Existe uma série de razões que podem fazer com que a mulher precise secar o leite materno. O motivo mais comum é o bebê ter chegado ao momento de desmame, mas este é apenas um possível motivo entre muitos outros.

Infelizmente, muitas mulheres têm bastante dificuldade com esse processo. Isso porque ela nem sempre tem acesso a dicas e técnicas seguras para auxiliar na secagem. Pensando nisso, este artigo foi escrito com o objetivo de apresentar algumas estratégias seguras para as mulheres que precisam secar o leite materno, independente do motivo disso. Boa leitura!

Por que secar o leite materno?

Mamadeira derramando leite no formato de coração

Crédito: Freepik

Como falado na introdução, o mais comum é que a mulher precise secar o leite materno quando a criança alcança seus dois anos de idade. Isso porque é nesta fase que é recomendado que o bebê substitua definitivamente o leite materno por outros alimentos, de acordo com recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Publicidade

Entretanto, está bem longe de ser a única razão possível para a mulher precisar passar pelo processo de secagem de leite. Por exemplo, existem alguns problemas de saúde que impedem a mulher de amamentar.

Caso a mamãe esteja passando por algum destes quadros, é possível que o médico indique que a mulher tente secar o leite materno. Isso porque manter os seios cheios além de desconfortável pode acarretar dores e outros problemas de saúde.

Além dos desconfortos físicos, alguns especialistas afirmam que é possível que manter os seios com leite quando não é possível amamentar o bebê podem gerar problemas emocionais e psicológicos nas mulheres. Por isso, existem diversos casos onde secar o leite materno é uma necessidade da mulher.

Em quais situações é recomendado secar o leite materno?

Mamadeiras com leite materno e urso de pelúcia. Dicas para secar o leite materno.

Crédito: Freepik

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estimula que as mulheres saudáveis alimentem seus bebês somente com o leite materno até os seis meses de vida (conhecido como aleitamento exclusivo). Após esta etapa, é indicado que os bebês sigam sendo amamentados até os seus dois anos de vida, mas dessa vez com inclusão de outros alimentos na dieta.

Por isso, é possível que a maior parte das mulheres somente pense no tema deste artigo quando seu pequeno já possuir dois anos. Entretanto, há algumas situações onde a amamentação é contraindicada. Nestes cenários é importante que a mulher consiga secar o leite materno de forma segura, para ficar mais confortável consigo mesma e para conseguir atender as demandas do bebê de forma adequada.

Publicidade

Veja aqui os principais casos onde a amamentação é contraindicada e onde, consequentemente, é recomendado que a mulher seque o leite.

Causas maternas para secar o leite materno

Mãe e bebê abraçados

Crédito: Freepik

  • HIV+
  • Câncer de mama
  • Uso continuado de drogas ilícitas, como maconha, LSD, heroína, ópio, cocaína e etc
  • Distúrbios psicológicos da consciência ou comportamentos de risco

Estas são as causas onde a mulher tende a precisar parar definitivamente de amamentar. Mas também existem alguns cenários onde a mulher precisa interromper temporariamente o processo de amamentação, por exemplo:

Leia também esta notícia sobre um bebê que foi curado por infecção HIV.

Causas do bebê para contraindicar a amamentação

Bebê dormindo

Crédito: Freepik

Em todos os casos citados (tanto nas condições maternas quanto nas condições do bebê), o pequeno não deverá mamar. Entretanto, o bebê poderá se alimentar com uso de leite adaptado, a depender do caso e das recomendações médicas.

Publicidade

Dicas naturais para secar o leite materno

Mulher com as mãos no seio. Dicas para secar o leite materno

Crédito: Freepik

Vale sempre lembrar que o processo de secar o leite materno depende de muitos fatores, por exemplo:

  • Singularidade da mulher
  • Idade do bebê
  • Quantidade de leite produzido pela mulher

Por isso, algumas mulheres podem conseguir secar o leite materno em poucos dias e outras podem levar longos meses para alcançar os mesmos resultados. Lembre-se sempre de questionar o médico sobre o procedimento e de levar em conta as recomendações sugeridas por ele.

Veja aqui algumas dicas simples e naturais que vão ajudar no processo de secagem do leite.

Não amamentar

Essa é de longe a dica mais importante: não amamente mais. Isso porque o ato de amamentar estimula o corpo feminino a produzir mais leite. Ou seja, quanto mais você amamentar mais leite seu corpo vai produzir.

Pode ser muito difícil em alguns casos, mas não ceda à criança mesmo que ela ainda peça e demonstre interesse pela sua mama. Uma forma saudável de lidar com isso e super recomendada pelos especialistas é tentar distrair a criança nos momentos em que ela costumava mamar.

Outra dica bacana para evitar pedidos por parte do bebê é reduzir os colos dele. Isso porque quando a criança fica no colo ela sente de forma mais intensa o cheiro da mãe e do leite, o que atrai sua atenção e aumenta seu desejo pela mama.

Retire leite durante o banho

Mulher com roupão recém saída do banho

Crédito: Freepik

Aproveite os banhos mornos para retirar pequenas quantias de leite dos seios. Mas tome cuidado: não é para tirar o leite como se ainda estivesse coletando para armazenar. Você deve tirar apenas o necessário para aliviar o desconforto e as possíveis dores de ter os seios muito cheios.

