3 brincadeiras para fazer aproveitando elementos da natureza

Por 0 Comentários


Brincar na natureza é uma das experiências mais ricas que podemos oferecer aos nossos filhos. Por meio dessas atividades, eles se divertem, aprendem, criam consciência ambiental e aproveitam exercícios sensoriais incríveis, graças às diferentes formas e texturas que os elementos naturais possuem (é o molhado da água, a aspereza da terra, o macio das flores…). Tudo ao mesmo tempo, já pensou nisso?

E, pensando em todos esses benefícios e na realidade das famílias das grandes cidades (que nem sempre têm a oportunidade de estar pertinho da natureza para brincar com as crianças), no post de hoje eu ensino brincadeiras simples para se divertir usando alguns elementos da natureza. Você verá como dá para reproduzir em casa, sem grandes dificuldades (e eu tenho certeza de que todos vão adorar!).

Floresta no vidro

Essa brincadeira pode começar com um passeio: caminhando com o filhote, peça que ele pegue do chão (em locais seguros) o que achar bacana para, depois, montar uma “mini-floresta.” Vale tudo: folhas, galhos, flores caídas, pedras (lembrando que o legal é ensinar o pequeno a pegar o que já estiver caído, ao invés de apanhar o que ainda estiver crescendo, para não interferir na natureza).

Depois, ao chegar em casa, a diversão continua, quando ele montar a florestinha. Pegue um recipiente de vidro ou de plástico (dependendo da idade do filhote), e, dentro dele, monte o ambiente imitando uma floresta de verdade (por exemplo: deixe pedras embaixo, em cima coloque um pouco de grama e depois os galhos). Ah, e se o pequeno tiver miniaturas de animais de brinquedo (ou outras que ele curta), elas também podem fazer parte do cenário.

Galhos personalizados

Essa brincadeira é muito simples: você vai precisar apenas de galhos e materiais como linhas, lãs e fitas. Esses itens serão necessários para encapar os raminhos, fazendo a diversão dessa atividade. Incentive as crianças a misturar cores (mas deixe que cada um escolha o seu tom e a melhor maneira de combiná-los) e deixar os galhos bem personalizados (como na foto acima).

A imaginação flui pra valer aqui! E, de quebra, você ainda ganha uma peça decorativa (porque os galhos ficam lindos assim!).

Carimbo de folhas

Para essa aqui, antes, convide o filhote para caçar folhas na rua. Peça para ele pegar as de que mais gostar (afinal, são tantas versões diferentes!). Depois é hora de transformá-las em carimbo: pegue uma folha de papel sulfite (ou outra que você quiser carimbar), pinte as folhas (pode ser com a ajuda de um rolinho de pintura) e, depois, aperte-as sobre a superfície que você deseja estampar.

Pronto! A folha dará seu formato à impressão, ali onde você a pressionou. O bacana é misturar várias folhas de formatos diferentes, com cores também distintas e, dá até para fazer um quadro (quer recordação mais gostosa do que um trabalho feito juntos?).






Arquivado em: DiversãoTags:

Deixe seu comentário