Sobre higienizar (ou não!) a boca do bebê depois da mamada noturna

Por 1 Comentário


Vamos imaginar uma cena? Seu bebê acordou no meio da noite com fome, e você prontamente o amamentou, para que ele voltasse a dormir. Tudo o que você queria naquele momento eram duas coisas: ver seu filho bem alimentado e (claro!) dormindo tranquilamente em seu berço, para que você pudesse voltar a dormir também. Só que, de repete, você ouviu uma voz ao seu ouvido, falando que a boquinha dele ficaria cheia de leite; e que você deveria passar uma gaze molhada para limpa-la, para só então deixar que seu bebê descansasse.

E então você pensou: “o que eu faço agora? Limpo a boca do bebê e durmo com a consciência tranquila?”. Ou pode ter sido: “não vou tocar nele, porque se meu filho acordar ficarei mais uma hora acordada, e daqui a três horas vou ter que levantar novamente!”. O fato é que essa é uma dúvida de muitas mães que se preocupam com a higiene bucal do bebê, mas ao mesmo tempo morrem de medo de acordar o filhote novamente na madrugada.

Imagem: 123RF

Posso contar um segredo? Eu nunca fiz essa higiene depois das mamadas noturnas com Catarina. E entendo perfeitamente todas as mães que também não fazem – não por negligência, mas simplesmente porque têm bebês que acordam (e permanecem acordados) com o menor estímulo. Mas como posso dizer isso, sendo dentista? Mesmo tendo recomendado a tantas mães, na época em que clinicava, que fizessem isso com seu filhos? Acredito que nosso olhar muda muito com a prática, quando o bebê que está no berço é o seu.

Hoje, se uma mãe me perguntasse qual seria minha recomendação de higiene depois das mamadas, eu diria: higienize, sim, a boca do seu bebê depois das mamadas diurnas. Pegue uma gaze, molhe em água (não precisa colocar mais nada. É apenas a fricção do material na superfície dos dentinhos e da gengiva que fará a limpeza – mesmo que seu bebê ainda não tenha dentes), e passe delicadamente, para limpar internamente a boca e a língua do seu filho.

E se seu bebê é daquele tipo que acorda facilmente à noite, não se sinta culpada por não fazer essa higiene durante a madrugada. E o motivo é simples: a placa bacteriana que se forma, e que poderia causar algum dano aos dentes do seu filho, demora em torno de 24 horas para se organizar novamente. Assim, fazendo uma boa higiene durante o dia, o filhote não terá problemas à noite.

Não é o leite que fica na boca do seu filho nessa mamada noturna que causará a doença cárie. É um conjunto de outros hábitos que farão isso: a falta de higiene na MAIORIA das mamadas, o uso de leite artificial ADOÇADO, o consumo de doces com frequência (numa idade em que, obviamente, nenhum bebê deveria ter contato com balas e similares).

Faça sua parte durante as outras mamadas e durma sossegada à noite, se não conseguir fazer o mesmo, combinado?




Arquivado em: AmamentaçãoSaúde Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Erika Matubara disse:

    Gostaria de te parabenizar pelo seu blog e gostaria de te agradecer por tirar um peso gigantesco que me assombra a alguns meses.
    Também sou cd mas fiz somente algumas atualizações em dentistica e não entendo nada de odontopediatria.
    Apesar de saber sobre a pelicula e formação de biofilme não higienizo a boquinha da minha filha durante a mamada noturna.
    Recebo inumeras criticas por isso (de amigos e colegas que nao tem filhos, obviamente).
    Mas depois de ser mãe parei de ser critica e passei a entender o que as mães passam, julgar menos e ouvir mais.
    Seu trabalho com o blog é lindo e continue a relatar suas experiencias porque pode ajudar inumeras mães que estão passando pelas mesmas situações
    Obrigada

Deixe seu comentário