Recebemos no Mil Dicas de Mãe dois conjuntinhos lindos da Retroca (ambos da Carters): um para meninos e outro para meninas!

Para quem não sabe, a Retroca tem uma ideia super, hiper bacana: a de que o consumo de roupas infantis pode, sim, ser sustentável. Cá entre nós: quantas vezes você usou as roupinhas do seu bebê? Uma? Duas? Houve alguma peça que você não teve oportunidade de usar, porque ganhou tanta coisa que não conseguiu vestir no pequeno tudo o que havia no armário? Ou deixou para usar no mês seguinte, e quando percebeu a peça já não cabia mais? Aposto que a maioria das mães tem alguma experiência desse tipo (eu mesma guardei várias roupas novinhas, das quais apenas retirei a etiqueta). Então por que não dar um destino interessante a essas peças? Aliás, e se você pudesse trocá-las for algo de que realmente precisa, não seria ótimo? Pois é, aqui entra a Retroca.

Funciona assim: você pede a sacola da Retroca pelo site, coloca as peças que quer vender e envia pelo correio para eles (o custo do envio é deles). Aí o pessoal de lá avalia suas roupinhas e te paga por isso (claro que você vai mandar coisas bem legais, em ótimo estado de conservação). As peças são colocadas no site, e alguma outra mãe vai comprá-las (e você pode fazer o mesmo: escolher algo que interesse para seu filhote). Depois de pagar (muito mais barato do que se comprasse uma peça nova equivalente em uma loja convencional), você recebe em casa. Fácil, né?

A grande vantagem de comprar através do site, é saber que você receberá um produto de qualidade, justamente porque já houve uma triagem prévia (muitos itens são importados, inclusive). Fui dar minha espiadinha e achei muita coisa bacana para a Catarina. Se você quiser dar uma olhada também, é só acessar: http://www.retroca.com.br

Publicidade

retroca