Cá entre nós, eu sinto uma saudade imensa da minha barriga pré-gravidez. Ela nunca foi chapada, retinha, mesmo porque eu sou a “senhora sedentarismo” (vocês podem me dar um grande puxão de orelhas, porque eu sei que deveria estar fazendo uma atividade física há muito tempo!). Mas que ela era menor do que é hoje, isso com certeza!

Todas as vezes em que olho para minha barriga, me lembro de como ela ficou aos 4 ou 5 meses de gravidez (está igualzinha!). E, claro, não acho a melhor coisa do mundo. Depois que Catarina nasceu, ela nunca mais voltou a ser a mesma; até mesmo quando eu emagreci, devido ao grande gasto calórico da amamentação, ela estava ali – estufadinha, me lembrando que eu havia me tornado mãe.

Pois bem, na semana passada eu experimentei um tipo de tratamento estético que promete melhorar muito a barriguinha no pós-parto: o Heccus. Trata-se de um ultrassom associado a correntes elétricas, que pode ser usado para o combate de gordura localizada, celulite e também para drenagem linfática, de hematomas e fortalecimento muscular. Ou seja, ele executa várias funções simultaneamente e apresenta a vantagem de não ser invasivo (eu morro de medo de cirurgias e não curto muito tratamentos com agulhas, por isso o Heccus me pareceu bem interessante).

Imagem: Zellaby via Compfight cc

Imagem: Zellaby / Creative Commons

Publicidade

O que eu achei mais bacana no Heccus foi a possibilidade de reduzir a quantidade de gordura de uma determinada região (pela ação do ultrassom) e ao mesmo tempo trabalhar a drenagem linfática ou o fortalecimento do músculo (pela ação da corrente), dependendo do que a esteticista recomenda após a avaliação. No meu caso foi escolhido o módulo lipólise (quebra de moléculas de gordura) + fortalecimento muscular, pois ela percebeu que boa parte da minha reclamação sobre minha barriga tinha como causa o estiramento do músculo provocado pela gravidez, e não só o depósito de gordura na área.

O equipamento é regulado para cada indivíduo, em função da espessura da camada de gordura que é mensurada antes da aplicação do aparelho. Você ajuda a regular a intensidade da corrente, pois a ideia é que não sinta dor (mas não vou mentir – você sente um pouco de desconforto sim! Mas é só um pouco, algo totalmente suportável). O Heccus também esquenta, pois o aumento da temperatura auxilia no aumento da vascularização do local e na saída da gordura que foi quebrada pelo ultrassom.

Eu passei cerca de 30 minutos no Heccus (somando todas as áreas em que ele foi aplicado, bem na frente da barriga e nas laterais da cintura). Em seguida passei por uma massagem modeladora, que faz parte do pacote (enquanto o aparelho libera a gordura, a modeladora ajuda na sua drenagem e excreção). Fiz apenas uma sessão para conhecer a proposta do tratamento, mas o ideal é que sejam no mínimo dez para a obtenção de um bom resultado (de duas a três vezes por semana, sempre em dias alternados).

Outro ponto importante para um resultado mais rápido e melhor com o Heccus é a questão da atividade física. Ela ajuda na eliminação da gordura que foi liberada das células no tratamento (você achou que estava liberada do esforço, né? Eu achei!). Mesmo assim, existem mulheres que fazem apenas a aplicação do aparelho, seja para reduzir a barriguinha ou para manter o bom aspecto que foi conseguido.

Esse é o Heccus

Esse é o Heccus

Por fim, as contra-indicações (que são poucas): o Heccus não pode ser aplicado em gestantes ou pessoas com problemas crônicos descompensados e em portadores de implantes metálicos. Também deve ser evitado em áreas onde a pessoa não sinta sensibilidade. Mas pode ser usado poucos meses depois do parto, desde que haja liberação médica. Também não interfere na amamentação, o que é uma ótima notícia.

Publicidade

Sobre o resultado: embora tenha sido apenas uma sessão, senti diferença! Pequena, claro, mas senti. Tenho uma calça pré-gravidez que atualmente fica bem apertada na barriga. E não e que ela fechou com mais facilidade? Fiquei com muita vontade de fazer um tratamento completo!

Para você que também sofreu com o aumento da barriga no pós-parto, fica a dica!

* Agradecimentos ao Espaço Prana, que abriu suas portas para nos apresentar o tratamento com Heccus.