Como estreitar o vínculo com o primogênito após a chegada do irmão

Por 0 Comentários


Embora não seja mais uma grande novidade, como é a primeira gravidez, a chegada do segundo filho também costuma gerar ansiedade. Como será ter que dar conta de uma família maior e, principalmente, como se dividir para garantir os cuidados com o novo bebê, sem deixar de dar atenção ao primogênito?

Para ajudar a responder essa pergunta, você confere algumas dicas a seguir. São sugestões para tentar dividir o tempo entre os dois filhotes e fazer o primeiro se sentir incluído com a chegada do irmão. Confira!

Imagem: 123RF

Dicas para curtir o tempo com as duas crianças

Será que o mais velho quer ajudar?

Algumas crianças se sentem extremamente empolgadas com a chegada do irmãozinho. Somando esse sentimento ao fato de que elas adoram se sentir úteis e fazer “coisas de adulto”, uma boa alternativa é perguntar ao seu filho mais velho se ele aceita ser o seu “ajudante oficial” nos cuidados com o irmão.

Dependendo da idade, ele pode ajudar em tarefas como escolher a roupa do bebê, pegar acessórios que você precisa ou mesmo dar aquela olhadinha no pequeno enquanto você estiver no banho.

Mas lembre-se: talvez seu filho não curta a ideia de cooperar nos cuidados com o mais novo dessa forma. Respeite o tempo dele (afinal, ele também está se adaptando com a família maior, e não possui a mesma maturidade que você para isso).

Curta (realmente) os momentos a sós

Que tal às vezes deixar o bebê com o companheiro ou um cuidador e curtir um tempinho a sós com o primogênito? Evidentemente, não dá para se ausentar por muitas horas de um recém-nascido, mas você pode chamar seu filho mais velho para te acompanhar em passeios rápidos, como uma ida à farmácia ou à padaria, por exemplo.

Já em casa, aproveite as sonecas do bebê para conversar com o outro filhote, ver se ele precisa de ajuda em algo, ou (se o pique permitir) brincar ou assistir um desenho com ele na TV. Caso a ideia seja não fazer muito barulho para não acordar o pequenino, vocês podem desenhar juntos, por exemplo.

Agora, independentemente da atividade escolhida, é fundamental que você esteja realmente presente nela. Claro que pensamos em mil coisas ao mesmo tempo (ainda mais com um bebê pequenininho em casa), mas procure se inteirar da atividade com o seu filho, preste atenção, faça perguntas, para ele ver que você continua curtindo a companhia dele.

Vamos brincar todos juntos?

O bebê acordou? Você pode colocá-lo em um bebê-conforto na sala enquanto brinca com o filhote mais velho no chão. Assim, você não descuida de um enquanto se diverte com o outro.

Mostre ao mais velho como ele era quando bebê

O primogênito pode estranhar alguns comportamentos do irmão mais novo, como as frequentes dormidas ao longo do dia, as crises de choro… Para habituá-lo à novidade, uma ideia é mostrar a ele fotos de quando ele tinha a idade do irmãozinho. Enquanto mostra, você pode explicar a rotina dos bebês, descrever como ele era nessa época e recordar episódios divertidos. Com certeza ele irá se sentir muito querido!

Você tem mais alguma dica que funcionou na sua casa com o filho mais velho quando o mais novo chegou? Conta nos comentários e vamos compartilhar com outras mães que estão passando pela mesma situação – sua sugestão pode chegar em boa hora para alguém que precisa!


 



Arquivado em: MaternidadePapo de mãe Tags:

Deixe seu comentário