Caminhada na gravidez: por que ela é (muito) recomendada?

Por 0 Comentários


Hoje o post é sobre uma das atividades físicas mais queridinhas das futuras mamães: a caminhada na gravidez. Aqui no blog vocês já viram os benefícios que práticas como o pilates e o yoga proporcionam às gestantes e, agora, é o momento de falar sobre como uma atividade aparentemente leve, como a caminhada, também contribui (e muito!) para um pré-natal de qualidade na gestação.

Confira então, a seguir, mais informações sobre a caminhada na gravidez (quantos minutos por dia é bacana praticar, quais os melhores horários, etc) e, também, entenda quando a corrida pode ser uma opção nessa fase. Vem ver!

Imagem: 123RF

Caminhada na gravidez: como praticar?

O mais bacana da caminhada na gravidez é que se trata de uma atividade física gratuita, que você pode praticar até na rua da sua casa, seguindo seu próprio ritmo. Por isso a dica é: comece caminhando um pouquinho por dia e, quando se sentir incomodada, pare. Ao longo dos dias, quando for melhorando o desempenho, caminhe durante mais tempo.

Uma média interessante de tempo para a atividade é cerca de 30 minutos diários (sob o mesmo ritmo ou, então, de forma alternada, com alguns minutos de caminhada mais lenta e outros de exercício um pouco mais intenso).

Outros cuidados importantes são: caminhe durante as horas mais frescas do dia (pois o calor vai incomodar bastante!), com roupas leves e confortáveis e tente manter a cabeça bem erguida, olhando para a frente (esse cuidado é importante para evitar dores nas costas).

Lembrando ainda que, durante a gestação, nosso equilíbrio é afetado. Portanto, ao praticar a caminhada na gravidez, prefira trajetos mais retos (sem muitas subidas) e ande sempre movimentando os braços, justamente para manter o equilíbrio. Outro cuidado válido é evitar o uso de esteiras (ou ande segurando bem firme nas laterais), que podem causar desequilíbrio.

Mais uma dica para aproveitar ao máximo a caminhada na gravidez é não se esquecer da garrafinha de água! E, especialmente no terceiro trimestre, é bacana caminhar com uma companhia, que possa te auxiliar no caso de algum imprevisto.

Quais os benefícios da caminhada na gravidez?

Além de manter a saúde em dia, a caminhada na gravidez é uma aliada contra incômodos comuns das gestantes, como constipação, varizes e inchaços. Sem contar que, como se trata de um exercício, ainda ajuda a manter o peso durante a gestação. Outro detalhe é que a caminhada é de baixo impacto, portanto, sua prática está liberada até a chegada do bebê (mas converse sempre com o seu médico se realmente é algo bacana para você, pois cada caso é um caso!).

Também é válido lembrar que, para aproveitar todos esses benefícios da caminhada na gravidez, o bacana é andar com frequência (mas, claro, evite atividade física naqueles dias em que se sentir indisposta, com tonturas, ou quando estiver muito calor).

Corrida só vale para quem já praticava!

Ao contrário da caminhada, a corrida é uma atividade de alto impacto e, por isso, não é um exercício dos mais indicados durante a gestação para quem nunca praticou antes. Agora, no caso das mamães corredoras, como o organismo já está acostumado e essas mulheres já sabem como correr, a prática (com o aval do seu médico, claro) está liberada.

Os cuidados para garantir um bom desempenho na corrida durante a gravidez (sem prejudicar a saúde) são os mesmos da caminhada. Mais um lembrete é deixar de lado nesse período a busca por bater o menor tempo (lembre-se de que exercícios na gestação são indicados para manter a saúde; uma intensidade muito alta pode prejudicá-la e acabar com os seus joelhos!).


 



Arquivado em: Gravidez Tags:

Deixe seu comentário