Aprenda a lavar e guardar biquínis e sungas para que durem mais

Por 0 Comentários


Se no inverno tiramos do armário os casacos, no verão é a época de maiôs, biquínis e sungas deixarem as gavetas. Mas, considerando que no restante do ano essas peças são bem pouco utilizadas, você sabe como guardá-las para que fiquem conservadas da melhor maneira? E higienizá-las (cuidado fundamental para evitar certas doenças de praia), você também sabe?

Para você analisar se está fazendo a coisa certa, nesse post eu reuni dicas sobre como lavar, secar e guardar roupas de banho, pensando na preservação da qualidade do tecido e na durabilidade. Tenho certeza que você vai gostar (e se tiver mais alguma sugestão, me conta nos comentários, ok?).

Imagem: 123RF

Lavagem

Algumas peças mais delicadas, como as de crochê, devem ficar longe da máquina de lavar. O ideal, nesse caso, é higienizar a mão, com água fria e sabão neutro, para não distorcer o tecido. Já as peças convencionais podem ser lavadas na máquina (confira essa informação na etiqueta do maiô), mas evite o uso de alvejantes, que causam a rápida descoloração do biquini/sunga. Como nem sempre temos uma máquina disponível em viagens, a lavagem à mão é sempre uma alternativa.

Outra dica importante é a seguinte: se tiver ido à praia ou rio, coloque a peça de molho por alguns minutos para tirar a areia, antes de lava-la. Enxague em água corrente depois do molho, e então lave na máquina ou à mão, como preferir.

Vale destacar também que o indicado é a lavagem logo após o uso da peça, para já tirar o contato da roupa com as substâncias que podem degradá-la (como o sal do mar, o cloro da piscina, protetores solares – aliás, evite o contato do protetor com a peça, para não mancha-la. Aqui em casa eu peço para a Cacá tirar a roupinha, passo o protetor, e só então ela coloca o maiô. Dessa forma a aplicação fica melhor, sem áreas descobertas da pele, e também diminuo o risco de manchinhas no tecido, pois já perdi biquinis da pequena que ficaram manchados no passado).

Secagem

Seque as roupas de praia naturalmente, sempre à sombra. Isso é necessário para evitar que as peças desbotem e que o tecido seja danificado pelo calor. Antes de pendurar, torça com cuidado e, se precisar de prendedores, coloque-os perto das costuras e alças (o que evita marcas). E nada de ferro de passar!

Conservação

Garanta que as peças estejam bem sequinhas antes de guardar, para evitar manchas. No armário, coloque as roupas de praia dentro de sacos de pano (esses que vêm junto com sapatos), pois, assim, o tecido “respira” e sua durabilidade aumenta (o que evita aquela surpresa de pegar a peça depois de muito tempo de guardada e ver que a elasticidade foi perdida!).






Arquivado em: Coisas de casaDicas de mãeRoupas Tags:

Deixe seu comentário