Quando um bebê chega, cada cultura tem seus hábitos e crenças. Enquanto alguns caíram em desuso, outros já duraram séculos e gerações. Aqui estão alguns dos rituais de nascimento ainda em vigor em todo o mundo.

Quando o bebê chega, é um evento! A chegada do bebê é realmente um momento decisivo e a maioria das culturas honra isso. Aqui no Brasil, os pais enviam anúncios para os amigos e familiares, que às vezes os visitam trazendo um presente para o bebê. Por outro lado, em outras partes do mundo, certos hábitos fortes cercam esse belo momento da vida.

Existem inúmeros ritos e crenças que marcam o início de uma nova vida: alguns são um bom presságio para o feto, enquanto outros estão intimamente ligados à sua vida futura, à escolha do nome ou a outras eventualidades.

rituais de nascimento

Foto: Freepik

Publicidade

Na tribo zulu sul-africana, é prática comum prever o sexo da criança observando cobras. Se a mãe, durante a gravidez, encontrar uma cobra negra em seu caminho habitual, ela terá uma menina, enquanto que o réptil rastejante tiver uma cor verde, poderá segurar um menino nos braços. No momento do nascimento, o bebê terá uma vida mais feliz se olhar para um objeto particularmente bonito. Precisamente por esse motivo, a cabana do parturiente Zulu é decorada com espelhos, miçangas e outras decorações particularmente refinadas.

Ritual de nascimento na Finlândia

rituais de nascimento

Foto: Freepik

No nascimento, cada bebê finlandês recebe uma caixa contendo tudo o que um bebê precisa (além de alimentos) do estado. Este presente de nascimento original foi pensado tão bem que a caixa de papelão que contém o conjunto de nascimento (fraldas laváveis, um brinquedo, um livro, pijama, roupas, luvas, chapéu…) é capaz de se transformar em um berço.

A caixa é acompanhada por um colchão e lençóis para tornar-se assim um casulo perfeito para o bebê. As jovens mães finlandesas também recebem absorventes e preservativos.

Qual o ritual de nascimento do bebê na Escócia?

rituais de nascimento

Foto: Freepik

Existe um costume que pode ser traduzido como “Cobrir o bebê com dinheiro” é comum na Escócia, mas também na Irlanda e em certas regiões do norte da Grã-Bretanha. Consiste em que as pessoas que visitam o recém-nascido, coloquem na palma da mão uma moeda de prata, uma oferta que lhe trará prosperidade e felicidade.

Publicidade

Hoje em dia, esta peça pode ser substituída por outros objetos de prata, como um chocalho ou algo semelhante.

Aldeia espanhola Castrillo de Murcia e ritual de nascimento

fotos de recém nascido

Foto: Freepik

Esse é um dos rituais de nascimento que acontece em uma aldeia espanhola chamada Castrillo de Murcia, a aldeia se reúne para um ritual um tanto quanto bizarro. É o “El Colacho”. Esse é um festival anual de saltos de bebês! De fato, os bebês nascidos no ano anterior são colocados em colchões na rua e os homens vestidos como demônios saltam sobre eles. Esse rito praticado desde 1621 é o símbolo da bênção das crianças, lavada do pecado original! Estranho não é?

Um dos rituais de nascimento em alguns países muçulmanos

Esse é um dos rituais de nascimento que é particularmente difundido no Paquistão e em alguns países muçulmanos. É uma cerimônia que se realiza 7 dias após o nascimento da criança e durante a qual o bebê recebe seu nome.

Aqiqah, uma terminologia islâmica, é definido como o animal que é abatido na ocasião do nascimento da criança.

Lohusa Serbeti: um dos rituais de nascimento na Turquia

fotos de recém nascido

Foto: Freepik

Publicidade

Na Turquia, a família mais próxima tradicionalmente oferece uma ou duas moedas de ouro ao bebê para recebê-lo e cobre a mãe com flores? Os convidados recebem em troca uma bebida, a “Lohusa serbeti” que significa “xarope do recém-nascido”. Ao nascimento, é oferecida à mãe esta bebida, composta de canela, cravo, açúcar e água.

Logo em seguida, a mãe prepara a bebida também para as pessoas que a visitam. Considerada revigorante, a bebida deve restaurar a força da jovem mãe.

A cerimônia de 3 meses em Bali, na Indonésia

fotos de recém nascido

Foto: Freepik

Esse é um dos rituais de nascimento que acontece na Indonésia. O que todos os bebês balineses têm em comum? Eles não tocaram o chão antes dos 3 meses de idade!

De acordo com os costumes ancestrais, quando se trata do mundo, a alma de um recém-nascido é pura enquanto o chão está sujo e cheio de espíritos malignos. Assim, durante os primeiros 3 meses de vida do bebê, o bebê não tocará o chão.

Os balineses temem que o poder da Terra seja muito forte e difícil de suportar para um ser tão pequeno. Então você tem que esperar até que ele fique mais forte.

No final dos 3 meses de existência da criança, é organizada uma festa (que pode ser comparada ao batismo). É no final desta celebração que o recém-nascido é considerado um ser de importância e que é finalmente apresentado ao resto do mundo.

Rituais de nascimento: Nome duplo

fotos de recém nascido

Foto: Freepik

Em algumas comunidades ciganas e em algumas comunidades islâmicas, o bebê recém-nascido recebe dois nomes, um secreto e outro público.

As tradições, no entanto, variam de comunidade para comunidade: em alguns casos, o nome secreto não é revelado à criança até a idade adulta, quando ela é considerada pronta para se defender de forma independente.

Em outros casos, o nome secreto não é revelado a estranhos, sempre com o objetivo de proteger a criança. Em outros casos, o nome secreto é revelado 7 dias após o nascimento.