Dica de livro: a outra história de Cachinhos Dourados!

Por 0 Comentários


Eu adoro dar dicas de bons livros infantis aqui no blog, vocês sabem! Por isso trago no post de hoje um livro que fez bastante sucesso aqui em casa nessa semana, porque conta uma história que todos nós já conhecemos, mas de uma forma diferente: a da Cachinhos Dourados!

Quando recebemos o livro para conhecê-lo, e Cacá viu a capa, achou que iria encontrar o enredo que já sabia de cor: aquele em que a menina entra na casa dos ursos e faz uma grande bagunça nas coisas do Papai Urso, da Mamãe Urso e do Pequeno Urso, comendo inclusive todo o mingau do ursinho – que, segundo ela, não estava nem quente demais, nem frio demais, estava perfeito! Mas não é que dessa vez o livro contava também uma outra coisa?

“A Outra História de Cachinhos Dourados” é exatamente isso – uma nova maneira de apresentar o conto! E é muito bacana porque fala dos personagens que as crianças já conhecem, mas colocando-os em outras situações. Nesse caso, por exemplo, a Cachinhos continua fazendo uma “baguncinha” na casa dos ursos, mas não por descuido, e sim porque ela queria deixar rastros, até que eles encontrassem uma grande surpresa! Não é que a menina havia levado fantasias de presentes para os amigos (só não vou contar quais, para não contar o final antes da hora!).

 

Achei bem interessante a ideia do autor de fazer uma releitura desse clássico – e fica mais uma dica: há também um outro livro da mesma coleção lançado no ano passado, “A Outra História de Chapeuzinho Vermelho”, que é uma graça! Com essa mesma pegada de contar o conhecido, mas de uma forma diferente, o livro narra o encontro de Chapeuzinho com o Lobo (que não gosta de ser o vilão, não, e resolve imaginar que vai até a casa da vovozinha para preparar deliciosas panquecas para too mundo!).

A Outra História de Cachinhos Dourados
Texto e ilustração: Jean-Claude R. Alphen
Editora Salamandra
Idade para a qual eu recomendo: a partir de 3 anos (mas acho ainda mais legal quando a criança já teve contato com a história convencional, para comparar as versões!).






Arquivado em: DiversãoLivros Tags:

Deixe seu comentário