Estudo mostra que crianças estimuladas em casa são melhores em matemática

Por 0 Comentários


Você gosta de matemática? Tirava boas notas nessa matéria? Independentemente se você respondeu sim ou não, com certeza deseja que seu filho tenha um bom desempenho nela. A matemática está presente em tudo, e seu domínio facilita a vida diária e até a segurança financeira na vida adulta.

Mas será que há algo que você possa fazer em casa para que seu filho tenha afinidade com a matéria? É justamente sobre isso que trata o post de hoje. Com a ajuda da ciência, eu venho mostrar para vocês que o interesse por matemática dos pequenos também é puro espelho dos pais.

Olha só: um estudo publicado pela revista Fronteiras da Psicologia encontrou relação entre as habilidades matemáticas desenvolvidas pelas crianças com atividades numéricas específicas treinadas em casa, como contagem, classificação e somas simples. Vem saber mais!

Imagem: 123RF

O estudo

Para esclarecer essa ligação, pesquisadores da Universidade Católica de Leuven, na Bélgica, avaliaram 128 crianças do jardim de infância em várias tarefas numéricas simbólicas e não-simbólicas. Os pesquisadores também perguntaram aos pais qual a frequência com que certas atividades com números eram realizadas por seus filhos em casa.

Em seguida, os estudiosos pediram que os adultos indicassem conexões entre essas atividades domiciliares e as habilidades iniciais com números desenvolvidas com as crianças (por exemplo: seu filho sabe contar sem ter ido para a escola? Como ele aprendeu isso? Você o incentivou, direta ou indiretamente?).

Resultado da pesquisa

De acordo com Belde Mutaf Yildiz, autora principal do estudo, a pesquisa mostrou que quanto mais os pais se engajam em atividades matemáticas com seus filhos (como identificar numerais, classificar objetos por tamanho, cor ou forma, ou aprender somas simples), maior é o desempenho dos pequenos em habilidades numéricas como, por exemplo, contagem.

Essas atividades estimuladas em casa (como falar sobre dinheiro durante as compras ou medir os ingredientes enquanto cozinha) foram vinculadas a uma estimativa mais precisa das crianças para encontrarem, por exemplo, a posição de um dígito em uma linha numérica vazia.

Além disso, atividades como jogos de tabuleiro e cartas foram associadas a melhores habilidades de cálculo com figuras.

“O aumento da conscientização do público sobre o papel que os pais podem desempenhar no desenvolvimento de habilidades matemáticas de seus filhos, simplesmente por meio de atividades relacionadas a números em um ambiente doméstico, seria extremamente útil”, diz Belde.

Estudos anteriores

Estudos anteriores já mostraram que as habilidades matemáticas desenvolvidas desde cedo, em casa, também proporcionam um melhor aprendizado da disciplina pelas crianças na escola. E até mesmo que a genética pode contribuir para isso (conforme eu mostrei nesse post).

Ou seja, o fato de que os pais desempenham um papel importante no desenvolvimento matemático inicial de seus filhos não é novo.

Porém, até agora, a ligação entre atividades numéricas específicas (como as mencionadas acima: contagem, classificação e somas simples) e certas habilidades matemáticas não era bem conhecida – o que reforça a ideia que nós podemos ajudar muito os nossos pequenos!

Outras conclusões

Os pesquisadores advertem que as descobertas do estudo não indicam qualquer relação de causa e efeito. Por exemplo: pode ser que as crianças que já são boas em matemática sejam as que provocam o interesse por números em casa em vez de seus pais, e não necessariamente o contrário.

Apesar disso, com pesquisas sobre o uso de números em casa na infância, os pesquisadores buscam investigações mais abrangentes para determinar quais atividades específicas ajudam as crianças a melhorar suas habilidades matemáticas. Que tal tentar na sua casa você também? Você pode fazer isso usando até mesmo Lego, como eu mostro nesse post.


 



Arquivado em: DesenvolvimentoEducação Tags:

Deixe seu comentário