Vai viajar com as crianças? Então veja estas dicas para não bagunçar o sono do seu filho!

Por 2 Comentários


As férias chegaram, e sei que muitas mães estão planejando viajar com seus pequenos. Sei também que viajar com um bebê não é fácil – dá um medo danado de que ele não durma bem, saia da rotina, fique “chatinho”, e o que era para ser um momento de diversão em família acaba gerando um estresse enorme. Por isso, o post de hoje vem bem a calhar: nele nossa querida consultora de sono, Michele Melão, dá super dicas de como manter o sono do seu filho em dia durante uma viagem. Corre para ler, vale muito a leitura!

Por Michele Melão

Julho chegou e para muitas famílias isso significa viajar e relaxar. Aproveitar as férias escolares, visitar parentes, passar um período em um hotel. Mas e quando temos crianças pequenas? Muitas mães ficam com receio de como será o sono dos filhos durante e principalmente depois deste período, por causa das quebras de rotina que certamente acontecerão.

No post de hoje vamos falar sobre as sonecas, pensando que, com crianças pequenas, os passeios durante o dia são mais frequentes do que as quebras de rotina à noite.

Imagem: 123RF

– Tente manter os horários das sonecas o mais próximo possível do que seu filho faz!

Essa primeira dica parece difícil para muitas famílias, mas se seu filho consegue dormir no colo, em um carrinho ou sling, não importa onde você estiver, tente respeitar os horários que ele dormiria se estivesse em casa. Se alguma soneca for prejudicada (em algumas circunstâncias isso acontece), garanta que a próxima seja de um sono restaurador, ou seu filho pode passar muito da hora de dormir, prejudicando também o sono da noite (além de ficar uma criança irritada durante o dia).

– Leve algumas coisas para seu bebê lembrar do ambiente que ele tem em casa para dormir durante o dia!

Não conseguimos replicar totalmente o ambiente, mas muitas vezes é possível levar um lençol, travesseiro, um objeto de transição e a música que acalma. Se seu filho costuma dormir no carrinho em casa, de vez em quando, ele também pode ser de grande ajuda nessa hora.

– Acostume seu bebê a dormir em ambientes diferentes pelo menos uma semana antes da viagem!

Se seu filho é muito adaptável, sair de férias não deve ser um grande problema para o sono. Porém, para crianças muito sensíveis, que só aceitam o berço para dormir, precisam de escuro e silêncio, sair de casa possivelmente será sinônimo de privação de sono, nervosismo e cansaço dos pais. Se a sensibilidade do seu bebê para as quebras de rotina for muito grande, minha sugestão é tentar pelo menos uma soneca por dia fora do ambiente de sono do seu filho, mesmo que isso faça com que ele durma menos. Você pode começar dentro de casa, fazendo a soneca em um carrinho ao invés do berço, e em dois dias tentar a soneca em um passeio na rua. Se for possível, visite algum parente e tente fazer o bebê dormir em um ambiente diferente, mesmo que seja no colo ou sling. Mesmo as crianças extremamente sensíveis, com o passar dos dias, conseguem fazer ao menos um ciclo de sono fora do ambiente a que está acostumada, o que ajudará muito durante uma viagem mais longa.

– Combine as regras e esteja preparada para momentos difíceis!

Sempre é melhor visualizar o que pode acontecer durante os passeios com antecedência, para ter alternativas. Vão viajar com outras pessoas? Elas podem ajudar um dia ou outro? Se estiverem só os pais, e o bebê precisar ficar em casa / hotel alguns dias, como organizar os passeios? Há por exemplo o serviço de baby-sitter onde vocês ficarão hospedados? O hotel ou a casa em que vocês irão ficar está adaptado para receber crianças? É melhor levar um berço portátil? Tente responder tudo isso antes de sair de casa, pois antecipando-se às questões você estará pronta para resolvê-las.

– Não crie associações de sono que seu filho não tem em casa!

Se seu filho fica bem em casa, entra no sono com facilidade, não precisa de uma indução grande de sono, não há motivo para criar estes hábitos durante as férias. Claro que não há problema em fazer uma ou outra soneca no colo, mas se você conseguir que ele mantenha o sono em outro lugar, isso será excelente para a readaptação do seu bebê quando voltar. Se ele não usa chupeta, não há motivo para oferecer durante as férias.

 

Os problemas de sono do bebê podem aparecer a qualquer momento, porém períodos como férias são mais propícios para que eles aconteçam. Esteja atenta aos sinais de sono do seu bebê, planeje bem os passeios para que a criança consiga dormir durante o dia e pense em levar alguns acessórios que podem ajudar: capas para cobrir carrinho, apps com sons da natureza e aqueles protetores de vidro de carro que bloqueiam a entrada do sol.

Espero que as dicas ajudem e desejo um excelente período de férias para todas as famílias!




Arquivado em: Sono do bebêViagem Tags:

Comentários (2)

Trackback URL

  1. Janete disse:

    E em caso de diferença de fuso horário? Como fazer?

    • Michele disse:

      Oi Janete, como vai?
      No caso do fuso, a sugestão é ajustar 20 minutos, a cada 3 dias, antes da viagem.
      Dependendo do fuso, fica também fácil ajustar uma parte no avião (já começar o dia no horário local). Neste caso, o ajuste pode ser de no máximo 2 horas porque se for muito mais do que isso, a criança vai ficar muito cansada.
      Um beijo
      Michele

Deixe seu comentário