Como escolher o travesseiro ideal para bebês e crianças

Por 0 Comentários


Como é bom ver nossos filhos encostando a cabeça no travesseiro e aproveitando um soninho gostoso, com muita paz e tranquilidade, não é mesmo? E, certamente, saber escolher o travesseiro ideal para o bebê ou a criança é um ponto que auxilia muito numa boa noite de sono dos pequenos, que acordam mais dispostos, felizes e saudáveis.

Há pouco tempo, falei aqui no blog sobre as características que você deve avaliar ao comprar um colchão para o seu filho. E no post de hoje eu completo as dicas abordando outro tipo de produto: o travesseiro infantil. Vem ver como escolher o travesseiro ideal e confira também algumas dicas para conservá-lo por mais tempo!

Imagem: 123RF

Qual tamanho de travesseiro é o mais indicado para bebês?

Primeiro, uma informação importante: nos primeiros 12 meses de vida, o seu filho não precisa de travesseiro, sabia? Especialistas afirmam que a proporção entre o corpo e a cabeça do bebê é muito diferente do que vemos em crianças, adolescentes e adultos. Com isso, se o bebê utilizar um travesseiro (mesmo um bem pequeno), ele ficará com a cabeça muito elevada, o que pode gerar dores e desconfortos. Caso o seu filho precise de uma certa elevação para amenizar problemas como o refluxo, por exemplo, você pode adquirir um travesseiro anti-refluxo (que suporta a cabeça e o tronco da criança) ou elevar o próprio colchão, na área em que a criança apoia a cabeça, até chegar à altura ideal.

Já com um ano de idade, o bebê deve começar a dormir de lado, para manter uma postura adequada. É nesse período que você deve escolher um travesseiro confortável e que não ofereça riscos. A principal recomendação (que vale também para adultos) é que o travesseiro deve preencher totalmente o espaço entre a superfície do colchão e a cabeça da criança, já considerando o peso que será aplicado nele. Ou seja, nada de apertar ou abraçar o travesseiro na loja e comprar o mais fofinho. É preciso realmente fazer um teste, deitando a criança na posição ideal, para fazer a escolha certa!

Tipos de travesseiros para bebês e crianças

Quando você for comprar o travesseiro do seu filho, encontrará vários modelos diferentes. Uma característica bacana para levar em conta é a capacidade de redução de riscos de asfixia, ideal para aquelas crianças que se mexem muito durante o sono. A versão anti-sufocante é aquela cheia de furinhos. 

Mais uma alternativa são os modelos “de memória”, que costumam durar mais tempo, pois sempre voltam à forma original após a aplicação do peso. Eles também se encaixam melhor na cabeça do bebê, garantindo que a coluna fique bem alinhada quando ao deitar de lado.

Outra ótima opção é a função antialérgica, que alguns modelos apresentam. Trata-se da escolha ideal para que crianças com algum problema respiratório consigam ter uma noite tranquila.

Quando trocar o travesseiro do seu filho

Como você já viu, o que faz um travesseiro ideal é a sua capacidade de apoiar a cabeça do seu filho quando ele está de lado, deixando-a alinhada com a coluna. E é claro que, conforme a criança vai crescendo, a cabeça dela fica mais pesada, aplicando mais pressão ao travesseiro e reduzindo cada vez mais esse espaço até a superfície do colchão. Portanto, não se apegue tanto a um tempo específico para realizar a troca do produto. Se você perceber que a cabeça da criança está pendendo muito para baixo quando ela está deitada, já é hora de comprar um novo!

Mas, enquanto isso não acontece, vale a pena seguir algumas dicas para manter o travesseiro bem conservado. A principal é: nunca lave o travesseiro se você não conseguir garantir uma secagem perfeita. E acredite, isso é bem difícil de fazer! Se possível, leve-o a uma lavanderia profissional (que fará o trabalho da forma mais adequada) a cada dois anos.

Um último recado, sempre válido: observe bem o seu filho durante o sono. Caso ele comece a apresentar um comportamento mais agitado ou sinta dores quando estiver deitado, procure o pediatra. Se a criança não apresentar nenhum sintoma de doenças, é bem provável que esse desconforto esteja relacionado ao travesseiro ou ao colchão do seu berço ou cama. Faça as trocas ou manutenções necessárias regularmente e garanta que seu filho tenha sempre um sono perfeito!


 



Arquivado em: ComprasCuidados diáriosEnxoval do bebê Tags:

Deixe seu comentário