Como adaptar o sono do meu bebê com o fim do horário de verão

Por 0 Comentários


Muitas mães têm dificuldade na adaptação do sono do bebê, quando precisamos adiantar ou atrasar o relógio. Mesmo sendo apenas uma hora, o organismo da criança pode sim sentir esta diferença (mais do que os adultos) e geralmente leva 3 ou 4 dias para se adaptar ao novo horário.

A grande interferência no sono da criança acontece por causa do escurecer e amanhecer mais cedo, visto que o corpo humano produz hormônios de sono e vigília de acordo com a claridade e escuridão.

Imagem: 123RF

Seu filho pode ficar cansado mais cedo, porque o corpo vai produzir melatonina mais cedo. Para driblar esta situação, tente esticar um pouco o ritual de sono, em pelo menos 15 minutos e inclua alguma atividade bem prazerosa, como um banho mais longo, uma massagem, um tempo maior de história ou algo de que a criança goste. Para os maiores, incluir uma brincadeira leve antes do banho também pode ajudar. Se a criança ficar muito cansada, adiante o ritual do sono em 45 minutos no primeiro dia, 30 minutos de 2 dias em diante, até que, ao fim de uma semana, o organismo do seu filho já deve estar adaptado ao novo horário.

Muitas crianças irão despertar uma hora mais cedo e o procedimento é o mesmo – tentar manter seu filho na cama por mais 15 minutos no primeiro dia e ir aos poucos ajustando o horário de acordar. O corpo começa a produzir cortisol (hormônio de vigília) 30 minutos antes de despertar, então uma boa dica adicional é ficar ao lado do seu filho 30 minutos antes do horário (por exemplo, se ele sempre acordou 7h e começa a acorda 6h, você deve ficar perto do seu filho a partir de 5:30h) e tentar dar carinho e conforto logo que seu filho começar a se mexer, mostrando que vai acordar. Isso pode fazer com que ele consiga se manter dormindo por mais algum tempo, facilitando a adaptação ao novo horário.

Uma outra dica importante é tentar manter a alimentação de acordo com o relógio, ou seja, se seu filho costuma tomar café da manhã às 7h, mantenha este horário (ou o mais próximo possível dele), mesmo que ele acorde às 6h, para que o relógio interno se ajuste mais rapidamente.

Bebês com menos de 8 meses, que ainda fazem 3 sonecas por dia, podem precisar de uma soneca a mais durante o dia, então se seu filho ficar muito cansado, inclua este sono, garantindo que ele esteja acordado perto de 18h, para não prejudicar o sono noturno.

Esta transição pode ser feita aos poucos, mas recomendo bastante consistência e paciência dos pais no processo, para que a criança não crie um padrão de acordar uma hora mais cedo todos os dias.






Arquivado em: Cuidados diáriosSono do bebê Tags:

Deixe seu comentário