A PM que amamentou o filho abandonado por outra mulher

Por 0 Comentários


Mais uma vez, uma imagem de uma mãe amamentando o filho de outra mulher está circulando nas redes sociais. Agora é uma PM do Rio de Janeiro, a Capitã Ana Paula Moutinho, que está em evidência por esse motivo. Na semana passada, durante uma ocorrência, ela se deparou com um bebê que, de acordo com depoimento dela, estava chorando de fome. Mãe de um filho de um ano e meio e “cheia de leite”, Ana Paula então decidiu dar de mamar ao garotinho durante o serviço.

Em entrevistas, a PM contou que a mãe da criança (um recém-nascido de apenas 28 dias) estava muito alterada em uma igreja com o filho, e afirmou que iria abandoná-lo ali, pois não o queria. E que coração de mãe não acelera nessa hora?

A mãe da criança foi então levada a um Departamento Policial, e agora a guarda do bebê está provisoriamente com a avó. Foi durante o trajeto ao DP que Ana Paula, que ficou segurando ao pequenino porque a mãe não queria, o amamentou. A foto desse momento foi registrada e postada na página do Facebook da PM do Rio, e imediatamente gerou milhares de curtidas (já são mais de 14 mil) e compartilhamentos.

Amamentação cruzada

Mais do que a ocorrência, o que ganhou repercussão na mídia e nas redes sociais foi a atitude humana da Capitã (quem tem filho entende, eu tenho certeza! Não dá para se sentir indiferente quando você vê um bebê chorando na sua frente – o peito enche de leite instantaneamente! Ainda mais quando você o vê sendo rejeitado pela própria mãe). Mas vale destacar que o que aconteceu nesse episódio foi mais um caso de amamentação cruzada, prática que é vetada pelo Ministério da Saúde e desaconselhada pela Organização Mundial da Saúde.

Isso porque doenças podem ser transmitidas ao bebê por meio do leite humano (e mesmo uma mulher aparentemente saudável pode estar doente). Em entrevistas, a PM Ana Paula contou que está saudável, e que tem acompanhado a saúde por meio de exames frequentes, por conta de ainda estar amamentando o filho.

Para saber mais sobre os riscos da amamentação cruzada, e quais medidas são indicadas para alimentar a criança que não pode mamar no peito da mãe, não deixe de conferir esse post. Está tudo nele (e informação nunca é demais!).




Arquivado em: AmamentaçãoNotícias Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail