8 coisas que você não deve dizer ao seu filho (ou vai se arrepender depois! Para rir e pensar!)

Por 0 Comentários


Ah, a ansiedade de ver um filho falar… Lembro-me da época em que Catarina não dizia uma só palavra, e eu morria de vontade de escutar seus pensamentos. Naqueles dias, uma grande amiga me avisou: espere até que ela fale, para que você deseje novamente não saber o que a pequena diria!

Pois ter um filho é exatamente isso – querer que ele fale onde está doendo, o que está sentindo, que ele a ama muito e que você é a mãe mais maravilhosa do mundo… Mas que não discuta ordens, faça malcriações ou que deseje discutir a relação pai e filho (e olha que eles são craques nisso!). E principalmente: que não te relembrem das coisas que um dia você disse, mas que não deveria ter falado de maneira alguma (porque vão se voltar contra você, quer ver?):

Imagem: 123RF

1) Só hoje você pode comer bolacha no sofá (o que eles entendem: hoje e todos os outros dias de nossas vidas).

2) Na volta a gente compra (na volta ele vai te lembrar!).

3) Tadinho, está tão cansado que… (não precisa ir para a escola, natação, balé. Ou tomar banho! Óbvio que na próxima vez em que não quiser ir, ele vai te olhar com aquela cara de quem está morrendo!).

4) Só mais três colheres. Faltou dizer que eram cheias! Senão o filhote coloca dois grãos de arroz em cada uma, e acha que cumpriu o combinado!

5) Eu também não gostava disso quando era criança. Tudo bem se a coisa em questão não for obrigatória. Mas não adianta divulgar que você detestava fazer lição de casa, certo?

6) A vacina (ou injeção) não vai doer. Gente, claro que vai! Muito melhor dizer que vai doer um pouquinho, mas que vai passar rápido! Porque mentindo só se ganha uma coisa: um filho que vai duvidar da verdade quando você disser que algo não será ruim.

7) Se você não comer, eu sou chamar o homem do saco. Nãooooooo! Pelo amor! Eu, tu, ele, nós morríamos de medo do homem do saco! Então não vale dizer isso para o filhote (ou prepare-se para acordar durante toda a noite com o pequeno chamando!).

8) Não conta para o seu pai que… (você comprou aquele sapato lindo, mas um absurdo de caro, por exemplo! Porque a primeira coisa que o filhote vai dizer é: “pai, a mamãe comprou uma coisa, mas eu não posso te dizer o que é”, rsrsrs).

Claro que existem outras tantas coisas para não dizer a um filho. Só que elas são muito mai sérias! Elogiar quando não há esforço, fazer pouco caso de algo em que o filhote de fato se empenhou, dizer que se ele não obedecer você vai embora, que ele não é capaz de aprender… Mas isso é papo para um outro post!




Arquivado em: Papo de mãe Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail