Garanta a diversão com o filhote entre o 7° e o 9° mês!

Por 0 Comentários


Você tem acompanhado os posts de desenvolvimento do bebê durante o primeiro ano de vida? Já publiquei aqui no blog algumas sugestões de atividades e brincadeiras para os pequeninos até os 3 meses, e entre 3 e 6 meses de vida. Hoje é a vez dos bebês que já estão no terceiro trimestre de vida pós-nascimento – entre 7 e 9 meses, seu pequeno mudará muito!

Se o seu pequenino está entrando no sétimo mês de vida, aproveite: essa fase é cheia de novidades no desenvolvimento! É nessa idade que o bebê começa a manusear melhor os brinquedos, a desenvolver totalmente a visão e a sentar sozinho. E mais: até chegar ao nono mês, ele está quase prontinho para dar os primeiros passos, e já terá mobilidade pela casa! Com isso, você pode apostar em uma série de atividades bacanas para incentivar essas descobertas e crescimento. Quer ver só?

Imagem: 123RF

Incentive a criança a sentar

Aos sete meses, a criança já tende a sentar sozinha (sem apoio), por isso é bacana propor atividades que incentivem essa nova habilidade. Deixe o pequeno sentadinho no chão, rodeado de brinquedos, e veja o que ele sabe fazer sozinho!

Deixe objetos longe (e encoraje o pequeno a buscá-los!)

A coordenação motora do bebê continua a todo vapor no sétimo mês, por isso estimule o pequenino a se locomover para buscar brinquedos. Às vezes, você vai notar que a criança se irrita e começa a chorar com o objeto ao longe, mas, ao invés de pegá-lo para o filhote, encoraje-o a ir buscar (pode apostar, você vai estar contribuindo para o desenvolvimento dele!).

Existem, inclusive, alguns brinquedos que se mexem sozinhos. Catarina tinha uma bola que, quando ligada, ia girando e se deslocava alguns centímetros (mostrei nesse post aqui). Assim ela sempre tinha o desafio de correr atrás do brinquedo, e não ficava parada.

Brinque de esconde-esconde

Sabe uma característica bacana do oitavo mês? A visão da criança está quase totalmente desenvolvida! Isso significa que ela tem noção, inclusive, de profundidade. Portanto, você pode se afastar dela e chegar mais perto e, também, investir na brincadeira de esconde-esconde, usando toalhas para cobrir o rosto (e tirando). Outra ideia bacana é esconder brinquedos em panos para a criança encontrar.

Nessa fase, o esconder também é importante para trabalhar emocionalmente a criança. Esse é o momento em que, geralmente, os pequeninos entendem que são um ser separado da mãe, e podem desenvolver a ansiedade de separação. Mostrando, por meio da brincadeira, que você desaparece e reaparece, seu filho entenderá que seu afastamento durante o dia será seguido de um gostoso reencontro!

Aposte em brinquedos para a criança mexer

A partir do sétimo mês, a criança brinca mais com os objetos e procurará várias maneiras de interagir com eles. Por isso, prepare os ouvidos: ela vai amar bater um brinquedo no outro, no chão e se divertir com toda essa barulheira! Mas não é só isso: o bebê nessa idade também tem mais percepção tridimensional e, com isso, saberá mexer em brinquedos de encaixe.

Já um pouco adiante, aos oito meses, nem os objetos menores escapam das mãozinhas do pequenino, porque a capacidade de usar o polegar e o dedo indicador (ou o médio) para apanhar esses itens vai se aprimorando. Mas continue com os ouvidos preparados, porque nessa fase a garotada ainda curte jogar os brinquedos no chão (e isso não significa que seu filho será mal-educado para o resto da vida, ok? É apenas uma etapa de experimentação!).

Atividades de vai-e-vem

No nono mês, a criança gosta de atividades que “vão e voltam”. Por exemplo: entregar brinquedos a quem estiver por perto e depois buscá-los (sim, isso é uma diversão para ela!); tirar objetos de um recipiente para em seguida devolver tudo (que tal oferecer ao filhote um daqueles baldes com blocos do tipo LEGO?) e, ainda, devolver itens que você der a ela (como uma bola ou um carrinho).

Estimule o pequeno a andar                                                        

O bebê aos nove meses começa a andar se apoiando em móveis (não se preocupe se isso ocorrer só aos dez ou onze meses, ok? Falaremos sobre isso no próximo post sobre desenvolvimento!). Você pode ficar a uma certa distância e incentivar o filhote a ir até você, ou então, fazer isso segurando as mãozinhas dele.

E por falar em móveis, ainda no sétimo mês o filhote gosta de se apoiar e pular (com apoio, claro). Que tal colocar uma música para estimulá-lo a realizar esse movimento? Instrumentos como chocalhos ganham um outro uso, diferente daquele mais simples, dos primeiros três meses de vida – agora podem ser usados pelo próprio bebê para acompanhar a brincadeira musical!




Arquivado em: Desenvolvimento Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail