Dicas práticas de lanche para as férias dos pequenos!

Por 0 Comentários


Por aqui, férias são sinônimo de loucura – e imagino que por aí também! Isso porque os pequenos passam boa parte do dia em casa, enquanto você continua tendo todas as outras atividades habituais para executar. Eu, por exemplo, continuo trabalhando, tendo que dar conta de algumas tarefas da casa, fazer compras (supermercado, açougue, padaria, farmácia, só para citar algumas), com uma pequenininha que quer (e merece) passear e ter um tempinho para curtir a convivência em família. É cansativo, mas com muito jogo de cintura, você consegue programar passeios bacanas, piqueniques, sessões de cineminha com os amigos da escola (se o orçamento estiver apertado, vale fazer na sua casa e chamar todo mundo) e, eventualmente, uma viagem com a criançada.

Claro que o tempo para fazer tudo isso é curto, por isso eu acabo sendo bastante prática nessa hora. E nesse post eu divido algumas dicas interessantes, que podem ajudar a se organizar para conseguir aproveitar as férias dos filhotes. Vale dar uma espiadinha, porque pode ser que você ainda não conheça alguma!

Imagem: 123RF

  1. Aposte nas frutas. Não sei se você já parou para pensar nisso, mas frutas são lanches muito, muito práticos. Para a maioria delas basta que você lave a casca, e o pequeno já pode dar sua primeira mordida! Para um piquenique ou programa externo, evite apenas aquelas que precisam ser cortadas, e que podem oxidar facilmente.  São boas opções: maçãs e peras inteiras, uvas e mexericas. Ah, e bananas são excelentes, porque só precisam ser descascadas, e em geral as crianças adoram!
  2. Eles precisam de carboidratos! Para que os pequenos tenham energia para tantas brincadeiras, o consumo de carboidratos é essencial. Eles podem ser encontrados nas frutas, mas também em pães e bolos. Quer um pãozinho que faz um sucesso incrível nas férias? O pão de queijo! Prefira comprar fresquinho na padaria, pois essa versão não leva conservantes, como os produtos congelados. O pão francês é outra sugestão bacana, porque você pode servir aos amiguinhos do filhote que têm alergia a leite (claro que, nesse caso, o recheio não pode ser um derivado desse alimento). Para um dia mais calmo, programe-se para fazer um bolo em casa (e no dia seguinte leve os pedaços para um passeio bem gostoso!).
  3. Pipoca, pipoca, pipoca! Sabem por que eu adoro pipoca? Porque quase toda criança gosta e come bem! E também porque você pode estourar em cinco minutinhos e colocar em sacos ou potes, para comer fora de casa. Super fácil de preparar (eu faço na panela ou no microondas – nesse último caso apenas com milho comum e sal, no saquinho da padaria!).
  4. Bebidas. Se a ingestão de líquidos é sempre importante, no calor ela é simplesmente fundamental para evitar a desidratação (se o pequeno começar a reclamar de uma leve dor de cabeça no meio do passeio, faça-o beber alguma coisa – só isso já pode ajudar a melhorar). Para os passeios, leve água e suco – é interessante saber que existem produtos em caixinha que são 100% fruta. A Del Valle, por exemplo, tem uma linha 100% suco, que tem fibras e não tem adição de açúcar, nem de conservantes, nos sabores uva, maçã e laranja. A conservação é feita pela própria embalagem TetraPak – por isso é importante observar se ela está íntegra no momento da compra, para garantir a qualidade do produto. Aliás, no site da Del Valle tem a receita de pipoca sem gordura no microondas (clique aqui), que eu falei acima, e muitas outras, como chips de batata doce, que eu adoro!
  5. Coisas que você nem pensou em levar como lanche! Sabe os pedacinhos de batata doce que sobraram do almoço? Sim, eles são ótimos como um lanchinho na rua! Outras sugestões: cenouras baby (compradas já lavadas e descascadas), tomatinhos cereja, palitos de pepino!
  6. Cuidado com a procedência de certas comidas, e com o armazenamento do que você leva de casa. Sabe aquela cesta de piquenique linda, de vime? Ela é um clássico, e, claro, pode ser usada. Mas se você estiver levando alimentos sensíveis ao aumento de temperatura, para um programa fora de casa, o ideal mesmo é separa-los em uma bolsa térmica. Parece um cuidado excessivo, mas saiba que iogurtes, patês e outras comidinhas podem estragar em poucas horas se expostos ao calor (e com criança, não dá para bobear mesmo!). Em locais desconhecidos, cuidado com a origem da água (não só a de beber, mas também a usada para preparar o que está sendo servido), com facas e outros instrumentos sujos (às vezes você encontra em barracas que servem coco, já reparou?) e com alimentos que ficam sob o sol forte por muito tempo (muito comuns em praias).

A Del Valle tem o projeto “Receitas de Lanchinho com Del Valle: todo dia um sabor diferente”, e lá dá pra conferir várias opções de receitas práticas para momentos divertidos, não deixe de conferir aqui. Agora é só aproveitar as férias com seu filho, porque elas deixarão saudade!






Arquivado em: Publieditorial Tags:

Deixe seu comentário