comparadas com a sonolência e as cólicas. Entretanto, há mulheres que também sofrem com este problema no período pré-menstruação.

Naturalmente, estas mulheres costumam ter mais dificuldades de conseguir diferenciar os sintomas, sem saber ao certo se é TPM ou gravidez o que está se passando com ela. Mas alguns detalhes podem te trazer a resposta para essa dúvida tão cruel: Preste atenção no período em que a náusea apareceu e na sua duração.

Nos casos de náuseas durante a TPM, o sintoma é reduzido quase que imediatamente com a chegada do sangramento de menstruação. Entretanto, se for uma náusea de gravidez se prepare, porque além dela não ir embora tão cedo, você ainda vai vê-la se intensificando muito (e rapidamente).

Assim como no caso da sonolência, a náusea associada a um episódio de TPM não dura mais que alguns poucos dias. Por isso, se você está com este sintoma a uma quantidade considerável de dias, é possível realmente começar a suspeitar de outra razão para tal.

Apetite

Mulher com fome comendo pizza apetite

Crédito: Freepik

No caso da TPM, as possíveis alterações no apetite podem ser bastante variáveis. Há mulheres que perdem totalmente o apetite durante a TPM, enquanto há outras mulheres que percebem que sua fome aumenta drasticamente neste período. E, é claro, há também aquelas mulheres que não vêem qualquer diferença no seu apetite durante a TPM.

Entretanto, se você estiver grávida, pode apostar que independente de como eram seus períodos de TPM, agora você vai perceber claramente sua fome aumentando significativamente. A fome da mulher que engravidou aumenta consideravelmente, mesmo nos casos em que o enjoo permaneça intenso e presente.

Dessa forma, se por acaso você não via diferença ou percebia que seu apetite diminuía, o aumento significativo deste momento pode, sim, indicar que se trata do caso de uma gestação.

Mamas

O estrogênio não raramente causa grande desconforto nas mamas das mulheres, especialmente no bico dos seios. É por isso que as mulheres percebem que estão com os seios mais fartos ou com o bico do seio dolorido poucos dias antes da menstruação descer.

Entretanto, quando a menstruação chega este sintoma também cessa imediatamente (nos casos em que já não cessou antes mesmo da menstruação chegar a descer).

Se o seu caso for o início de uma gestação, todavia, o que acaba acontecendo invariavelmente é a intensificação deste sintoma. Isso acontece porque durante a gravidez os seios da mulher mudam bastante.

Sentimentos

Mulher triste emoção sentimento

Crédito: Freepik

Os sentimentos e as emoções podem ser o ponto mais difícil de distinguir para as mulheres que tentam descobrir se estão passando por TPM ou gravidez. Isso porque em ambos os cenários é muito comum as mudanças drásticas de emoções em períodos curtos de tempo e sem razões aparentes.

De modo geral, os sentimentos mais comuns em ambos os casos costumam ser intensidade de irritação, impaciência, sensibilidade e vontade de chorar. As mulheres que engravidam passam quase que obrigatoriamente por todos estes sentimentos centenas (ou milhares, talvez) de vezes ao longo dos nove meses de gravidez.

Todavia, é verdade que os primeiros momentos depois da fecundação costumam ser mais carregados de sentimentos de sensibilidade e uma vontade de chorar meio sem razões. Apesar de não ser uma regra, a irritabilidade, o estresse e a impaciência são sintomas emocionais que se apresentam um pouco mais para frente na gestação.

Por isso, se você mais habituada a ficar irritadiça na TPM e agora está se percebendo um pouco diferente, mais sensível, é claro que pode ser apenas uma experiência de TPM diferente, mas também é possível que seja um sintoma de outra coisa, como uma gestação.

Quando buscar um teste de gravidez para confirmar as suspeitas?

Imagem: 123RF

Apesar de todas essas dicas, é verdade que para conseguir distinguir efetivamente os sintomas de TPM ou gravidez é preciso muita, mas muita atenção e um conhecimento aprofundado sobre si mesma e sobre seu corpo. Naturalmente, isso não é nenhum pouco fácil, principalmente com a rotina tão estressante e corrida, que dificulta nossas condições de encontrar um tempo para prestar atenção nos pequenos detalhes, não é mesmo?

Todas estas dicas são formas de ajudar você a descartar possibilidades e clarear as chances de ser apenas uma TPM ou de se tratar de uma gravidez, de fato. Entretanto, para confirmar a gestação você precisa necessariamente realizar um teste de gravidez. Lembre-se de dar sempre preferência para um teste de sua confiança.

Se você tem ciclo menstrual regular, é possível fazer o teste em 5 dias depois do atraso da menstruação. Entretanto, se você sofrer de menstruação irregular, o mais indicado é aplicar o teste com mais ou menos 20 dias depois do período fértil. Com este prazo, o teste já conseguirá detectar a carga do hormônio hCG no seu organismo, seja no sangue ou na urina.

Vale lembrar também que existem alguns testes com maior sensibilidade que outros. Por isso, se você estiver ansiosa com a situação, vale a pena pesquisar quais as melhores alternativas para não correr o risco de sofrer com um falso negativo ou com um falso positivo.

Você já conhecia estes detalhes que podem fazer toda a diferença? Deixe um comentário e nos conte como você faz para distinguir TPM ou gravidez.