Estudo aponta que adultos explosivos foram manipulados pelos pais na infância

Por 0 Comentários


Se nós, pais, precisamos estabelecer limites aos nossos filhos, não podemos esquecer que nós também deveríamos ir só até determinado ponto, em certas questões que envolvem os filhotes. Em penso muito sobre isso na relação que tenho com Catarina, tentando ser uma mãe firme, mas que leva em consideração os sentimentos da pequena e seu direito de ser uma pessoa que pensa de forma diferente da minha.

Manter a atenção e o cuidado constantes com os filhos é algo fundamental, claro! No entanto é preciso saber que não podemos fazer tudo por eles, nem tomar todas as decisões de suas vidas. O conselho parece óbvio – afinal, como querer que os pequenos aprendam e desenvolvam autonomia e independência, se não deixamos que eles façam nada sozinhos? Se você já se pegou pensando no assunto, vale a pena saber que um estudo recente mostrou que crianças manipuladas pelos pais, lá na frente, se tornarão adultos explosivos.

Imagem: 123RF

O trabalho foi feito por pesquisadores da Universidade de Vermont, dos Estados Unidos, e publicado no periódico científico Journal of Youth and Adolescence. Foram analisadas 180 universitários (a maioria do sexo feminino), que contaram aos estudiosos momentos dolorosos de suas vidas, para que eles os analisassem. Veja as descobertas:

Quem é manipulado é mais nervoso

O estudo analisou os níveis de suor dos universitários ao relembrarem esses episódios tristes, e também foi solicitado que os participantes respondessem um questionário sobre o nível de manipulação dos pais ao longo da vida. Eis o que os pesquisadores observaram: as pessoas que relataram que os pais as manipulavam na infância (para atender às expectativas e desejos deles) também suaram mais durante o teste – o que significa que, para elas, aqueles momentos foram de tristeza intensa e marcante (de acordo com os estudiosos, elas podem ser classificadas como indivíduos de “alta excitação”).

Para os pesquisadores, pessoas com essa “alta excitação” tendem a estourar mais facilmente com os outros, além de serem mais nervosas e precipitadas.

 

Quem não é mantém a calma

Quem relatou não ser manipulado pelos pais produziu menos suor durante o teste, estado chamado de “excitação atenuada” pelos estudiosos. De acordo com o trabalho, essas pessoas conseguem se manter calmas com mais facilidade do que as outras.

 

Concluindo: é claro que cada pessoa possui a sua própria personalidade, mas, como pais, nós também contribuímos para a formação da personalidade que nossos filhos terão na idade adulta – e esse estudo está aí para reforçar isso. Por isso um exercício importante que a maternidade e a paternidade nos dão a oportunidade de fazer é deixar que nossos pequenos trilhem seus próprios caminhos (sabendo que podem contar conosco quando precisarem de um conselheiro que deseja apenas a felicidade deles).




Arquivado em: Comportamento Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail