6 dicas para convencer o seu filho a fazer as refeições em família

Por 0 Comentários


Você sabia que fazer refeições em família é um hábito que promove uma dieta mais saudável e é até motivo para deixar os pequenos mais comportados? Pois foi o que mostrou esse estudo aqui. E, se o resultado dessa atitude é tão bacana, por que não tentar reunir as crianças à mesa junto com você? Pode ter certeza de que, além desses benefícios, vocês vão colher muitos outros fazendo disso parte da rotina da casa. Digo por experiência própria: vocês vão conversar mais e, ainda, ter uma oportunidade extra para estreitar os laços.

Gostou da ideia? Então venha conferir algumas dicas para incentivar o filhote a fazer as refeições em família. Nem sempre é uma tarefa fácil, mas sem dúvida vale tentar mostrar a ele que a mesa com os pais e irmãos é muito mais legal que o sofá em frente à televisão. Vem ver como!

Imagem: 123RF

Dê o exemplo: essa é a sugestão de ouro que eu sempre dou em posts de dicas. E é verdade! A mesa é um local que exige que a criança fique quieta o que, dependendo da idade, é o que ela menos quer fazer! Por isso, pode ter certeza que qualquer brecha que você der vai fazê-la querer sair dali. Então faça ela ver que comer na mesa é algo que todo mundo pratica, sem desculpas, combinado?

Se precisar, traga um brinquedo: para fazer da mesa um espaço mais atrativo, se o pequeno não estiver colaborando, permita que ele traga um brinquedo para se sentar com ele. Tem pais que não curtem muito a ideia, mas pode valer a tentativa se estiver difícil convencer o filhote. E lembra que eu falei anteriormente que a mesa não é tão legal assim para os pequenos? Um brinquedo por perto pode ajudar a mudar essa visão. Aos poucos, depois que ele incorporar o hábito, o brinquedo passará a ser dispensável, naturalmente.

Faça o momento mais divertido: ao invés de vocês se sentarem à mesa somente para comer, ou então apenas para falar de assuntos “de adulto” (como coisas de trabalho), aposte na leveza, trazendo o pequeno para a conversa, ou até mesmo soltando uma charada nova antes de cada refeição. Qual criança não vai ficar ansiosa para se juntar na mesa e ouvir mais uma adivinha? Por outro lado, quando o clima é pesado, é normal que ele queira fugir rapidinho!

Convide o pequeno para ver uma nova obra de arte: aqui no blog eu já mostrei como dá para fazer pratos divertidos. E daí vai outra dica: ao invés de levar o pratinho ao filhote, só deixe-o ver a “obra de arte” do dia quando ele se sentar à mesa. A expectativa vai fazê-lo esperar por esse momento!

Mantenha a atenção quando o pequeno se distrair: não se esqueça de que as crianças perdem a atenção rapidamente, então esteja preparado para agir quando o seu filho se distrair e tentar “escapar” da mesa para continuar brincando em outro lugar. Exercite sua criatividade: vale conversar com a comida, inventar músicas para os pratos ou uma história para o pequeno ouvir até comer tudo.

Deixe tudo à mão: para não ficar sentando e levantando o tempo todo, deixe tudo o que for precisar na mesa – mais uma atitude para o pequeno ver que o momento de levantar é, somente, quando a refeição terminar.


 



Arquivado em: AlimentaçãoCuidados diários Tags:

Deixe seu comentário