É muito importante ter cuidado porque, assim como foi falado na dica anterior, quanto mais você estimula as mamas (seja amamentando ou ordenhando) mais seu corpo entenderá que precisa continuar produzindo leite. Ou seja, retire o mínimo necessário para não sentir dores e desconforto.

Folhas de repolho nos seios

Faça uso de folhas de repolho frias ou mornas nos seios. A temperatura pode ser escolhida com base na preferência e no conforto da mulher.

Esse procedimento vai te ajudar a suportar as mamas cheias de leite por mais tempo, então é uma bela forma de se manter confortável por mais tempo.

Veja também como lavar corretamente as roupinhas do seu bebê.

Compressas geladas nas mamas

Compressa de gelo para secar o leite materno

Crédito: Freepik

Fazer uso de compressas geladas nas mamas depois de tirar uma parte dele no banho.

Lembre-se de enrolar as compressas em panos, fraldas, guardanapos ou outros materiais para proteger seus seios.

Ataduras nas mamas

Amarre ataduras nas mamas, prendendo-as. Prenda as suas mamas como se as ataduras fossem um top justo. Isso ajuda a secar o leite materno porque os seus seios não ficarão mais cheios. Apenas tome cuidado para que não fique justo demais a ponto de prejudicar a sua respiração.

Costuma ser necessário fazer as ataduras durante o período de 7 até 10 dias. Nos casos em que o leite secar antes disso, é possível abandonar as ataduras mais cedo.

Além das ataduras, é possível adaptar esta dica com sutiã ou top bem apertado. Neste caso, tome apenas o cuidado de escolher um modelo que segure toda a mama.

Chás

Jarra e xícara de chás

Crédito: Freepik

O chá de menta e o chá de sálvia são excelentes opções para as mulheres que querem secar o leite materno. O consumo destes chás é uma forma natural e muito eficiente para auxiliar na secagem do leite sem precisar recorrer a medicamentos.

O chá de menta é o mais popular entre as mulheres que querem secar o leite materno. Além de reduzir a produção do leite, este chá também é delicioso e gera relaxamento nos músculos. Além destes benefícios, a menta também tem várias outras vantagens para a saúde, de modo que é possível fazer uma pequena hortinha em casa e o aproveitar com toda a família.

A sálvia é outra opção de chá para auxiliar a secar o leite materno. Isso porque ela tem um funcionamento no organismo parecido com a menta. Apesar disso, a sálvia não é tão saborosa. Por isso, pode ser preferível fazer uso dela como temperinho na alimentação. Para usar a sálvia como temperinho é só optar pela erva desidratada.

Absorventes

Fazer uso de absorventes para as mamas ajuda (e muito!) a secar o leite materno. Isso acontece porque a produção do leite é estimulada pelo corpo feminino de várias formas, incluindo o contato do mamilo com as roupas.

Isso significa que ao proteger as mamas com o absorvente, o corpo da mulher tende a ser menos estimulado e, consequentemente, passará a produzir menos leite.

Leia também algumas dicas de como produzir mais leite materno.

Evite as bombinhas

Bomba de leite materno, chupeta e silicone para alimentação

Crédito: Freepik

Assim como a primeira dica desta lista, evitar as bombinhas para amamentação está entre as estratégias mais importantes para você conseguir secar o leite materno. Isso porque o uso das bombinhas para retirada de leite estimula o organismo a produzir mais leite.

Quando os seios estiverem muito cheios e for necessário tirar leite, é recomendado que se faça uso das mãos.

Atividades físicas

A prática de exercícios físicos intensos também ajuda na redução da produção do leite. Isso porque as atividades físicas mais intensas exigem mais energia do corpo. Este gasto calórico extra vai dificultar que seu corpo tenha energia suficiente para seguir produzindo leite em grande quantidade.

Utilização de medicamentos para secar o leite materno

Comprimidos para secar leite materno sob fundo azul

Crédito: Freepik

Existem alguns medicamentos que servem para auxiliar no processo de secagem do leite. Entretanto, os mesmos devem ser utilizado exclusivamente sob recomendação e acompanhamento de médico (obstetra ou ginecologista). O acompanhamento médico é especialmente importante nesses casos porque a prescrição precisa ser personalizada para cada mulher de forma individual.

É possível que o uso destes medicamentos tenham efeitos colaterais muito desagradáveis, por exemplo:

Contraindicação do uso de medicamentos para secar o leite materno

Comprimidos coloridos de remédios

Crédito: Freepik

De modo geral, o uso de remédios para secar o leite materno é recomendado apenas em casos específicos onde a mulher é obrigada a secar seu leite de forma imediata. Por exemplo, além dos casos citados acima como recomendados para secagem do leite, mulheres que passaram pela terrível experiência de morte fetal ou neonatal também podem precisar acelerar o processo de secagem das mamas.

Destaca-se que mulheres que amamentaram seus bebês e os mesmos estão em fase de desmame não têm recomendação para fazer uso dos medicamentos. Isso porque seu uso pode trazer prejuízos para as mulheres e as mesmas podem contar com dicas naturais para secar o leite materno, como as indicadas neste post.

Você já conhecia estas dicas? Já precisou usar algumas delas para secar o leite materno? Então deixe um comentário e compartilhe conosco sua opinião.