Como funciona a rotina do bebê no primeiro ano de vida?

Por 1 Comentário


Acho que um dos principais problemas que tive no primeiro ano de Catarina era que eu não sabia o que esperar do sono de um bebê. Ninguém havia me dito o que era normal, o que não era, como ter expectativas realistas, e não me afetar com o discurso de outra mãe que dizia que seu filho tinha passado a dormir a noite toda com 40 dias de vida. Por isso eu ADOREI esse post da nossa querida consultora de sono, Michele Melão, sobre a rotina de sono até o primeiro aniversário. Você vai ver que não é apenas seu bebê que acorda durante a noite!

Por Michele Melão

Hoje percebemos muitas famílias preocupadas com a quantidade de horas e a qualidade de sono das crianças. Preocupação totalmente justificável, já que o sono é primordial ao crescimento e desenvolvimento adequado das crianças. O primeiro ano de vida é marcado por muitas mudanças, por isso é importante ter expectativas reais do sono dos bebês. Alguns dormem muito, outros nem tanto. O que é esperado então desde a fase de recém-nascido até que o bebê complete os 12 meses?

Nosso desejo com este post é dar expectativas reais do sono do bebê neste primeiro ano, sempre lembrando que cada criança é única e que suas necessidades individuais devem ser respeitadas.

Imagem: 123RF

De 0 a 2 meses

Total de sono: de 14 a 18 horas por dia.

Geralmente o dia começa às 7h e termina às 22h. O bebê faz diversas sonecas por dia, e passa de 45 minutos a 1 hora acordado até que dorme novamente. Acorda pelo menos de 3 em 3 horas para mamar de madrugada.

De 2 a 4 meses

Total de sono: de 13 a 14 horas por dia.

Geralmente o dia começa às 6h e termina entre 20:30h e 21h. O bebê faz 4 ou 5 sonecas por dia e fica acordado de 1 a 2 horas entre as sonecas. De madrugada, é esperado que acorde de 3 em 3 horas, mas alguns bebês conseguem esticar mais (5 ou 6 horas de sono, especialmente antes da primeira mamada da madrugada).

De 4 a 7 meses

Total de sono: de 12 a 14 horas por dia.

O dia começa entre 6h e 8h da manhã e termina entre 20h e 21h. O bebê faz 3 sonecas por dia, e consegue se manter acordado de 2 a 3 horas. De madrugada, são esperados 2 despertares para mamar e seu filho já é capaz de dormir 6 horas direto. Nesta fase, o ideal é não deixar que cada soneca ultrapasse 2 horas, para que você consiga manter uma rotina de alimentação e que ele esteja bastante saciado durante o dia (para não aumentar a necessidade de mamar de madrugada).

De 8 a 12 meses

Total de sono: de 12 a 14 horas por dia.

O dia começa entre 6h e 7h e termina entre 19:30h e 21h. Aqui seu filho faz 2 sonecas por dia e o total de horas de sono no dia será de 2 a 4 horas. Nesta fase, como geralmente a alimentação sólida está consolidada, é esperado que a criança durma  de  7 a 10 horas por noite, sem despertar.

Existem as fases nas quais acontecem as regressões de sono e, no primeiro ano de vida, elas são mais fortes aos 4 e aos 8 meses. Se seu filho dormia bem e de repente passou a ter problemas de sono, faça uma análise dos hábitos diários, quantidade de soneca, horários do sono diurno e noturno, além de se atentar a quais são os elementos externos de que ele precisa para se manter dormindo. Dorme mamando e precisa mamar para voltar a dormir? Dorme sendo embalado e não mantém o sono de madrugada? A maioria dos problemas de sono das crianças são comportamentais, então esta avaliação pode ajudar os pais a enxergarem a causa do problema. Com paciência, persistência e muito carinho e dedicação, é possível ensinar a criança a dormir com mais autonomia, desenvolver habilidades de auto-conforto, e isso fará toda diferença na qualidade e quantidade de sono.




Arquivado em: Sono do bebê Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. dalva disse:

    Relmente os meses iniciais do bebê são cheio de medos e expectativas, assim que fiquei, passei noites sem dormir mas valeu a pena essa rotina de sono é top.

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail